Quando eu penso na Lenovo, imediatamente duas coisas me vêm à mente: ThinkPad e Fórmula 1. A primeira por se tratar de um modelo clássico de notebook que resiste ao tempo como poucos e que hoje é fabricado pela empresa; a segunda porque… bem, eu gosto muito de Fórmula 1 e a empresa patrocina a categoria, portanto acabo sempre associando uma coisa à outra. 😛

Assim que fiquei sabendo que um novo modelo do ThinkPad seria apresentado à imprensa em uma pista de kart, achei que foi uma grande sacada. Ainda mais se tratando do ThinkPad Edge, cuja promessa é apresentar “sob o capô” a mesma tecnologia eficiente e confiável pelo qual o ThinkPad é conhecido, mas dessa vez com contornos bem mais “aerodinâmicos” que o visual quadradão que sempre caracterizou a linha.

O Edge tem como público alvo os pequenos e médios negócios, aqueles que querem mais do que simplesmente um notebook que agüenta o tranco, só pra fazer o trabalho. O objetivo dele é ser também um notebook que o profissional liberal pode mostrar para seu cliente e causar uma boa impressão também pela estética.

De fato, há vários detalhes no ThinkPad Edge que estão lá apenas para deixá-lo mais atraente visualmente. Além das bordas arredondadas e acabamento glossy temos, por exemplo o detalhe do botão Enter. Tradicionalmente azul, essa acabou virando uma das marcas registradas da linha ThikPad. No Edge, ela foi “sacrificada” e todos os botões do teclado são pretos. Porque mudaram algo tão característico da linha? “Apenas pela estética,” me respondeu Luciano Beraldo, gerente de produto da Lenovo.

Mas o ThinkPad Edge não quer ser só um rostinho bonito, ele tem conteúdo também. Equipado com processadores Intel Core i3 e Core i5 e com memória RAM DDR3 variando de 2 a 4 GB , a promessa é de um ótimo desempenho.

Um recurso interessante desses processadores é o Turbo Boost, um sistema em que o processador, quando precisa de melhor desempenho, entra automaticamente em um tipo de overclock sob demanda, que dura apenas enquanto as tarefas mais complexas estiverem exigindo o máximo do computador. Ao fim delas o processador retorna à sua frequência normal, para não gastar bateria à toa. O processo todo é automático e controlado pelo sistema operacional de forma transparente ao usuário.

Outra novidade é o trackpad multitouch. Muito mais amplo que o padrão nos outros modelos da linha, o trackpad do Edge oferece bem mais espaço para navegação e os gestos com dois dedos. Para quem está acostumado com os MacBooks, os gestos são os mesmos: rolagem de página com dois dedos, movimento de pinça para controlar o zoom e movimento de “compasso” para rotacionar uma imagem (por exemplo). Ah sim, o clássico trackpoint vermelho dos ThinkPads também continua lá no meio do teclado, para quem preferir.

A idéia de ter gestos multitouch é bem interessante, só que, durante os breves momentos em que testei o trackpad, os gestos de zoom e de rotação não foram nem um pouco fáceis de realizar — de início eu havia até pensado que estavam desabilitados. Mas não é muito justo julgar essa interface baseada na experiência breve que tive com ela (sem contar que nem cheguei a verificar se havia alguma opção de ajuste de sensibilidade ou algo assim). Até mesmo por isso estamos em contato com a Lenovo, que deve nos enviar uma unidade de testes para que possamos avaliar o novo ThinkPad Edge com mais detalhes.

Completam os destaques do modelo: o teclado resistente ao derramamento de líquidos, uma tela LCD de 14” retroiluminada por LEDs em proporção 16:9 (1366 x 768), saídas VGA e HDMI, Wi-Fi padrão N e o sinal verde dos padrões ambientais EPEAT Gold, Energy Star 5.0 e RoHS. O preço sugerido é de R$ 2.499,00 para o modelo equipado com processador Core i3 e R$ 2.999,00 para o modelo com Core i5.

Como um divertido bônus para os participantes do evento, logo após a apresentação do novo produto, vestimos nossos macacões e balaclavas e tivemos a oportunidade de participar de uma corrida de kart entre executivos e assessores da Lenovo, representantes da imprensa e o piloto profissional Thiago Camilo, vice-campeão da Stock Car em 2009. Ele foi tão gente fina que correu no nosso ritmo. Cheguei até a disputar uma curva com ele, o que, por um momento, me deu até a impressão de que eu estivesse correndo bem de verdade. Mas era só impressão. 😀

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

marcelo
cara uma marca que quebra com 2 meses de pouco uso e está há mais de 10 dias na assistencia técnica (garantia) pra mim é chute. da-lhe LENOVO já é velho quando vc compra LEVE-LHO e vai se dar mal
Hernani
Muito bom quero testar 1 desses
Thássius Veloso
Alexandre: os comentários que aparecem marcados como escondidos (hidden) são aqueles que recebem muitas notas negativas. Mas também há os comentários que não vão ao ar porque nós removemos. 100% dos comentários apagados manualmente não seguem a nossa Política de Comentários.
Alexandre
Achei o recheio muito bom, mas a casca é retrograda. Muito quadradao, remonta um micro pau pra toda obra. E feinho, mas se o TB quiser sortear um, eu querooooo!
Alexandre
Olha, quando o comentario é moderado pela wordpress, eles nao tem nenhuma gerencia, portanto nao da pra falar que o TB é isso ou aquilo. Quando é moderado pelo blog, o comentario nao desaparece, ele fica aqui na listagem de comentarios, mas com os dizer "hiddem due to moderatior" acho eu. Assim, mesmo os comentarios moderados pelo blog, fica visivel se alguem quiser le-lo. Acho que a politica de comentarios do blog é a mais democratica possivel.
Alexandre
Parece que isso eh modinha meio que copia dos macbooks. Um amigo acabou de comprar um HP e o logo fica aceso na parte de tras da tampa, como nos apple.
Bruno Gall
\o\ Gostei
Thássius Veloso
Victor, nós moderamos os comentários para evitar problemas futuros. Mas você pode ter certeza: se o comentário não vai contra nenhum dos pontos da nossa Política de Comentários, ele será publicado. Por sinal, é importante dizer que a nossa moderação é posterior. Ou seja, o comentário entra primeiro, é lido e então pode ser apagado. A menos que o WordPress considere o comentário como spam ou ilegítimo.
Nome ou @
Isso não é triste. Isso se chama responsabilidade e profissionalismo. Parabéns para o Technoblog. Vcs sabia que, se escrever alguma merda aqui e alguém se sentir ofendido, quem é processado é o blog e não vc?
@skiter11
Já tinha nos modelos antigos o pingo do "i" iluminado quando o computador está ligado mais se ele pisca quando em stand-by isso é novidade. Detalhe: cuidado em derramar líquido no teclado, no meu quando caiu deu umas zicas no teclado que quando eu apertava algumas teclas ele apertava outras junto. Exemplo ao apertar o t ele digitava "t5", y saia "y6", backspace "backspace + F9", entre outras.
Victor
esse é um dos poucos blogs que moderam os comentarios...triste isso...
kylefurtado
Somos dois.
Paulo
Não entendi o comentário sobre o i "continuar" piscando na tampa. Eu acho que esse é o primeiro modelo thinkpad que traz um i que pisca na tampa. Achei o notebook bom, pelas fotos tem cara de ser robusto mesmo.
Juarez Lencioni Maccarini
Sim, e ele pisca quando está em stand-by… Eu gosto do led piscando… :P
@juanlourenco
Está menos feio eu diria mas ainda tá longe de ser bonito. Por mais que tenha que manter características profissionais e sóbrias, dá pra fazer coisa muito melhor. Ah sim, aquele irritante led vermelho no "i" do Thinkpad continua lá na tampa?!! #FAIL