Início » Cultura » Netflix compra sala de cinema histórica em Hollywood

Netflix compra sala de cinema histórica em Hollywood

Construído em 1922, o Teatro Egípcio de Hollywood será controlado pela Netflix para exibir produções originais e realizar eventos

Darlan Helder Por

Após alguns boatos sobre o possível interesse, a Netflix concluiu a compra do histórico Teatro Egípcio de Hollywood. Com a aquisição, a gigante do streaming pretende revitalizar o local e aproveitar o espaço para exibir filmes, realizar eventos, entre outros projetos da empresa.

Localizado na avenida mais popular de Los Angeles (a Hollywood Boulevard), o Teatro Egípcio de Hollywood foi inaugurado em 1922. O local icônico ainda é conhecido por exibir clássicos como: Os Dez Mandamentos (1923) e The Gold Rush (1925), de Charlie Chaplin, um dos maiores símbolos do cinema mudo.

Fachada do Teatro Egípcio de Hollywood

Para administrar e preservar o legado do Teatro Egípcio de Hollywood, a Netflix trabalhará ao lado da Cinemateca Americana, sem o objetivo de angariar lucros. A Cinemateca adquiriu o espaço em 1998 e desde então era a principal responsável pelo Teatro Egípcio.

“O Teatro Egípcio representa uma parte incrível da história de Hollywood e foi preservado pela comunidade cinematográfica de Los Angeles por quase um século”, disse Scott Stuber, diretor da Netflix Films, em comunicado.

Com forte participação em eventos como Oscar e Globo de Ouro, a Netflix vem cada vez mais investindo no setor audiovisual e cultural. Esta não é a primeira vez que a empresa adquire um teatro para impulsionar as suas produções originais.

Segundo a Agência AFP, a companhia de streaming passou a comandar teatros em Nova York (EUA) e em Paris (França) para eventos e exibições especiais. Ambos estavam fechados por meses e foram adquiridos pela Netflix no ano passado.

Netflix em Los Gatos

A conclusão das negociações do Teatro Egípcio foi muito comemorada. Rick Nicita, presidente da Cinemateca, diz estar animado com a parceria e ressaltou que o teatro icônico será restaurado para receber “uma nova geração de fãs de cinema”.

Já o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, classificou a união da Netflix com a Cinemateca Americana como “extraordinária” e de muita importância para a herança cultural.

De acordo com o site Deadline, a Netflix estava negociando a aquisição do teatro desde agosto de 2019. A empresa não revelou o valor investido.

Com informações: Deadline e SlashGear.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Souza (@Matheus_Souza)

O correto não seria “Cinema Egípcio”?
O nome original do local é “Grauman’s Egyptian Theatre”, vi que outros veículos noticiaram como Teatro também, mas no tópico da Wikipedia inicia com “Grauman’s Egyptian Theatre is a historic movie theater[…]” indicando que ele foi um cinema histórico, não um teatro

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Sim, nesse caso o correto seria cinema.