Início » Ciência » SpaceX, de Elon Musk, já levou 480 satélites Starlink ao espaço

SpaceX, de Elon Musk, já levou 480 satélites Starlink ao espaço

A SpaceX lançou ontem à noite 60 satélites Starlink; agora, a empresa possui 480 unidades para fornecer internet banda larga

Darlan Helder Por

A SpaceX, companhia aeroespacial americana do bilionário Elon Musk, lançou 60 satélites Starlink ao espaço na última quarta-feira (3), totalizando agora cerca de 480 unidades. A missão foi realizada com sucesso na Flórida (EUA) às 22h25, horário de Brasília. O envio faz parte de um projeto ambicioso de fornecer rede de internet banda larga em todo o globo terrestre, com início pela América do Norte.

Para enviar os satélites, a SpaceX utilizou o famoso Falcon 9: trata-se do mesmo foguete usado na missão histórica Demo-2, que levou dois astronautas americanos ao espaço no último sábado (30) com a cápsula Crew Dragon. Após o lançamento ontem, o Falcon 9 pousou no navio da empresa no Atlântico e, com isso, poderá ser reutilizado em outras missões.

Outros equipamentos da SpaceX já estão no espaço e a empresa tem permissão para enviar até 12 mil satélites Starlink. De acordo com Elon Musk, 800 já são suficientes para uma cobertura “moderada” de internet.

SpaceX lança satélite Starlink  com “viseira”

Junto aos demais satélites lançados, a SpaceX enviou um modelo diferenciado para teste. Ele possui uma “viseira” que impede que o sol reflita no equipamento. A companhia resolveu fazer isso para diminuir o brilho do satélite, que estava refletindo no céu, principalmente durante o pôr do sol.

A interferência preocupa membros da comunidade astronômica, que não conseguem observar o Universo com tanto êxito. Por enquanto, a SpaceX fez apenas um teste e, caso a “viseira” consiga bloquear o brilho, outros satélites com a inovação serão enviados.

“A SpaceX está comprometida em tornar futuros projetos de satélites tão escuros quanto possível. O modelo da próxima geração será projetado especificamente para minimizar o brilho e, ao mesmo tempo, aumentar o número de consumidores que podem ter acesso à internet de alta velocidade”, explicou a empresa em comunicado.

Starlink no espaço

Com informações: TechCrunch e The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Uriel (@Uriel)

Parece que o preço será de 80 dolares parar ter em casa.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Será que vai ser ilimitada ou com franquia como as que tem no brasil?

Geraldo Lopes (@geralldoloppes)

É só pintar seus satélites com a tinta “Vantablack”, tinta super preta. O problema é que ninguém vai achar o satélite de novo…

Uriel (@Uriel)

Boa pergunta