Início » Telecomunicações » Claro lidera em velocidade e TIM tem menor latência, diz estudo

Claro lidera em velocidade e TIM tem menor latência, diz estudo

Estudo da Tutela aponta Claro com melhores resultados em download e upload; TIM tem melhor latência e maior tempo na rede 4G

Lucas Braga Por

A consultoria Tutela divulgou um estudo sobre redes móveis no Brasil que aponta a Claro como a operadora móvel com as maiores velocidades e a TIM com o melhor resultado de latência. A companhia executou cerca de 220 milhões de testes de velocidade entre novembro de 2019 e abril de 2020.

Usando smartphone. Foto: Dariuz Sankowski/Pixabay

Foram analisadas cinco métricas:

  • velocidade de download;
  • velocidade de upload;
  • latência;
  • qualidade excelente e consistente;
  • qualidade consistente principal.

A Claro levou o pódio em todas as categorias com exceção da latência, na qual a TIM ficou em primeiro lugar.

Claro tem melhores velocidades e Oi tem pior resultado

A Claro teve os melhores indicadores de velocidade: a operadora alcançou a média de 14,8 Mb/s de download, contra 10,2 Mb/s para a segunda colocada, Vivo. A TIM figura em 3º lugar, com 9,6 Mb/s, enquanto a Oi aparece na última colocação com apenas 6 Mb/s.

No upload, a Claro continua com o melhor resultado, com 6 Mb/s, mas a 2ª colocada é a TIM, com 4,9 Mb/s, pouco à frente da Vivo, com 4,5 Mb/s. A Oi é quem apresenta maior disparidade das concorrentes, com 3,5 Mb/s de velocidade média de subida.

Média de velocidade de download:

Média de velocidade de upload:

A TIM obteve o melhor resultado de latência (ping), com média de 19,2 ms, à frente da Claro (21,8 ms), Vivo (22,6 ms) e Oi (27,7 ms). A latência representa o atraso de entrega dos dados, e um ping menor permite melhor qualidade em aplicações como videochamadas e jogos online.

Média de latência:

TIM é quem mais usa frequência de 700 MHz

A TIM concentra o maior tráfego na frequência de 700 MHz, com 26%, seguido de Vivo (21,4%) e Claro (17%). As operadoras possuem capacidade de 10 MHz + 10 MHz, o que não permite entregar altas velocidades, principalmente considerando que a frequência permite maior penetração de sinal e, portanto, possui mais clientes conectados na mesma base. A Oi não tem permissão para utilizar essa frequência.

Claro e Vivo tiveram melhores resultados de velocidade, e também são as operadoras que mais trafegaram dados na frequência de 2,6 GHz, com 61,6% e 60,8%, respectivamente. Ambas as empresas possuem 20 MHz + 20 MHz de capacidade na banda 7, o que permite entregar maiores velocidades que as concorrentes TIM e Oi, que detém apenas 10 MHz + 10 MHz.

A Tutela ainda aponta que TIM e Oi possuem o mesmo volume de dados trafegados na frequência de 1.800 MHz. A frequência, por sinal, é a principal utilizada pela TIM, que também detém 9,8% de participação de tráfego na frequência de 2,1 GHz e uma parcela de 0,8% na faixa de 850 MHz.

Clientes da TIM ficam mais tempo na rede 4G

A priorização da frequência de 700 MHz também traz outro trunfo para a TIM: a operadora obteve o melhor resultado no período de tempo conectado a redes 4G.

Em nível nacional, clientes da TIM utilizam o 4G em 76,4% do tempo. A Claro aparece logo em seguida, com 70,5%, enquanto Vivo figura no 3º lugar com 60,9% e Oi tem o pior resultado, com 54,1%.

Como o estudo levou em conta a área de cobertura comum entre todas as operadoras, a disparidade entre o número de municípios cobertos não interfere nos indicadores. Coincidentemente, a TIM é a operadora com maior presença de LTE em número de municípios: são 3.510 cidades cobertas, seguida pela Vivo (3.307), Claro (2.821) e Oi (1.028).

Com informações: Tutela.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

A Tim tem me parecido a Vivo de antigamente, foco em qualidade, 4G com frequências focadas em estabilidade do sinal, menor ping, não necessariamente a mais rápida e preços subindo. É difícil de convencer os clientes pós pago a mudarem de operadora, mas a cada dia a Tim tem parecido mais interessante pra quem quer confiabilidade no uso do celular em vez de velocidades altas.

Naldis (@zepolenta)

Rapaz, queria saber onde a TIM tá entregando essa “alta velocidade”, pois aqui em São Paulo, é só reclamações acerca dela, viu?

Mas, ao menos têm investido forte, e esperamos que esses investimentos se traduzam em melhorias ao consumidor final.

imhotep (@imhotep)

Eu tenho uma experiência bem oposta em relação à Tim, tanto em São Paulo, quanto em BH, com redes congestionadas, quedas de ligação, áreas de sombra bem acima do que entendo ser adequado.

E como empresa, também acho a Tim pouco honesta com o cliente, principalmente o cliente pré, com roubo de créditos e cobrança de serviços sem o consentimento do cliente.

Fui cliente da Tim por 9 anos, passei por tudo isso, mas me mantinha pq era barata.
Hoje eu até prefiro pagar um pouco mais caro se for para a coisa funcionar.

Naldis (@zepolenta)

A TIM é de uma senhora má-fé absurda! Empresa beeeeeeeem ruim, relacionamento com os clientes é péssima… enfim.

Hoje com a Claro, tô bem melhor servido.

Josué Junior (@Josue.Jr)

Aqui na minha região a Claro é significativamente mais rápida que as outras três, além de ter a melhor cobertura do 4G. A TIM é razoável, não é tão rápida, mas compensa pela cobertura tão boa quanto a da Claro. Agora a Vivo é um desastre, 4G não pega no centro da cidade e no meu bairro é tão lento quanto a rede 3G. A Oi é a mesma coisa

Vítor Gomes (@vctgomes)

Eu era cliente da Claro. Realmente a velocidade do 4G era muito boa, onde pegava. Onde moro, a maioria dos locais era apenas 3G e EXTRAMAMENTE LENTO. Fiz incontáveis reclamações e ganhei vários descontos, mas mesmo assim não deu mais pra continuar na operadora.

Também ando vendo um investimento bem grande no 4G. É, por exemplo, a única operadora com o VoLTE de fato liberado para todos.

(A Vivo até diz que tem, mas, na prática, só é habilitado pra alguns clientes)

Guilherme Henrique (@Guilherme_Henrique1)

Comprei um chip da intercel que usa as redes da tim e da oi, estou animado, vamos ver na hora que chegar.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

O atendimento da Tim sempre foi ruim, e não espero que melhore. A questão das redes congestionadas tem de se ver qual celular tu tem, a Tim tem menos largura de banda (10+10 contra 20+20) em 2600 Mhz, logo a rede congestiona mais fácil, a saída é atacar em varias bandas, mas nem todos celulares suportam, pra se extrair o máximo da Tim precisa de um celular que suporte as faixas 1, 3, 7 e 28.
Qual é/era o teu celular?

imhotep (@imhotep)

iPhone, Moto G. Na época não tinha ainda banda de 700mhz. Tem uns 5 anos que deixei de ser cliente pós da Tim.

Mas eu ainda tenho uma linha pré reserva aqui e é normal o sinal cair muito pra 3G, apesar de a velocidade pra Whatsapp e navegação básica não ser problemática.

Mas horário de pico tipo na 23 de Maio é pedir pra refazer a ligação várias vezes pois vai cair.