Início » Computador » Avell lança os primeiros notebooks com GPU Nvidia RTX Super no Brasil

Avell lança os primeiros notebooks com GPU Nvidia RTX Super no Brasil

Todos os notebooks anunciados pela Avell saem de fábrica com SSD M.2 NVMe e podem ser comprados por leasing, com até 60 parcelas (!)

André Fogaça Por

A Avell anunciou nesta quarta-feira (10) a chegada dos primeiros notebooks no Brasil que contam com placas gráficas RTX Super, que também são os primeiros com processadores Intel Core de décima geração da categoria H, que utilizam maior tensão para o chip e que custam até R$ 28.362.

Avell RTX Super

Ao todo são seis modelos lançados, sendo três com tela de 15,6 e outros três com display de 17,3 polegadas. Um ponto que acompanha todas as opções é a presença de um processador Intel Core de décima geração, que pode ser um Core i5 ou i7 e todos na configuração que libera 45 watts de TDP – é mais do que o suficiente para qualquer jogo.

O modelo mais simples é o A52, que utiliza tela de Full HD 15,6 polegadas e com taxa de atualização em 120 Hz, junto de um processador Intel Core i5 10300H e opções que podem utilizar 16, 32 ou 64 GB de RAM DDR4 de 2.666 MHz. A GPU é uma GTX 1650 com 4 GB de GDDR5. Ele vem com no mínimo 256 GB de SSD M.2 no padrão NVMe com velocidade de 1.800 MB/s.

Avell A52 frente

Avell A52

O passo seguinte é o A62, que aumenta a GPU para uma GTX 1650Ti ou uma RTX 2060, além de subir o processador para um Intel Core i7 10750H e o SSD dobra de tamanho, comportando 500 GB de dados e aumentando a velocidade para 2.000 MB/s. Outra melhoria está na tela, que a partir deste modelo pode exibir 100% do sRGB.

Depois deste chega o A65, que oferece uma RTX 2060 ou 2070, mantendo praticamente tudo que veio da versão anterior, mas trocando a carcaça de plástico por alumínio, o touchpad ganha acabamento em vidro, a tela é de 144 Hz e a câmera frontal agora é compatível com o Windows Hello.

Avell A65 topo

A65

Inaugurando os modelos com 17 polegadas, o C62 oferece uma GTX 1650Ti que envia dados para um display de 17,3 polegadas, mantendo todo o restante que estava no modelo anterior. O C62 RTX é a variante do C62 com uma RTX 2060 e tela de 144 Hz, enquanto que o C65 é o mais potente de todos, oferecendo escolha entre uma RTX 2070 Super ou uma RTX 2080 Super, junto de tela de 240 Hz e o corpo troca o material para liga de magnésio, além de ser o único modelo sem teclado mecânico.

Todos os modelos que são terminados em 5 (A65 e C65) contam com uma porta Thunderbolt 3 disponível e todas as variantes deste lançamento utilizam uma tecnologia de resfriamento mais avançada, que promete ser 16% mais eficiente na hora de baixar a temperatura interna quando comparada com a geração anterior.

C65 lado

C65

Quando e quanto?

Todos os notebooks já estão disponíveis na loja online da Avell, com os seguintes preços iniciais – já que eles podem ser configurados com outros componentes que aumentam o valor final:

  • A52: R$ 6.999
  • A62: R$ 8.888 (GTX 1650Ti)
  • A65: R$ 11.888 (RTX 2060)
  • C62: R$ 9.555
  • C62 RTX: R$ 11.111
  • C65: R$ 16.666 (RTX 2070 Super) e R$ 21.829 (RTX 2080 Super)

Já prevendo que os preços ficariam salgados pela alta recente do dólar, a Avell criou um programa de leasing que oferece o computador para empresas ou pessoas físicas em prestações de 36 vezes e que podem ir até 60 parcelas, que totaliza entre três e seis anos de pagamento. Este tipo de forma de pagamento só está disponível através dos consultores da Avell, mas a empresa prometeu levar o formulário de preenchimento para o leasing para dentro do site.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

Os preços também são super, super caros!

Adriano Angelo (@Angelo)

Dependendo da taxa de juros pode valer a pena.

Vinicius Andrade (@Toloko)

Triste

Crístofer Caetano (@otiobacca)

Não conheço a Avell e a questão que fica é: vale realmente à pena? (se tiver grana sobrando é claro).