Início » Internet » Google Meet ganha link rápido para iniciar chamadas em vídeo

Google Meet ganha link rápido para iniciar chamadas em vídeo

Endereço curto com terminação em “.new” agiliza e facilita a criação de chamadas de voz e vídeo no Google Meet

Bruno Gall De Blasi Por

O Google disponibilizou um link rápido para iniciar uma chamada de voz e vídeo pelo Google Meet. Anunciado pelo vice-presidente do G Suite, Javier Soltero, nesta quinta-feira (18), o atalho permite que o usuário crie uma sala de videoconferências pela barra de endereços do navegador. A nova função já está liberada para todos.

Google Meet ganha atalho "meet.new" (Foto: Reprodução/Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

O uso de links para criar documentos, eventos e afins em serviços do Google não é uma novidade. Desde o ano passado, a companhia vem trabalhando em endereços com a terminação “.new”, como “docs.new” e “sheet.new”, para o Google Drive, e “cal.new” ou “meeting.new”, para o Google Agenda, a fim de facilitar o acesso às ferramentas.

Agora, o Google expandiu o recurso para mais um de seus serviços. Com o atalho “meet.new”, será possível iniciar videoconferências pelo serviço do Google, que está disponível gratuitamente para não-assinantes do G Suite desde maio. Ou seja, é só digitar o link na barra de endereços, apertar “Enter” e começar uma conferência.

Este não é o primeiro atalho que o Google desenvolve para o Google Meet. Também em maio, o Google liberou uma integração entre a plataforma de videoconferência e o Gmail, para iniciar ou ingressar em conversas diretamente pela versão web do serviço de e-mail. Mais tarde, a empresa ainda disponibilizou uma atualização para o recurso.

Com informações: Android Police

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sherlock (@Holmes)

A Google aproveitou toda essa demanda, para evoluir de uma forma espantosa sua plataforma. Hoje o Meet está melhor que o Teams, Zoom e Cisco Webex.

João Marcos (@JoaoM)

Meets melhor que o Teams é muito difícil. Estava anos à frente (e continua). Sem contar que o Teams não é somente um comunicador. Teams concorrente diretamente com o Slack. E pelos números, inclusive durante a pandemia, se saiu muito bem.

Sherlock (@Holmes)

Meet também não é somente um comunicador, ele é uma parte do Google Chat, que oferece o mesmo ferramentário que o Slack e Teams.

Se for considerar números, então isso prova que o Meet também está muito bem, pois passou o Slack durante a pandemia.

No entanto, eu estava falando especificamente da parte de comunicação e SIM está melhor que o Teams.

Não sou só eu que penso assim, mas todos da empresa, onde temos a liberdade de usar diversas soluções. Além de alguns parceiros que também tem elogiado muito o Meet, perante os concorrentes.

João Marcos (@JoaoM)

Bem, você tinha falado do Meet. Ele possui integração com o Gmail e possui uma codependência com o Chat, mas não são a mesma ferramenta. O Meet por si só é comunicador, pra áudio e videochamadas. Tanto é que com uma conta que NÃO tenha GSuite, você pode usar (agora, pois liberou devido a pandemia) o Meet, mas não o Chat (que possui todo o resto).

Além dessa divisão em dois, Chat e Meet, que particularmente não gosto. Possui bem menos integração a serviços se comparados aos seus grandes concorrentes: Slack e Teams.

Não sou só eu que penso assim, mas todos da empresa, onde temos a liberdade de usar diversas soluções.

Ok, mas o mesmo poderia ser dito sobre qualquer serviço. Vejo que objetivamente o Teams e Slack ainda continuam na frente pois oferecem mais integrações para possibilitar a comunincação.

Em minha opinião quanto a aproveitar a pandemia para melhoria (a movimentação), vejo o Teams em primeiro, acrescentando funcionalidades; o Zoom buscando corrigir problemas (apesar de ficar atrás do três principais); o Chat/Meets com adição de recursos; Slack e Webex (achei bem aquém).

Sherlock (@Holmes)

Sim, eu falei do Meet mesmo, como destaquei, meu comentário foi abordando a parte de vídeo chamadas que no Meet está muito mais intuitiva e funcional, até mesmo para receber convidados externos (como o rápido fornecimento de um número telefônico para a sala virtual) e a melhor identificação de quem está compartilhando a tela e de quem está falando no momento.

Mas não quis dizer que o Teams é ruim, pelo contrário, usamos bastante.

Agora sobre o Zoom e o Webex, esses para mim já ficam de fora da conversa, começando pelo fato de obrigarem a instalação de um client na máquina do usuário, solução as vezes sequer permitida pela política de algumas empresas, por ser software não homologado.

O Slack é o mais famoso, mas na minha humilde opinião, precisa melhorar urgentemente seu sistema de notificação, ele é confuso e nada produtivo, facilmente você fica sem responder uma pessoa porque a notificação ficou perdida ou o usuário sumiu da listagem.

A melhor combinação para muitos por aqui, tem sido Google Meet e Teams.