Início » Finanças » Como escolher a melhor corretora de investimentos?

Como escolher a melhor corretora de investimentos?

Na hora de investir, cuidado com as taxas! Saiba que critérios utilizar na hora de escolher qual a melhor corretora de investimentos

Victor Hugo Felix Por
TB Responde

Se você quer começar a investir, saiba que é importante contar com uma corretora de investimentos. É por meio dessas instituições que se pode realizar as movimentações com foco nos ganhos. Veja dicas e saiba qual é a melhor corretora de investimentos.

Como escolher a melhor corretora de investimentos / Unsplash / Austin Distel

O que é corretora de investimentos?

Uma corretora de investimentos é uma empresa que permite realizar aplicações em diferentes ativos. É por meio dela, por exemplo, que se pode fazer investimentos no Tesouro Direto e na Bolsa de Valores. A Bolsa não permite que pessoas físicas façam negociações de ações e títulos diretamente, então as corretoras foram criadas para atuar como intermediadoras.

Muitos bancos têm corretoras próprias, com a facilidade no cadastramento do investido e no acesso aos ativos exclusivos do banco. Mas nem sempre as opções oferecidas pelo banco são os investimentos mais apropriados e o leque de ativos disponíveis é menor. Nem toda corretora de banco permite investir no Tesouro Direto, por exemplo.

Corretoras de bancos tendem a cobrar taxas de administração mais altas, o que prejudica os rendimentos. Em instituições independentes, os tipos de ativos oferecidos são variados, as taxas são mais baratas e a rentabilidade é maior.

Além do mais, as corretoras podem propiciar aos clientes consultas gratuitas com assessorias especializadas que auxiliam nas tomadas de decisões financeiras. Contando com plataformas digitais de fácil acesso, é possível que os clientes das corretoras independentes atinjam mais facilmente seus objetivos.

Qual é a melhor corretora de investimentos?

Todas as corretoras devem estar devidamente cadastradas no Banco Central e na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado financeiro. Abrir conta numa corretora cadastrada é a garantia que não sofrerá nenhum golpe (consulte no Central de Sistemas do CVM).

O Centro de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (Cetip) é outra instituição que assegura a qualidade das corretoras. Os títulos de créditos privados devem estar registrados nesse órgão. Portanto, as corretoras que são autorizadas a intermediar na compra de títulos dos clientes recebem o selo Cetip Certifica.

A bolsa de valores BM&FBOVESPA também oferece certificados pelo Programa de Qualificação Operacional (PQO). Os certificados são Agro Broker, Carrying Broker, Execution Broker e Retail Broker — esse último é o mais importante para pessoas físicas que queiram investir, pois avalia a oferta de serviços, diversificação de produtos, ferramentas de negociação, entre outros (consulte neste link).

Como escolher a melhor corretora de investimentos / Unsplash / Austin Distel

Quais são as taxas?

As operações pelas corretoras de investimentos podem trazer algumas taxas.

Exemplo:

  • Taxa de corretora, cobrada pela compra e venda de títulos;
  • Taxa Bovespa, pelas operações que envolvem a B3 (Bolsa de Valores);
  • Taxa de custódia, para guardar os títulos dos clientes;
  • ISS, imposto cobrado pelos municípios sobre os serviços prestados;
  • Taxa Tesouro Direto, pela compra de títulos no Tesouro Direto;
  • Abertura e manutenção de conta, cobrado pelo serviço de criação e operação da conta na corretora.

Algumas corretoras não cobram taxa de custódia, ISS, abertura, Tesouro Direto e manutenção de conta. Portanto, é válido pesquisar quais oferecem os melhores valores, considerando os tipos de investimentos que gostaria de fazer e o quanto esses custos vão afetar os seus rendimentos.

Que serviços deve oferecer?

Uma boa corretora de investimentos precisa ser segura, oferecer variedade de serviços e ter um bom Home Broker, sistema que permite ao investidor acessar à B3 por meio de smartphones e computadores. Além disso, o investidor não pode ter dificuldades para conseguir atendimento e ser assessorado pela corretora.

A instituição deve ter ainda um simulador de investimentos preciso para auxiliar o investidor na escolha de suas movimentações financeiras. Além de oferecer um conteúdo educacional que traga as informações, de forma compreensível, sobre o que fazer para garantir os rendimentos mais apropriados.

Há ranking das melhores?

Uma forma de se guiar para escolher uma corretora é observar os ranking das melhores instituições. A lista divulgada pela Yubb, plataforma de busca de investimentos, traz as cinco melhores corretoras de 2019 segundo seus próprios clientes. As melhores classificadas foram, respectivamente, Órama, Mirae, Rico Investimentos, Clear e Easynvest.

Outro parâmetro pode ser o ranking do Tesouro Direto, focado nas instituições que mais realizaram movimentações no programa de investimentos.

Como escolher a melhor corretora de investimentos / Captura de Tela / Victor Hugo Felix

A recomendação é que a pessoa interessada em investir pesquise as corretoras tendo em vista seus objetivos financeiros e os possíveis investimentos que está disposta a fazer. Cada corretora pode ser apropriada para determinados perfis de investidores. Quanto mais consciente você estiver das suas escolhas, melhor.

Com informações: Tesouro Direto, Yubb, R7, Info Money, Exame, Valor Investe.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação