Início » Computador » Microsoft não oferece Windows para Macs com Apple Silicon

Microsoft não oferece Windows para Macs com Apple Silicon

Windows 10 compatível com arquitetura ARM é distribuído somente para fabricantes de computadores, segundo Microsoft

Bruno Gall De Blasi Por

Proprietários de Macs com Apple Silicon não poderão instalar o Windows 10 em seus computadores. Pelo menos, por enquanto: a Microsoft não distribui para todos os consumidores cópias do sistema operacional que sejam compatíveis com a arquitetura ARM, que irá marcar presença nos futuros desktops e notebooks da Apple.

MacBook Pro (16 polegadas)

A Apple revelou os novos planos de transição durante a WWDC 2020. No evento desta segunda-feira (22), a companhia anunciou que irá trocar os processadores da Intel pelos chips Apple Silicon, com arquitetura ARM.

A mudança, no entanto, pode inviabilizar a instalação do Windows via Boot Camp (dual boot) nos próximos Macs sem chips da Intel. Ao ser questionada pelo The Verge nesta quarta-feira (24), a Microsoft explicou que distribui licenças do Windows 10 para a arquitetura ARM somente a fabricantes de computadores, e não consumidores finais.

A Microsoft também não revelou ao site especializado se há planos para alterar a política atual para que seja possível instalar o sistema nos novos Macs via Boot Camp. Além disso, embora exemplos de máquinas virtuais rodando Linux tenham sido apresentados na WWDC, a Apple não chegou a comentar sobre o Windows.

A transição para a arquitetura ARM marca o fim de uma era. Conforme anunciado pela Apple, o macOS 11.0 Big Sur está sendo desenvolvido para chips Apple Silicon, que possui arquitetura ARM assim como no iPhone e iPad. Os primeiros computadores com a plataforma serão apresentados ao público ainda em 2020.

Atualmente em testes, o macOS Big Sur deve ser liberado a todos os usuários até o fim do ano. O sistema operacional será compatível com o MacBook de 2015, MacBook Air de 2013, MacBook Pro do fim de 2013, iMac de 2014, iMac Pro de 2017, Mac Mini de 2014 e Mac Pro de 2013 e gerações mais recentes dos computadores.

Com informações: Ars Technica e The Verge

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eric Viana (@Eric_Viana)

A grande verdade é que o Mac se torna uma opção cada vez mais “miada” para os desenvolvedores… Ao mesmo tempo é necessário um Mac para desenvolver para os OS´s da Apple. É um grande paradoxo. Em pouco tempo vamos ver uma escalada de preços em Macs Intel usados se o quadro futuro não se alterar.

Sérgio (@trovalds)

Bom, sou obrigado a discordar de você.

Com a Apple adotando ARM nos Macs, a vida do desenvolvedor vai ficar é mais fácil e não o contrário. Hoje quem desenvolve pra iOS e iPadOS e quer desenvolver também para MacOS se vê no dilema de ter um bom retrabalho se quiser manter produtos nas 3 plataformas. Isso (pelo menos em teoria) vai acabar porque como tudo vai ser arquitetura ARM e desenvolvido pela própria empresa a tendência é pela unificação do desenvolvimento de software.

Imagina uma Adobe da vida, que tem presença tímida no iPadOS tendo um Photoshop completo no iPadOS e no MacOS sem precisar praticamente reescrever nada. Com os rumos que a Apple está dando pro iPadOS, como suporte a teclado e mouse, isso pode ser um salto.

Não, não vai haver escalada e sim uma derrocada ladeira abaixo por parte dos equipamentos Intel. Quem vai querer desenvolver pra x86-64 do MacOS no futuro sendo que ele vai ser abolido? O que vai existir é manutenção de legado da plataforma até ela ser extinta de vez.

Claudio (@claudio)

Miada? Eu já penso o oposto.

A nível de sistema operacional, macOS e Linux sempre foram muito mais “dev-friendly” do que o Windows. A não ser que você escreva programas nativos para Windows, ou utilize .NET/C#/Visual Studio da vida, eu não vejo nenhum motivo para continuar nele em detrimento de migrar para um Linux ou macOS da vida.

Meu único receio é a performance dos chips ARM, e nisso eu concordo contigo, caso se mostrem fracos, os Macs antigos vão valer mais que os novos.