Início » Aplicativos e Software » Safari terá login via Face ID e Touch ID no iPhone e Mac

Safari terá login via Face ID e Touch ID no iPhone e Mac

O novo recurso utiliza o Face ID ou Touch ID para nem mesmo exibir a tela que pede a senha do usuário em endereços da web

André Fogaça Por

Junto do iOS 14 e macOS Big Sur, a Apple está introduzindo suporte nativo para o Safari permitir que o usuário faça login a partir do Touch ID ou Face ID. A novidade pode transformar a autenticação na web tão simples quanto o que ocorre em diversos aplicativos do próprio sistema.

macOS tem Touch ID, mas não Face ID

A Apple já utiliza autenticação por biometria no Safari, mas o recurso apenas preenche o campo da senha para depois o usuário avançar na página e efetuar o login. A alteração, que aparecerá no Safari 14 que chega com os novos sistemas operacionais, pula a parte de pedir a senha e solicita o reconhecimento facial ou leitura de impressão digital para ir direto ao conteúdo que estava bloqueado.

Esta nova forma de autenticar o usuário utiliza uma API do padrão FIDO2, chamada de WebAuthn. O recurso abre mão de uma senha para usar uma chave criptografada e que é aberta com uso de hardware ou a biometria – é onde a Apple quer chegar com o Face ID e Touch ID. Utilizar estas chaves dificulta o trabalho de um hacker, que precisa estar fisicamente com o aparelho que realiza autenticação para conseguir roubar estes dados.

Ela precisa estar no código do site que quer implementar e isso não é tão comum atualmente, mas com o iOS e macOS permitindo que todos os seus usuários façam o login com o uso desta ferramenta, muito provavelmente a adoção dela em endereços da web crescerá.

No lado Android da Força, o Google já inseriu suporte nativo para o FIDO2 em dispositivos que utilizam o Play Services (os que acessam a Play Store) e estão ao menos no Android 7.0. Por lá a ideia é a mesma: utilizar leitores biométricos para autenticar o usuário sem a necessidade de nem mesmo carregar a página da senha.

Com informações: The Verge.