Início » Finanças » Exclusivo: clientes do Nubank denunciam fraude em compras no crédito

Exclusivo: clientes do Nubank denunciam fraude em compras no crédito

Nubank autorizou compras indevidas no crédito feitas para "Katia"; fintech realizará troca do cartão físico

Felipe Ventura Por

Diversos clientes do Nubank se queixaram nesta terça-feira (30) sobre compras indevidas no cartão de crédito, envolvendo diversas transações não-autorizadas em nome de uma pessoa chamada Katia. Em alguns casos, a empresa avisa que vai trocar o cartão. A fintech garante ao Tecnoblog que não houve vazamento de dados.

Nubank

Imagem por windowsxpel/Twitter

“Acordei com uma cobrança de R$ 8,29 no meu cartão de uma loja de vestuário; a compra foi feita às 0h29 e eu estava bem dormindo”, explica uma cliente do Nubank no Twitter. “Aqui teve a mesma tentativa de compra, às 1h29 no valor de 8,79”, afirma outro. O Tecnoblog encontrou outros dez relatos semelhantes na rede social.

No geral, os valores das compras eram baixos, talvez como uma forma de testar se o cartão estava ativo e se estava bloqueando transações. Não há informações sobre o local em que os pagamentos foram realizados; eles foram categorizados pelo Nubank como “vestuário” e estavam em nome de Katia. Vale lembrar que existem diversas pessoas no Brasil com o mesmo nome; além disso, criminosos podem usar nomes de laranjas em fraudes desse tipo, o que dificulta identificar a origem do golpe.

Nubank

Imagem por rafpastro/Twitter

Nubank menciona “cartão físico” em compras indevidas

“Surgiu uma compra no meu cartão (que só eu tenho acesso) numa tal de Katia num horário em que eu estava dormindo e agora vou ter que pedir outro cartão, mandar foto com documento”, reclama um cliente no Twitter.

No app, cada transação indevida menciona o termo “cartão físico”. É algo que pode aparecer até mesmo em compras online (sem maquininha), indicando que o número usado foi o do cartão de plástico, em vez do cartão virtual gerado no aplicativo.

As transações indevidas foram aceitas na maioria dos casos relatados; e algumas já foram estornadas de forma automática. Desde 2017, o Nubank usa a localização do celular para evitar fraudes no cartão de crédito: é uma forma de detectar se você está no mesmo lugar em que seu cartão está sendo utilizado.

Nubank

Nubank diz que não houve vazamento de dados

O Tecnoblog entrou em contato com o Nubank para obter mais detalhes. A fintech diz que “os casos reportados de compras não reconhecidas no estabelecimento em questão não têm origem na empresa; nossa estrutura de segurança permanece protegida e nenhum dado foi obtido diretamente de nossa base ou por vazamento”.

A empresa tem sistemas de detecção de risco para identificar estabelecimentos suspeitos: no geral, as compras são imediatamente negadas e o cartão é bloqueado. “Para transações já identificadas e confirmadas no estabelecimento suspeito, o Nubank está adotando as medidas cabíveis”, afirma o comunicado.

Os clientes que tiverem compras não reconhecidas neste ou em qualquer outro estabelecimento podem iniciar o processo de contestação direto no aplicativo, ou através da central de atendimento via chat ou telefone. “O reembolso será efetuado após a conclusão da análise do caso”, segundo a empresa.

Atualizado em 02/07

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcelo Barreto (@Marcelo_Barreto)

Acabei de receber uma notificação de compra também de valor baixo nesse mesmo “estabelecimento”. Cartão Itau Pers Black. Lá vou eu ter que ligar pra cancelar e ter que trocar número do cartão em todos os lugares…

Reginaldo Ribeiro (@Reginaldo_Ribeiro)

Muito estranho, acontecer simultâneo em instituições distintas. Golpe grande esse ai, vão faturar alto.

Mozart Melo (@Mozart_Melo)

e colocaram um valor baixo para fazerem as pessoas não notarem ou não se preocuparem tanto

imhotep (@imhotep)

Se realmente são compras de baixo valor, esse é um esquema velho, mas velho mesmo.
Muitas compras de baixo valor, q passam sem perceber, mas nas quais os fraudadoers faturam alto.
A Polícia Federal conhece bem. Já tive um caso desse próximo da minha convivência e a pessoa foi presa em flagrante.

ya G (@ya_G)

Sempre deixo meu cartão nubank bloqueado e com limite baixo para não acontecer isso, também é bom criar cartão virtual quando for fazer compra online, esses dados que eles estão usando nesse golpe tenho quase certeza que foi de algum vazamento que aconteceu antes, muitos sites não dão a mínima para segurança.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

faz umas semanas que tive uma compra de 1 Real feita numa tal de "ifc mizuno"e havia várias reclamações no Reclame Aqui com o mesmo ‘sintoma’.
Interessante que os caras usaram um endereço aqui da cidade. A ultima vez que usei o cartão físico online foi no final de 2019.

⠀ (@mdcosta)

O melhor a fazer é nunca usar o número do cartão físico em compras online. Só usar o virtual. Eu chego até a raspar o número do CVV da parte de trás do cartão. Até pq qualquer atendente pode tirar uma foto de frente e verso sem a gente ver. Ainda assim não dá pra descartar vazamento interno da própria Nubank.

² (@centauro)

Compra online é sempre com cartão virtual e que é excluído assim que a compra for aprovada.
Cartão físico sempre bloqueado e só desbloqueia quando for usar.

@ksio89

Não precisa ir muito longe, isso quase aconteceu com o próprio Mobilon. Digo quase porque segundo o relato dele, o Nubank não aprovou compras com o cartão físico que foram feitas no Nordeste, sendo que nem no país ele estava.

No mais é o que já falaram, compra online só com cartão virtual, e a partir de agora vou bloquear o físico também quando não for usar.

Wendel Schelhan (@Schelhan)

Aconteceu aqui também. NuBank.

Diego Maia (@Diego_Maia)

Depois que tive 1 compra feita em meu cartão quando entrei pra tomar banho e voltei no valor de 999 reais eu nunca mais deixei o cartão desbloqueado, só desbloqueio no momento da compra e bloqueio novamente (todos deveriam fazer isso) mas no meu caso foi o ataque de hackers no site da Netshoes e estornaram o valor. O ideal é sempre fazer compras virtuais com o cartão virtual e deixar bloqueado também. Caso comece a aparecer tentativas de compra você será avisado, aí é só gerar outro cartão virtual na próxima compra. O Nubank é o cartão mais seguro que conheço.

Paulo Maciel (@pymaciel)

O problema é quando a compra é parcelada, não tem como ficar excluindo o cartão. Ou então em assinaturas recorrentes como Netflix, Spotify, Amazon Prime… Estou pensando em migrar essas assinaturas para um cartão pré-pago, mas ainda estou a procura de um confiável.

ya G (@ya_G)

Um bom cartão pré pago é o do Mercado Pago, eu uso no meu Vivo Easy que só aceita crédito.

John Smith (@john)

Eu realmente não entendo porque não é fácil consultar esses dados. Tudo no sistema, devia ser simples saber qual é o CNPJ desse “estabelecimento” e registrar uma denúncia. Afinal, tudo tem rastro, logo se identifica pra qual conta tá indo, quem movimenta ela…

E francamente, esse tipo de fraude devia ser rapidamente identificada pelo sistema da bandeira do cartão e gerar algum tipo de bloqueio ou mesmo alerta à Receita.

Acho que tô sonhando muito.

Gustavo Henrique Silva (@GustavoSilva)

O banco nem deveria discutir se houve vazamento ou não, deveria ter dito que iria investigar já que ninguém descobre nome, número do cartão, CVV, data de validade e CPF por puro palpite.

Exibir mais comentários