Início » Gadgets » Comparativo: Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini: qual é melhor?

Comparativo: Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini: qual é melhor?

Smart speakers com Alexa e Google Assistente têm mesmo preço e recursos similares, mas podem ser melhores para pessoas diferentes

Paulo Higa Por

O Amazon Echo Dot e o Google Nest Mini são os dois alto-falantes inteligentes mais baratos do Brasil. Ambos são compactos, possuem microfones para comandos de voz e têm preço sugerido de R$ 349, funcionando como uma porta de entrada para tornar sua casa mais conectada.

Apesar de serem muito parecidos e custarem o mesmo valor, os smart speakers mostram suas diferenças na qualidade sonora, na conectividade e, claro, no assistente pessoal, que pode ser a Alexa ou o Google Assistente. Mas qual será a melhor opção para você? Eu usei as duas e comparo as caixinhas a seguir.

Em vídeo: Echo Dot [Alexa] ou Google Nest Mini?

Design: Google Nest Mini

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

O Echo Dot tem um visual mais simples e tradicional, com botões físicos, quatro microfones visíveis e um anel colorido que sinaliza quando a Alexa está pensando. Já o Nest Mini é mais sóbrio, com comandos de toque capacitivos nas laterais e na parte superior, que é revestida em tecido e esconde os LEDs indicativos do Google Assistente.

Por ter um design mais discreto e fácil de harmonizar com qualquer ambiente, além de um furo para pendurá-lo na parede, o smart speaker do Google se sai melhor aqui.

Conexões: Amazon Echo Dot

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

Os dois alto-falantes podem reproduzir músicas a partir dos principais serviços de streaming e também funcionam como caixas de som Bluetooth, recebendo sinais de qualquer dispositivo pareado, como o seu celular.

Mas o Echo Dot é o único que possui uma conexão de 3,5 mm para ligar um alto-falante externo. Isso torna o produto mais versátil e duradouro: se você quiser um áudio mais potente no futuro ou já tem uma caixa de som melhor, pode usar a Alexa como um cérebro do seu sistema. Ponto para a Amazon.

Alexa ou Google Assistente: Google Assistente

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

A história é a seguinte: a Amazon sabe muita coisa sobre seus hábitos de consumo, mas o Google sabe absolutamente tudo sobre você, inclusive com quem você conversa, quais lugares frequenta e o que você pesquisa na internet. De posse de mais dados, o Google Nest Mini tende a responder mais perguntas e de forma mais personalizada.

Se você quiser saber quais são os seus próximos compromissos, se o seu restaurante favorito está aberto, se o seu voo está no horário ou se o ônibus até o trabalho está operando normalmente, o Google Assistente consegue responder tudo com um pé nas costas, enquanto a Alexa pode ser mais genérica ou talvez não tenha a informação que você precisa.

Serviços de música: Amazon Echo Dot

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

É claro que uma das principais finalidades de um smart speaker é tocar música. Por isso, é importante que ele funcione com o serviço de streaming que você já assina. O Google Nest Mini pode tocar músicas a partir do Spotify, Google Play Música e YouTube Music. Já o Amazon Echo Dot suporta nativamente o Amazon Music, Apple Music, Deezer, Napster, Spotify e TuneIn.

Se você só usa serviços do Google, o Nest Mini obviamente é uma opção melhor. Mas o Amazon Echo Dot é mais agnóstico e tem maior probabilidade de ser compatível com sua plataforma de música preferida, por isso ganha ponto aqui.

Qualidade de som: Amazon Echo Dot

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

Mas quem toca música melhor? Em termos de volume, o Echo Dot ganha: ele consegue chegar a níveis mais altos, podendo cobrir ambientes maiores e até dar conta de uma pequena festa. O alto-falante da Amazon também chega mais longe antes de começar a distorcer os médios.

O perfil sonoro do smart speaker com Alexa deve agradar mais pessoas, já que entrega um som mais encorpado, com graves mais presentes. Os agudos também têm mais espaço na apresentação do Echo Dot, o que pode incomodar em volumes mais altos, mas passa impressão de maior definição. Nenhum dos dois é excepcional, mas a Amazon leva ponto aqui.

Reconhecimento de voz: Google Nest Mini

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

O alto-falante da Amazon tem quatro microfones de longo alcance, enquanto o Nest Mini tem três. Seria muito fácil dar ponto para o Echo Dot, mas o smart speaker do Google leva vantagem nas minhas experiências.

Tudo funciona às mil maravilhas em ambos os smart speakers quando o ambiente estiver silencioso. Mas quando uma música mais alta está tocando, o Echo Dot tende a ficar “surdo” com mais facilidade, deixando de entender o comando de ativação “Alexa”, enquanto o Google Assistente ainda pode te ouvir a uma distância maior com mais clareza.

Casa conectada: Amazon Echo Dot

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

Outro uso comum para um smart speaker é controlar os dispositivos da sua casa, como lâmpadas, tomadas, câmeras de segurança, televisores, aspiradores e até as cortinas da sua janela, se você investir em automação. Tanto a Alexa quanto o Google Assistente são compatíveis com as principais marcas, mas a Amazon leva a melhor por ter chegado antes nesse mercado.

A Alexa suporta mais de 85 mil dispositivos de casa inteligente e está sempre ganhando novas Skills, os aplicativos desenvolvidos por terceiros que expandem a funcionalidade dos dispositivos Amazon Echo. Por isso, a probabilidade de algo ser compatível com a Alexa ainda é maior que com o Google Assistente.

Melhor smart speaker: Amazon Echo Dot

Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini - Comparativo

Por 4 a 3, o Amazon Echo Dot é o melhor alto-falante inteligente para a maioria das pessoas. Eu recomendaria o Google Nest Mini para quem está muito imerso no ecossistema do Google e usa todos os serviços da empresa, mas o smart speaker com Alexa faz um trabalho melhor no geral: ele é compatível com mais dispositivos e serviços, é expansível e toca música com um som melhor.

Nota de transparência: os links acima têm código de afiliado. Clicando neles, os preços não mudam, mas o Tecnoblog pode ganhar uma comissão da Amazon.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
19 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

A (@ksssskkkks)

sinceramente, se comparar só o amazon echo dot e o google nest mini, qualquer um dos dois vale a pena – a escolha vai mais pra questão pessoal do que critérios e observações objetivos. só que a questão é que echo dot faz parte de uma linha de diversos produtos, muitos deles disponíveis no brasil, enquanto dos dispositivos nest no brasil só tem o google nest mini mesmo. por isso acho que dispositivos echo são melhores.

Kaue Lima (@kauelima)

Eu acho que não estamos exatamente no lugar correto para avaliar isso porque nós aqui em grande parte somos um público considerado de uso intenso de tecnologias mas eu comprei minha primeira lâmpada inteligente já achei um smart speaker um passo lógico.

Quando comprei meu nest mini me percebi usando muito mais música e podcasts em momentos onde eu não fazia porque por mais que não seja uma tarefa super difícil falar na sala “hey google, tocar música” é muito mais fácil que ligar minha caixa, conectar o computador celular, abrir o Spotify escolher uma Playlist e dar play.

No final, sobre a pergunta do tópico, sou a pessoa que está imersa totalmente nos serviços do Google então para mim a escolha foi fácil. Mas outra vantagem que até agora não sei se existe do lado da Echo é o fato do nest mini reconhecer vozes diferentes, então aqui em casa as músicas ficam registradas nas devidas contas do Spotify de quem pediu para elas tocarem assim como retomar uma música já iniciada em outro dispositivo.

Uma coisa que realmente o ecossistema nest ainda fica pra trás é a diversidade de aparelhos (principalmente disponíveis no Brasil), pro meu próximo dispositivo por exemplo algo perto do echo show 5 seria o ideal para mim, mas a alternativa do Google é importada então custa o dobro do preço e ainda não tem câmera embutida.

Rafael Olegário (@RafaelOlegario)

Uma dica que deixo até para futuros reviews é sobre os aplicativos que controlam essas caixinhas, onde será perceptível o abismo entre ambos. Embora seja para uso por voz, uma pré configuração deve ser feita, e é nisso que a echo, na minha opinião, fica bem a frente do next mini.

A do Google, por exemplo, é necessário DOIS apps para o controle total das configurações. O app Google home e o do próprio Google, que lá dentro das configurações, bem escondido você encontrará os recursos, como o de rotinas para automação de sua casa, ou escolher seu serviço de streaming de música, spotify ou YouTube Music ( Deezer, apple music, nenhum funciona no Google, na echo funciona todos, exceto o YouTube Music) , tudo de forma bem rudimentar, parece mais um beta de tão armador que é apresentado.

Na echo, além de ser apenas um app, tudo estará ali bem acessível, as rotinas, por exemplo, são bem mais amplas e claras que a do Google ( algumas do Google a gente tem que advinhar ou pesquisar) . Fora a possibilidade de importar cenas do IFTTT ou apps de seus equipamentos inteligentes que tenha em casa. Um lembrete que você solicita, na echo ela irá lhe notificar tanto no smartphone quanto na caixinha, onde ela irá falar para você no horário agendado. O next mini, vai jogar o seu lembrete como notificação no seu smartphone e só.

São esses detalhes, que diferenciaa e traz praticidade no seu dia a dia com o produto/serviço. Então se o seu uso for para controlar realmente a sua casa, por experiência, vá de echo, Google ainda precisa evoluir muito.

Joseilton Júnior (@Joseilton_Junior)

Eu consigo separar bem o que é “de casa” e o que é “meu”.
Minha vida digital é totalmente integrada as coisas do Google (Gmail, GKeep, GDrive, GFit, smartphone com sistema Android), além de diversos serviços que uso a conta do Google para login.
Mas em casa eu optei pela Amazon, até pra não ter um sistema de casa conectada tão ligada às minhas preferências, sendo que serve a mim, minha esposa e meu filho.
Tenho um Echo Show 5 na sala e 1 Echo Dot em cada um dos 2 quartos.
O uso da Alexa é praticamente 100% por conta da automação. Já tenho bastante coisa aqui em casa.
Como penso em trabalhar com isso, experimento várias marcas de dispositivos para saber o que vale a pena e o que não. É incrível a compatibilidade da Alexa com as coisas que compro. Algumas eu comprei até sem verificar se havia skill, e sempre tem. Mantenho o app Google Home no celular exatamente pra saber com o que a Alexa é compatível que o G Assistente não é. Ou até é compatível, mas não funciona de forma tão plena quanto como a Alexa.
Entre tomadas, relés, interruptores, controles remotos, lâmpadas, sensores e câmeras, aqui tem coisa da Positivo, Geonav, Sonoff, Jwcom, Broadlink, Moes, Orvibo… E tudo é completamente compatível e funcional com a Alexa e sem compatibilidade ou parcialmente funcional com o G Assistente

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

A ALEXA também reconhece diferentes vozes, ela sabe quando sou eu ou a patroa.

Pra mim, os Skills da Alexa são o diferencial e o senso de humor e humanização do assistente. E o leque de produtos como tu falou, tenho um casa dois DOTs, um SHOW e um STUDIO, cada um com seus diferenciais e bem integrados.

Mas esse cenário tem muito o que evoluir ainda. Padronização em automação residencial, protocolo único…

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido (@Wardz_de_souzA)

É exatamente o que eu faço. rs

20200722_184825645×642 27.4 KB Screenshot_20200722-190000_Amazon Alexa1200×1920 461 KB

Só que não é prático. No Google você pode colocar um nome genérico, sem adendo, e ele entende que é naquela ambiente que eu quero controlar aquele device.

Na Alexa, você precisa tirar da cartola um monte de nomes, e conforme os itens de casa inteligente vão aumentando, vai ficando complicado dar nomes diferentes pra trocentos dispositivos.

O objetivo de uma assistente é facilitar a vida e ser intuitiva. Todavia, não é isso que acontece na Amazon.

Sei que é uma reclamação boba.