Início » Negócios » Apple paga US$ 950 mi à Samsung por baixa encomenda de telas OLED

Apple paga US$ 950 mi à Samsung por baixa encomenda de telas OLED

Apple teria compensado Samsung em US$ 950 milhões por encomendas de telas OLED aquém da quantidade mínima estabelecida

Emerson Alecrim Por

Analistas da empresa Display Supply Chain Consultants (DSCC) apontam que, no segundo trimestre, a Apple pagou um montante equivalente a US$ 950 milhões à Samsung. O motivo é um tanto inusitado: a Apple não teria atingido a meta mínima de painéis OLED encomendados à Samsung e, por isso, teve que arcar com uma espécie de multa.

Apple iPhone 11 Pro e 11 Pro Max - Review

Sem olhar em profundidade, parece que a Samsung está explorando a Apple com contratos abusivos ou algo do tipo, mas não é bem assim. A exemplo de outras companhias, a Apple fecha acordos para fornecimento de componentes baseados em quantidades mínimas.

Esse tipo de acordo costuma ser vantajoso porque permite que os preços fiquem em patamares aceitáveis para ambos os lados. Só que há riscos. Por parte da Apple, a empresa certamente concordou em recompensar o fornecedor — neste caso, a Samsung — por encomendas abaixo do mínimo estabelecido.

Se levarmos em conta que a Samsung precisa preparar linhas de produção, encomendar matéria-prima, planejar a logística e assim por diante, faz sentido que esse tipo de compensação esteja previsto em contrato.

Os tais painéis OLED são direcionados à fabricação de iPhones. Se o número mínimo de encomendas não foi atingido, significa que a Apple não conseguiu vender e/ou produzir a quantidade estimada de unidades da linha.

Para dar uma noção, o Gartner calcula que as vendas globais do iPhone caíram 8,2% só no primeiro trimestre de 2020 (não foi só com a Apple: a Samsung experimentou queda de 22,7% no período).

Apple iPhone 11 Pro Max

Não há confirmação oficial sobre o que teria acontecido, mas é bastante provável que a redução de vendas ou produção seja, em parte, um efeito da pandemia de coronavírus (COVID-19): a Apple fechou lojas, teve as suas fábricas na China paralisadas e, provavelmente, está registrando vendas abaixo do esperado por conta da crise econômica que se instalou em vários países.

Nenhuma das partes abordou o assunto, mas, ao comentar os resultados financeiros referentes ao seu segundo trimestre de 2020, a Samsung teria apontado para uma estimativa de lucro operacional em sua divisão de telas que seria oriunda do recebimento de um montante único.

Acredita-se que esse montante diz respeito ao pagamento da Apple. A informação inicial aponta que o valor estaria na casa dos US$ 750 milhões, mas os analistas da DSCC afirmam que, na verdade, o total corresponde a US$ 950 milhões.

De todo modo, não seria a primeira vez que a Apple paga uma compensação à Samsung: em 2019, a fabricante do iPhone repassou à companhia sul-coreana um montante estimado em US$ 683 milhões, também por não atender à demanda mínima de painéis OLED.

Com informações: Apple Insider.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matt (@hadtohear)

Era só comprar e deixar estocado para quando as vendas aquecerem novamente

LekyChan (@LekyChan)

provavelmente a multa era mais barata do que fazer estoque gigante de telas.

Rafael Moreira (@Rafael_Moreira)

Será que só a Samsung sabe fazer tela OLED de boa qualidade para os smartphone ? E a Sony e Panasonic que tem uma parceira no desenvolvimento desses painel, será que não seria interessante apostar nessas empresas ?

@Banana_Phone

Talvez só a Samsung seja capaz de fabricar a quantidade exigida pela Apple.

@teh

provavelmente a apple pensou nisso, mas convenhamos que samsung sempre fez paineis acima da concorrencia falando em desempenho.

Rafael Moreira (@Rafael_Moreira)

Tem essa questão…

Rafael Moreira (@Rafael_Moreira)

A LG até conseguiria entregar a quantidade de tela exigida, o problema que tem má fama os seus display. A Google foi inventar de colocar no Pixel 2, só problema… depois que passou a adotar display Samsung nas versões seguintes acabou o problema. Só a quantidade de nits que é baixo. Se pegar do Pixel 4 e comparar com o iPhone 11 Pro a diferença é gritante.

anon31878329 (@anon31878329)

Cada empresa produz algo com excelência, da mesma forma que ainda não existe nenhuma empresa que entregue a mesma qualidade de tela que a Samsung, a Sony até hoje é a líder em produção de sensores de câmera.

Felipe Lima (@felipe81727290201)

ate 2011 a Sony e a Samsung dividiam a produção de telas. Ai a Samsung comprou a parte da Sony.