Início » Celular » Xiaomi Mi A3 recebe atualização errada que bloqueia dual chip

Xiaomi Mi A3 recebe atualização errada que bloqueia dual chip

Atualização para usuários mexicanos do Xiaomi Mi A3 foi liberada como se fosse global, causando uma série de problemas

Emerson Alecrim Por

Se eu acreditasse em maldições, diria que a linha Xiaomi Mi A3 está sendo alvo de uma. Começou com um atraso de meses para a liberação do update com a versão estável do Android 10. Agora, há usuários relatando que uma atualização recente para o modelo faz apenas um SIM card funcionar.

Xiaomi Mi A3

Xiaomi Mi A3

Tudo indica que o problema está sendo causado por um engano na liberação do pacote de atualização (que, aliás, tem 1,4 GB de tamanho), não por uma falha no sistema operacional em si.

De acordo com relatos encontrados em redes sociais, como a do usuário Dakshit Shah no Twitter, o update faz o Xiaomi Mi A3 se comportar de maneira estranha após a conclusão do procedimento.

Em alguns casos, o idioma do sistema operacional passou a ser o espanhol. Além disso, durante a reinicialização, o aparelho pode exibir o logotipo da operadora mexicana Telcel. Aplicativos associados à operadora (como Mi Telcel e Claro Música) também podem aparecer no sistema.

Mas o maior problema é o que envolve os chips. Como você deve saber, o Xiaomi Mi A3 suporta dois SIM cards, mas a atualização desativa um deles.

Você já deve ter imaginado o que aconteceu. Aparentemente, a Xiaomi liberou como global uma atualização para o Mi A3 que deveria ser regional, isto é, direcionada aos usuários do aparelho que são clientes da Telcel: o update correto é identificado como v11.0.3.0.QFQMIXM; o pacote específico para o mercado mexicano, como v11.0.3.0.QFQMXTC.

Para quem não atualizou o Mi A3, a recomendação é óbvia: verificar cuidadosamente qual a versão do pacote que foi liberada para o seu dispositivo antes de seguir com o procedimento.

Para quem acabou sendo “vítima” do problema, aguardar é a melhor opção: ao XDA Developers, a Xiaomi reconheceu a falha e prometeu para breve uma solução que reverte o update.

Benzer o seu Mi A3 também parece ser uma boa ideia.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

🤷‍♀️ (@xavier)

Xiaomi, como sempre, ferrando com a linha Ax. Como sempre digo, o Google deveria punir, pois houve problemas em absolutamente todos modelos, desde o A1.

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Xiaomi Android puro

Alex (@wuhkuh)

Essa linha “A” é uma dor de cabeça, os que tem o A3 são os que mais sofrem, meu A2 virou outro celular depois do Android 10 e eu sou dos sortudos, não tive nenhum dos problemas que ele apresentou desde a era Oreo, é bizarro como sempre tem um problema, sempre!

Vinícius Ribeiro Soares dos Santos (@viniciusrsds)

Eu tive um Mi A3. A qualidade da tela até dava pra relevar, mas o descaso da marca com o aparelho minaram o meu amor por ele. Foi vendido com 5 meses de uso.

Elcobos (@elcobos)

Ainda bem que parei de atualizar quando saiu a versão 10 do Android pra ele. Já tive uma péssima experiência com o Moto G6 quando atualizou a versão principal do Android e deixou ele super lento. Enfim, peguei trauma e bloqueei todas as atualizações do Mi A3.