Início » Celular » Carregador de 125 W da Oppo leva bateria de 0 a 100% em 20 minutos

Carregador de 125 W da Oppo leva bateria de 0 a 100% em 20 minutos

Tecnologia de recarga rápida Flash Charge da Oppo enche 40% da bateria do celular em 5 minutos

Paulo Higa Por

A Oppo oficializou nesta quarta-feira (15) seu carregador com potência recorde de 125 watts. O acessório promete encher a bateria de um smartphone de 4.000 mAh em apenas 20 minutos, utilizando cabos USB-C nas duas pontas, baterias duplas e múltiplos sensores de temperatura para aumentar a eficiência da recarga de forma segura.

Oppo Flash Charge de 125 W

O Oppo Flash Charge de 125 watts é do mesmo tamanho do carregador de 65 watts que acompanha o Oppo Reno Ace, celular que demora apenas 30 minutos para carregar a bateria completamente. A empresa chinesa fez modificações na arquitetura que permitiram manter o carregador compacto e, ao mesmo tempo, agilizar a recarga com uma tensão de 20 V e corrente de 6,25 A.

O carregador tem eficiência de até 98%, segundo a Oppo; ele também possui 10 sensores adicionais de temperatura para evitar sobretensão e garantir a segurança da recarga. Considerando uma bateria de 4.000 mAh, a carga chega em 41% após 5 minutos e 100% após 20 minutos, o que é dez minutos mais rápido que o antigo carregador de 65 W da Oppo.

Oppo Flash Charge de 125 W

Claro que o celular também precisa estar preparado: o protótipo da Oppo considera uma bateria com células duplas 6C de alta densidade e um controlador de energia mais integrado que melhora a eficiência da recarga. A tecnologia é baseada no SuperVOOC da Oppo, então também funcionará em aparelhos anteriores da marca, mas a uma potência de 65 W.

A Oppo ainda não revelou quando o carregador chegará ao mercado, mas é bem provável que ele apareça em um topo de linha da fabricante em um futuro breve. A empresa também anunciou um carregador wireless de 65 W.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Me recordo que a Xiaomi tinha demonstrado um carregador parecido. Não vingou?

Leonardo Rocha Dias (@Leonardo_Rocha_Dias)

Muito bom ver os avanços tecnológicos na área de baterias.
Fico na dúvida se o fato de carregar mais rápido não faz a bateria degradar mais rapidamente?
Ou estas células duplas 6C de alta densidade não sofrem deste impacto?

Renan Rufino (@RufinoRJ)

Na minha futurologia furada aqui, eu creio que essa é a tão revolução tecnológica energética/ de baterias. As baterias vão continuar parecidas mas o tempo de carregamento vai ser tão pequeno que tu encosta no metro ou numa loja qualquer e já tá em 50% e estando o tempo todo assim “não vai ter bateria” kkkkk

Henrique Nakade (@Henrique_Nakade)

a questão que fica é:
qual será o tempo de vida da bateria dum celular que usar esse carregador sempre? 2-3 anos?

Josiel Henrique (@josiel_hen)

Não que seja uma boa métrica, mas depois de 4 meses usando a carga rápida num iPhone, vi a saúde da bateria ciar pra 95%, então toda essa velocidade/potencia de carregamento não me cai bem em termos de longo prazo.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Não chega nem a 2 anos. Pensa, tanta energia sendo espremida pra dentro das células, certamente vai gerar grande quantidade de calor, o que por só já contribui para degradar a bateria. Fora o ato físico de carregar rápido de mais, constantemente. Isso encoraja ainda mais usuários a recarregar mais de uma vez ao dia o smartphone.

Existe algumas categorias de produtos que acho válido sacrificar a saúde da bateria, como wearables. São pequenos de mais para acordar células muito maiores que as que já existem e nesse caso, carregar mais rápido é a única solução viável hoje.