Início » Legislação » Uber traz de volta ciclofaixa de lazer em São Paulo

Uber traz de volta ciclofaixa de lazer em São Paulo

117 km da ciclofaixa de lazer de São Paulo, que funciona aos domingos e feriados, serão patrocinados pela Uber

Paulo Higa Por

A Uber anunciou que as ciclofaixas de lazer retornarão à cidade de São Paulo a partir de domingo (19). Os 117 quilômetros de faixas dedicadas para bicicletas serão operados pela empresa de transporte por aplicativo, que assinou um termo de cooperação com a prefeitura por 12 meses.

Jump / Uber

As ciclofaixas de lazer funcionam em avenidas específicas de São Paulo aos domingos e feriados, das 7 às 16 horas. Elas foram montadas pela última vez na cidade em 25 de agosto de 2019, quando a Bradesco Seguros, que patrocinava a operação, encerrou o contrato com a prefeitura.

O termo de cooperação entre a Uber e a Prefeitura de São Paulo, anunciado em junho, envolve um investimento de R$ 11,5 milhões da empresa de transporte, a única a ter enviado proposta para patrocinar a ciclofaixa de lazer. Não haverá custo para o poder público, e o prazo de 12 meses poderá ser renovado.

“A empresa também oferecerá aos usuários todas as condições de segurança exigidas pelo Poder Público e a sinalização será complementada com mensagens de prevenção ao novo coronavírus. Na inauguração, agentes também vão distribuir a alguns ciclistas um kit incluindo capacete, máscara e álcool em gel”, diz a Uber em comunicado.

Os trechos contemplados são os seguintes:

Uber / ciclofaixa de lazer

  • Av. Paulista / Jabaquara (18,9 km)
  • Av. Paulista / Centro (16,2 km)
  • Jabaquara / Parque Ibirapuera (10,3 km)
  • Parque Ibirapuera / Av. Sumaré (8,5 km)
  • Parque Ibirapuera / Parque do Povo (7,9 km)
  • Parque do Povo / Parque Villa Lobos (15 km)
  • Parque do Chuvisco / Parque do Povo (13,5 km)
  • Zona Norte (8,3 km)
  • Zona Leste (19,1 km)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

David Diniz (@daviddiniz)

Voltou essa coisa ridícula e sem nexo que é colocar um BRINQUEDO no espaço destinado a carros, caminhões ônibus e motos.

Lugar dessas tranqueiras é no parque ou em qualquer outra área fechada não nas ruas.

Guilherme Machado (@meioprato)

Bom, o código de trânsito brasileiro discorda de ti. Ruas não foram feitas apenas para carros ¯_(ツ)_/¯

Juan Hatzfeld dos Santos (@JuanHS)

eu não sei de onde tu saiu, mas é melhor voltar. O transporte multi modal é aceito há muitos anos. Inclusive faz bem pra saúde e auxilia na manutenção de um corpo saudável. Recomendo.