Tecnoblog
Início » Aplicativos e Software » O que são os padrões de cores RGB e CMYK?

O que são os padrões de cores RGB e CMYK?

Tem lugar pra todo mundo. RGB ou CMYK? Não precisa brigar, conte com a duas. Saiba como, quando e como mudar o padrão de cor

Qual padrão é melhor: RGB ou CMYK? Na verdade, não existe um ganhador. Ambos são importantes e tem um uso adequado. Saber o que são os padrões de cor RGB e CMYK o ajudará a obter resultados no meio digital e impresso conforme o planejado. 

Existem dois principais sistemas de cores nas indústrias de design digital e de impressão: o sistema de cores RGB e o sistema de cores CMYK. Neste artigo, veremos a diferença entre os dois, por que o que vemos na tela pode não ser o mesmo que vemos nos impressos e como alternar facilmente o padrão de cor no Photoshop e Illustrator.

O que são os padrões de cores RGB e CMYK?

RGB

Corresponde às iniciais das cores “Red” (vermelho), “Green” (verde) e “Blue” (azul).

As telas exibem imagens com centenas de pixels. Cada um desses possui três sub-pixels: luz vermelha, luz verde e luz azul, que acendem em diferentes intensidades, com base na cor que o pixel exibe para produzir um resultado em um monitor preto.

Os valores RGB são exibidos em um intervalo entre 0 e 255. O que significa que existem 256 níveis de cada uma das três cores, que podem ser combinadas para criar uma cor no espectro entre preto e branco. 

Por exemplo, o valor RGB para a cor preta é: 0,0,0 – o significa que há 0% de luz vermelha, 0% de luz verde e 0% de luz azul. Em outras palavras, há uma completa ausência de luz, logo, preto.

Para criar branco, seria o oposto: 255, 255, 255 – o valor mais alto possível de cada cor, o que significa que as luzes vermelha, verde e azul são 100% brilhantes, resultando na presença máxima de luz, logo, branca.

Outra maneira de pensar sobre o modo de cores RGB é referir-se ao vermelho, verde e azul como cores aditivas. Isso significa que o RGB cria outras cores adicionando quantidades de vermelho, verde e azul.

CMYK

Corresponde às iniciais das cores “Cian” (ciano), “Magenta” (magenta), “Yellow” (amarelo) e “Black” (preto). 

É um padrão de cores primárias que, quando combinadas, formam cores ilimitadas. É o padrão usado pelas impressoras domésticas e que utilizam a técnica de offset.

Já neste sistema de cores, o preto é usado porque mesmo a combinação mais pura de ciano, magenta e amarelo (todas as cores mais claras) não pode criar uma cor totalmente preta.

O CMYK usa cores subtrativas, não aditivas. A adição de cores no modo CMYK tem o efeito oposto do resultado RGB; quanto mais cor adicionada, mais escuros os resultados. Portanto, as cores são removidas ou subtraídas para criar um resultado claro.

Qual é a diferença entre RGB e CMYK? Por que cores na tela ficam diferentes de cores impressas?

Exatamente pela diferença de padrão, é difícil reproduzir fielmente as cores da tela no mundo impresso. Alguns programas gráficos utilizam filtros e perfis de cores a fim de mostrar no monitor a imagem exatamente como será impressa.

Resumindo:

RGB CMYK
É o modo de cor destinado à telas. É o modo de cores destinado à impressão com tinta.
Quanto mais cores forem adicionadas ao RGB, mais claro será o resultado. Quanto mais cores forem adicionadas no modo CMYK, mais escuro será o resultado.
Tem um intervalo numérico de 3 x 256. Tem um intervalo numérico de 4 x 100.
As cores energéticas que o RGB pode produzir são difíceis de reproduzir no CMYK. Intervalo menor, menor variedade de cores.

Ao criar um projeto, crie o arquivo sempre com o padrão de cor e perfil definido para o tipo de saída que deseja. Alterar o modo ao longo do processo pode não ser tão eficaz e gerar alterações de tonalidade.

Ao projetar, um erro comum é esquecer de converter para o modo de cor apropriado para o seu projeto. Uma vez esquecido, as cores do seu projeto correm o risco de parecer desbotadas ou muito vibrantes.

Não sabe como converter? Dê uma olhada em alguns desses recursos para garantir que você esteja fazendo certo.

Como mudar o padrão de cor no Photoshop

  1. Menu “File” (Arquivo) > “New” (Novo);
    Ou siga o atalho “⌘ + N” (macOS) ou “Control + N” (Windows);
  2. Escolha o formato que deseja, o padrão de cor e clique em “Create” (Criar).

Caso o arquivo de imagem já esteja aberto ou queira apenas checar ou converter uma imagem:

  1. Menu “Image” (Imagem) > Mode (Modo);
  2. Selecione RGB, CMYK ou demais padrões.

Como mudar o padrão de cor no Illustrator

  1. Menu “File” (Arquivo) > “New” (Novo);
  2. Selecione o formato do projeto;
  3. Clique em “Advanced Options” (Opções Avançadas);
  4. Selecione RGB ou CMYK.

Com informações: Envato.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação