Início » Negócios » Amazon cresce e Jeff Bezos bate recorde de mais bilhões ganhos em um dia

Amazon cresce e Jeff Bezos bate recorde de mais bilhões ganhos em um dia

CEO Jeff Bezos ganhou o equivalente a quase R$ 70 bilhões em 24 horas com valorização das ações da Amazon

Paulo Higa Por

Jeff Bezos, CEO da Amazon, é o homem mais rico do mundo, com uma fortuna avaliada em US$ 189 bilhões, bem acima do segundo colocado, Bill Gates, que detém US$ 118 bilhões. Mas Bezos quebrou mais um recorde na segunda-feira (20): com a forte valorização nas ações da Amazon, ele se tornou o homem que ganhou mais bilhões em um único dia.

Jeff Bezos, CEO da Amazon

De acordo com a Bloomberg, Jeff Bezos aumentou sua fortuna em US$ 13 bilhões, o equivalente a R$ 68,2 bilhões, em 24 horas. Trata-se da maior valorização desde 2012, quando o índice de bilionários foi criado. Isso porque as ações da Amazon subiram 7,9%, a maior alta diária desde dezembro de 2018. Além de CEO e fundador, Bezos é o maior acionista da Amazon, detendo 11,1% da companhia.

É claro que já comecei a fazer algumas contas aqui. Um aumento de R$ 68,2 bilhões em 24 horas significa que Bezos ganhou em média R$ 790 mil por segundo. Ele levaria 1/100 segundo, ou um décimo de um piscar de olhos, para juntar dinheiro para comprar um iPhone 11 Pro. Um jato executivo Embraer Praetor 600 de US$ 21 milhões, que voa de São Paulo a Miami sem escalas, custaria 2min20s do tempo de Bezos.

O montante ganho por Bezos em um dia é maior que todo o lucro da Petrobras em um ano, que foi de R$ 40,1 bilhões em 2019. Se somarmos os ganhos de R$ 26,6 bilhões da segunda empresa brasileira mais lucrativa no ano passado, o Itaú Unibanco, ainda não chegaríamos na valorização da fortuna do CEO da Amazon em 24 horas.

Mesmo com a crise econômica e a pandemia de COVID-19, a Amazon se valorizou devido às expectativas otimistas com relação ao varejo online. As ações da Amazon já subiram 73% em 2020, elevando o valor de mercado da companhia para US$ 1,58 trilhão, próximo da Apple, que bateu a marca de US$ 1,7 trilhão na segunda-feira (20).

A fortuna de Jeff Bezos subiu de US$ 74 bilhões no começo de 2020 para os atuais US$ 189 bilhões com os resultados positivos da Amazon. Sua ex-mulher Mackenzie Bezos, que teve o acordo de divórcio mais caro da história, se tornou a décima terceira pessoa mais rica do mundo, com fortuna de US$ 63,1 bilhões.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação