Início » Computador » AMD anuncia chips Ryzen 4000 com Radeon Graphics para desktops

AMD anuncia chips Ryzen 4000 com Radeon Graphics para desktops

Além de 12 chips da série Ryzen 4000, AMD anunciou seis processadores Athlon 3000 para desktops

Emerson Alecrim Por

Quando a AMD revelou os chips Ryzen 4000 para notebooks, uma pergunta pairou no ar: quando teremos as versões para desktops da nova série? Demorou um pouco, mas elas já estão chegando. Os processadores AMD Ryzen 4000 para desktops foram anunciados oficialmente nesta terça-feira (21).

AMD Ryzen

Esta leva é composta por 12 processadores, sem contar os novos chips Athlon (falaremos deles já, já). Baseados na arquitetura Zen 2 (chips Zen 3 vão chegar mais tarde, mas ainda em 2020), todos contam com tecnologia de 7 nanômetros, GPU Radeon Graphics e soquete AM4.

TDPs de 65 W e 35W (estes são identificados com o sufixo GE), suporte a memórias DDR4 de até 3.200 MHz e compatibilidade com o PCI Express 3.0 (pois é, nada de PCIe 4.0) fazem parte das demais características.

São duas séries, na verdade. A primeira, voltada a PCs domésticos, é a AMD Ryzen 4000G:

Núcleos / Threads Clock base / máx. Cache Núcleos gráficos Clock gráficos TDP
Ryzen 7 4700G 8 / 16 3,6 / 4,4 GHz 12 MB 8 2.100 MHz 65 W
Ryzen 7 4700GE 8 / 16 3,1 / 4,3 GHz 12 MB 8 2.000 MHz 35 W
Ryzen 5 4600G 6 / 12 3,7 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 65 W
Ryzen 5 4600GE 6 / 12 3,3 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 35 W
Ryzen 3 4300G 4 / 8 3,8 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 65 W
Ryzen 3 4300GE 4 / 8 3,5 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 35 W

A segunda série é a AMD Ryzen Pro 4000G, direcionada ao segmento profissional ou corporativo. Como tal, os chips dessa linha contam com tecnologias como AMD Memory Guard (protege a memória com criptografia) e AMD Secure Processor (protege o sistema de ataques no nível do hardware), controle de qualidade aprimorado, entre outros atributos. São eles:

Núcleos / Threads Clock base / máx. Cache Núcleos gráficos Clock gráficos TDP
Ryzen 7 Pro 4750G 8 / 16 3,6 / 4,4 GHz 12 MB 8 2.100 MHz 65 W
Ryzen 7 Pro 4750GE 8 / 16 3,1 / 4,3 GHz 12 MB 8 2.000 MHz 35 W
Ryzen 5 Pro 4650G 6 / 12 3,7 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 65 W
Ryzen 5 Pro 4650GE 6 / 12 3,3 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 35 W
Ryzen 3 Pro 4350G 4 / 8 3,8 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 65 W
Ryzen 3 Pro 4350GE 4 / 8 3,5 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 35 W

Como sempre, os novos processadores chegam com a promessa de mais desempenho. A AMD diz que o octa-core Ryzen 7 4700G — o mais poderoso da linha ao lado do Ryzen 7 Pro 4750G — é até 2,5 vezes mais poderoso em multithread do que a geração anterior, por exemplo.

Ainda de acordo com a companhia, o mesmo chip é até 31% mais rápido que o Core i7-9700 em multithread e tem performance gráfica até 202% superior a este.

AMD Ryzen Pro

AMD Athlon 3000 para desktops

Para computadores que priorizam o fator custo em vez do desempenho, a AMD anunciou seis processadores para a série Athlon 3000, dos quais três são versões Pro. Assim como os novos Ryzen, todos são baseados na arquitetura Zen 2 e trazem GPU Radeon Graphics, embora com apenas três núcleos gráficos:

Núcleos / Threads Clock base / máx. Cache Núcleos gráficos TDP
Athlon Gold 3150G 4 / 4 3,9 GHz / – 6 MB 3 65 W
Athlon Gold 3150GE 4 / 4 3,8 GHz / – 6 MB 3 35 W
Athlon Silver 3050GE 2 / 4 3,4 GHz / – 5 MB 3 35 W
Athlon Gold Pro 3150G 4 / 4 3,5 / 3,9 GHz 6 MB 3 65 W
Athlon Gold Pro 3150GE 4 / 4 3,3 / 3,8 GHz 6 MB 3 35 W
Athlon Silver Pro 3050GE 2 / 4 3,4 GHz / – 5 MB 3 35 W

Quanto e quando?

Este é o momento do balde de água fria: ainda não temos informações sobre preços e data de disponibilidade dos novos chips Ryzen e Athlon. Inicialmente, esses processadores serão fornecidos somente a fabricantes de PCs (OEM). Por esse motivo, também não há informações sobre preços.

A possibilidade de a AMD lançar os novos Ryzen em “caixinhas” para consumidores não está descartada, mas a companhia não deu previsão de data para isso.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

🤷‍♀️ (@xavier)

Poxa AMD, queria saber se vai valer a pena trocar meu 3400G pelo 4700G, mas não divulgar nem o preço base é frustrante.

Jacques (@fioda)

Isso é bacana, esses chips são bem úteis em certos momentos da vida onde você quer um excelente CPU mas não faz questão de ter uma GPU parruda.

Também é legal pra casos onde precisa fazer algum upgrade e falta a grana pra uma GPU mais forte, espero que esses cpus não sejam limitados ao 8x do pci-express como é os atuais ryzen G

Sérgio (@trovalds)

Bom, quem está de olho em um Ryzen Pro sinto informar mas esses só vão pra integradores (empresas que montam computadores). Isso se a AMD seguir a política do segmento. Inclusive já existem processadores Ryzen 3xxxG Pro.

Quanto ao PCIe 3.0, acredito que seja pra diminuir custos de produção já que o processador já acomoda o chip gráfico junto. E daí deixam o PCIe 4.x pras linhas não-G e pra linha X (capazes de overclock).

Bruno (@Unknown)

É praticamente os Renoir de notebook só que bombado, o que é uma pena pois o PCI-E 4.0 era um enorme diferencial da Zen 2.
3 passos pra frente e 1 pra trás.

Eu (@Keaton)

Menos de duas semanas que eu montei um pc, a AMD faz isso. Poxa, valeu! D:

Eu (@Keaton)

Esses videos onboards geralmente são bem mais ou menos, eu aposto que deve ter o desempenho entre uma GT1030 e uma GTX1050. (não sei relacionar com o desempenho das Radeons ainda) - uma coisa que ajuda a limitar o desempenho é a DDR4 do PC. haha

Tu tem placa de vídeo separada? Joga muito? Se tu tiver placa de vídeo, troca pra série sem video integrado. Se jogar muito, pega pega placa de vídeo nova.

Se for só pra home office, o 3400G dá e sobra por algum tempo. (Nem é legal pagar preço de lançamento) - mete um SSD e 16GB (2x8GB, NUNCA 4x4GB. RAM fica limitada à 2133MHz no Zen+)

🤷‍♀️ (@xavier)

Obrigado pelas dicas, mas eu sei exatamente o que preciso e como fazer os upgrades no meu sistema.

Rockman (@Flavio_Toledo)

Tambem fiquei nessa duvida porque estou satisfeito ter processador bom suficiente para nao precisar gastar com GPU dedicada espero continue assim economizando no proximo upgrade fizer no futuro.

@ksio89

Muito bom, gráfico integrado ainda acho importante, ainda mais com os preços atuais das placas de vídeo.

Uma pena que assim que a AMD lançar as APUs Zen 2, lojistas brasileiros provavelmente irão deixar de vender APUs Zen+ para para não ter que baixar o preço. A Intel eu sei que faz isso, recompra o estoque da geração anterior quando lança a próxima.