Início » Celular » Samsung Galaxy Note 20 Ultra tem ficha técnica revelada

Samsung Galaxy Note 20 Ultra tem ficha técnica revelada

Samsung Galaxy Note 20 deve ter ficha técnica avançada, câmera tripla e tela de 120 Hz; celular já foi homologado no Brasil

Bruno Gall De Blasi Por

A ficha técnica do Samsung Galaxy Note 20 Ultra veio a público nesta quarta-feira (22). Segundo o site alemão WinFuture, o sucessor do Galaxy Note 10+ terá ficha técnica avançada com câmera tripla e tela de 120 Hz. O celular da Samsung já foi homologado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), no Brasil.

Samsung Galaxy Note 20 Ultra tem ficha técnica revelada (Foto: Reprodução/WinFuture)

Os detalhes do Galaxy Note 20 Ultra revelados nesta semana se aproximam de rumores levantados sobre o celular nos últimos meses, como o aumento na tela de 6,8 para 6,9 polegadas. Além disso, de acordo com o site alemão, o display terá resolução Quad HD (3200 x 1440 pixels) com taxa de atualização de 120 Hz, como no Galaxy S20 Ultra.

O conjunto fotográfico triplo com zoom digital de 50x é outra característica esperada no sucessor do Galaxy Note 10+. O celular deve chegar às lojas com câmera principal de 108 megapixels (f/1.8), acompanhada por dois sensores com lentes ultrawide (12 MP, f/2.2) e teleobjetiva (12 MP, f/3). Para selfies, são aguardados 10 MP (f/2.2).

O Galaxy Note 20 Ultra estará disponível em duas opções de cores, segundo o site: Mystic Black (preto) e Mystic Bronze (bronze).

Câmera do Samsung Galaxy Note 20 Ultra (Foto: Reprodução/WinFuture)

Por dentro, a ficha técnica avançada deve trazer o processador Exynos 990 e possivelmente o Snapdragon 865 ou Snapdragon 865 Plus nos Estados Unidos. Com 12 GB de RAM e bateria de 4.500 mAh com recarga rápida de 45 watts, o telefone pode contar com duas opções de armazenamento: 256 GB ou 512 GB.

Completam as possíveis especificações o suporte à caneta S Pen com melhorias e latência de 9 ms, Android 10, Wi-Fi 6 e Wireless DeX, que permite o uso do recurso sem depender de fios. O smartphone ainda deve trazer recursos para streaming de jogos, graças ao Project xCloud, da Microsoft, e ao Xbox Game Pass.

Espera-se que o Samsung Galaxy Note 20 Ultra seja apresentado em 5 de agosto, durante o evento virtual Galaxy Unpacked 2020. Outros produtos da marca sul-coreana, como o Galaxy Z Fold 2, Galaxy Z Flip 5G, Galaxy Tab S7, Galaxy Watch 3 e Galaxy Buds Live, devem ser anunciados no mesmo dia.

Samsung Galaxy Note 20 Ultra é homologado pela Anatel (Foto: Reprodução/Tecnoblog)

Samsung Galaxy Note 20 Ultra é homologado no Brasil

A Anatel homologou o Galaxy Note 20 Ultra nesta segunda-feira (21). Segundo Everton Favretto, do Plantão Anatel, a Agência Nacional de Telecomunicações certificou o celular de modelo “SM-N986B/DS”, referente à edição mais avançada dos sucessores da linha Samsung Galaxy Note 10.

Não há previsão de data e preço de lançamento do Samsung Galaxy Note 20 no Brasil.

Com informações: 9to5Google, Plantão Anatel, WinFuture e XDA-Developers

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Reinaldo Boson (@Ticano)

Melhor que muito notebook por aí, parrudo em todos os aspectos, seu por R$ 10.000,00

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Além do preço, o mais absurdo é pagar isso e não pode escolher o Snapdragon.

Léo (@leo_oliveira)

Povo fala fala do Snapdragon mas, no fim, é apenas pra mostrar pros amigos quem tem um, pq na prática você não sente no cotidiano…

² (@centauro)

Vendo reviews comparando a performance do Galaxy S20/S20 ultra com Exynos e com o Snapdragon, a versão com Snapdragon geralmente sai melhor.

Claro que se você usar só a versão do Exynos e não ficar comparando, você provavelmente não vai notar, mas no review do Mrwhosetheboss ele mostra que o Exynos sofre de thermal throttling, o que afeta a performance se você usa por longos períodos (comum se você usar o celular pra jogar), além das fotos ficarem melhores com o Snapdragon porque a GPU embarcada no SD é melhor do que no Exynos.
E o SD parece consumir menos bateria, o que significa duração maior de bateria se comparado com o Exynos.

Então tem fundamento os comentários negativos ao Exynos.
E Mediatek não faz parte da discussão aqui, mas não preciso falar algo a respeito, suponho?

Vinicius Andrade (@Toloko)

Quero? Sim.
Preciso? Nâo.

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

A situação mudou um pouco com o lançamento do Mediatek Dimensity 1000. É um SoC topo de linha, com números bem competitivos em relação ao Exynos 990 e ao Snapdragon 865 e com diferenciais como modem 5G embutido e decodificação AV1 acelerada por hardware, coisas que nem mesmo o Snapdragon 865 oferece. No entanto, tirando uma meia dúzia de modelos chineses menos conhecidos, existem poucos aparelhos com esse SoC.

No segmento de entrada e intermediário, no entanto, Mediatek continua uma tristeza…