Início » Aplicativos e Software » Uber mostra destino antes da viagem para motoristas de todo o Brasil

Uber mostra destino antes da viagem para motoristas de todo o Brasil

Antes disso, a Uber só revelava qual era a região de destino da próxima viagem quando a corrida fosse iniciada pelo motorista

Victor Hugo Silva Por

A Uber já oferece para motoristas de algumas capitais detalhes sobre a região de destino da próxima viagem antes que ela comece. Agora, a informação será levada para parceiros da plataforma em todo o Brasil. Na mesma atualização, o serviço também passa a indicar se o passageiro possui poucas viagens em seu histórico. As informações, no entanto, só aparecem depois que a corrida é aceita.

Uber - destino do passageiro

De acordo com a Uber, a mudança começará a ser liberada ainda esta semana para todos os motoristas. Ela passou a ser testada em 2018 com parceiros da empresa em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre. Desde então, o recurso teve várias mudanças até chegar ao formato atual, que indica a região de destino junto com detalhes sobre a distância para o ponto de partida.

“Acessar informações de uma viagem antes mesmo dela começar sempre foi um pedido dos motoristas e viemos trabalhando na melhor forma possível de atender isso sem impactar a experiência dos usuários”, explica o diretor da Uber Tech Center no Brasil, Marcello Azambuja. A empresa afirma que o objetivo é ser mais transparente com os parceiros sem prejudicar a experiência dos passageiros.

Ao exibir mais informações do destino somente após a viagem ser aceita, a Uber parece ter buscado um meio-termo que atenda a todas as partes. Por um lado, permite que motoristas cancelem a corrida caso tenham alguma preocupação quanto à segurança do bairro. Ao mesmo tempo, garante que passageiros desse local também tenham a chance de serem atendidos.

Este é mais um recurso de segurança liberado pela plataforma. Recentemente, passageiros e motoristas no Rio de Janeiro ganharam a opção de gravar áudio em viagens. A cidade foi a 16ª a ganhar o recurso, que também está disponível em capitais como Salvador, São Luís e Campo Grande. O serviço também oferece opções de compartilhar a viagem em tempo real com pessoas de confiança e ligar rapidamente para a polícia durante o trajeto.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
21 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Orley Tadeu de Lima (@orley_sc)

E enquanto isso a ferramenta pra dividir o valor das corridas continua funcinando beeem meia boca.

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido (@Wardz_de_souzA)

Nunca entendi o porquê dos motoristas não terem esse tipo de informação.

Facilitaria pra eles e pra gente que usa o serviço.

imhotep (@imhotep)

Agora vai ser uma escolha de viagem longa e dispensa de viagem curta, que nem os taxistas fazem.

anon53237231 (@anon53237231)

não que não fizessem antes, né? quantas vezes já pedi, eles aceitaram e depois me ligaram pedindo para eu cancelar e quando eu não cancelava eles mesmos cancelaram.
Aliás, esse foi um dos motivos que me levou a desinstalar o app

Douglas Gomes (@Douglas_Gomes)

A motorista cancelou a viagem sem me falar nada (isso mesmo, sem nenhuma mensagem) porque não agradava à ela! Uber me cobrou o valor parcial sendo que eu nem cheguei a entrar no carro da motorista! Denunciei ela, Uber me estornou o valor cobrado, ela foi afastada por 1 mês! Ou seja, quando o motorista for um pela-saco, denunciem e reportem

lourinaldo junior (@lourinaldo_junior)

Essa “nova função” ela mostra uma possível região que o cliente vai e não mostra exatamente como a 99 por exemplo. A UBER como sempre fica tentando enganar a mídia e os motoristas mostrando uma melhoria que não existe.

anon31878329 (@anon31878329)

Deixa eles fazerem isso, quando começarem a lucrar menos, vão se tocar que o melhor é aceitar todas.

Já peguei vários motoristas que já aprenderam por experiência própria que ficar esperando só viagem longa não compensa, como eles mesmos falaram, acabam que muitas vezes voltam todo o percurso vazio e não compensa. Enquanto que regiões próximo a shopping e supermercados fazem várias corridas menores, menos tempo rodando vazio, mais lucro.

Detalhe, isso não sou eu que estou dizendo, são os relatos de diversos motoristas que sempre acabo conversando.

Gustavo Henrique Silva (@GustavoSilva)

Na 99 já é assim? Pois comigo é muito comum os motoristas cancelarem corridas nessa plataforma. Quanto menor a distância maior a probabilidade de cancelarem, por isso eu só uso o Uber.

anon31878329 (@anon31878329)

Cara, concordo que é uma solicitação imbecil. Mas venhamos e convenhamos, nesse caso, quem perde é só o infeliz preguiçoso. Tu ganhou a tarifa para virar a esquina e ir para a próxima corrida…

Mas concordo que esse pessoal deveria dar uma olhada no outro aplicativo, o Rappi ou Ifood…rsss

anon31878329 (@anon31878329)

Mas não vai mostrar o endereço, vai mostrar o local aproximado. Mostrar o endereço antes de estar com o passageiro seria uma falha de segurança, meu amigo.

Da mesma forma que existem passageiros desonestos, também existem motoristas. Obviamente não é seu caso, mas no caso de um motorista desonesto, ter essa informação antecipada facilitaria situações de assalto e até de falsos sequestros.

anon31878329 (@anon31878329)

Cara, desculpe, mas males do oficio. Todo trabalho tem algum “male”. Um corretor, por exemplo, também tem risco de acabar atendendo uma pessoa mal intencionada. Ao aceitar ser entregador ou motorista, podes passar por situações de que o destino não é dos amigáveis, infelizmente, afinal não vivemos em um país das maravilhas.

Porém ceder o endereço completo previamente não é a solução, desculpe, neste caso sua "solução"causa mais danos do que o problema.

O aplicativo está certo em mostrar a localidade aproximada e com base nisso o motorista decidir se vai aceitar ou não, agora o endereço completo é direito do usuário não o ter exibido previamente, não só por questões de segurança, mas até mesmo por questões de privacidade.

Achas que taxistas não passam por esse tipo de problema desde que a atividade existe? Que motoboys não passam por esses problemas? Não é a nível de aplicativo e violando a privacidade e segurança do usuário para, supostamente, melhorar a segurança do motorista, que vais resolver o problema. Este problema resolve-se cobrando os governantes de melhoria na segurança pública.

O que o aplicativo pode melhorar é sua I.A e gerar um score de risco da região onde o motorista vai e passar esse score para que o motorista decida atender ou não. Muito mais efetivo do que entregar o endereço completo do futuro passageiro para o possível motorista. Lembrando que endereço completo (Ainda mais de ponto de origem e destino) é um dado pessoal, capaz de gerar identificação de uma pessoa.

Além do mais, exibir o endereço completo também não resolveria para o lado do motorista, como relatado por muitos, quem vai para regiões perigosas, muitas vezes coloca um endereço diferente e depois que está dentro do carro, altera o destino. Ou seja, o problema não seria sanado e ainda teria-se causado um outro problema.

anon31878329 (@anon31878329)

Eu disse desde o inicio que existem pessoas mal intencionadas de ambos os lados, porém não é violando a privacidade e segurança do usuário que você vai resolver o seu problema.

Você já terá a visão da região que o passageiro irá, isso já da para auxiliar na decisão de atender ou não. Dá para melhorar? Sim, dei até uma possível forma de fazer isso, sem precisar expor ao risco o passageiro.

Você gostaria que o aplicativo fornecesse seu endereço pessoal para o suposto passageiro? Fornecesse o horário que você sai e volta para casa? Pois é meu colega, algumas questões de privacidade precisam ser respeitadas por questões de segurança.

Eu super entendo seu lado, mas fornecer o endereço de origem e destino completo do passageiro antes da corrida iniciar é um claro risco de segurança e que não resolve nada, apenas piora a situação. Graças a Deus o Uber entendeu isso e não fez tal movimento, até porque, acabaria sofrendo um belo processo em época de leis de proteção de dados.

anon31878329 (@anon31878329)

Obvio que o passageiro sabe onde está e para onde ele vai, é o endereço do passageiro, seria muito estranho eu não saber meu próprio endereço e para onde eu vou.

Agora o motorista não tem que saber todos os dados previamente, o que o motorista precisa é de informação que lhe ajude a tomar decisões, isso é resolvido com a distância a ser percorrida, região a ser atendida e um score de risco do endereço/região.

Não tem qualquer motivo para o aplicativo fornecer os dados previamente para uma corrida que não foi iniciada.

PS: Aceitar a corrida não é iniciar a corrida, você pode aceitar e cancelar muito antes de pegar o passageiro.

anon31878329 (@anon31878329)

Acho que você se perdeu, liga o GPS amigo.

Estamos falando como será a partir de agora e não de como era. Leia a matéria

imhotep (@imhotep)

IR é entre o Uber e o motorista. Mas aí a Uber usa a desculpa de que não é contratante; é só parceiro.
Tb sempre achei estranho isso na época em que só havia táxi.
Não pagam impostos?
Como declaram os ganhos?
Mesma coisa com os entregadores que dizem que fazem 3k por mês…

Qualquer ganho mensal acima de 1903$ o motorista deveria recolher o imposto via carnê leão, como autônomo.

Exibir mais comentários