Início » Celular » Xiaomi Redmi 9C é homologado pela Anatel

Xiaomi Redmi 9C é homologado pela Anatel

Anatel homologa Xiaomi Redmi 9C no Brasil; celular chinês de baixo custo tem bateria de 5.000 mAh e câmera tripla de 13 MP

Bruno Gall De Blasi Por

O Xiaomi Redmi 9C recebeu o certificado de homologação da Anatel nesta quinta-feira (23). O celular baratinho da fabricante chinesa estreado no fim de junho com bateria de 5.000 mAh, câmera tripla e versões com até 4 GB de RAM já pode ser comercializado no Brasil. Não há previsão de lançamento do smartphone no país.

Xiaomi Redmi 9C (Foto: Divulgação/Xiaomi)

O telefone recebeu o selo de aprovação pouco menos de um mês após seu anúncio oficial na Malásia. Segundo Everton Favretto, do Plantão Anatel, a Agência Nacional de Telecomunicações homologou o celular de modelo “M2006C3MG” (Redmi 9C) a pedido da DL Eletrônicos, que comercializa os smartphones da Xiaomi no Brasil.

Opção de baixo custo da marca chinesa, o celular traz tela de 6,53 polegadas com resolução HD+ (1600 x 720 pixels). Há, ainda, um discreto notch em forma de gota no display LCD para abrigar a câmera frontal de 5 megapixels, com abertura de f/2.2, para tirar selfies e fazer chamadas de voz e vídeo.

O conjunto fotográfico é triplo, com câmera principal de 13 megapixels (f/2.2), alocado em uma base quadrada no canto superior esquerdo da parte de trás. Os demais sensores possuem resolução de 2 megapixels cada um, sendo um com lente ultrawide (f/2.4) e outro para capturar a profundidade de campo.

A ficha técnica é formada pelo processador MediaTek Helio G35, chip octa-core de até 2,3 GHz, opções com RAM de 2 GB, 3 GB ou 4 GB e armazenamento de 32 GB ou 64 GB. O grande destaque fica pela bateria com capacidade de 5.000 mAh e suporte a carregadores com potência de 10 watts.

O celular foi apresentado no país asiático no fim de junho de 2020 com preço sugerido de 429 ringgit malaio (cerca de R$ 525 em conversão direta) ao lado do Redmi 9A, que já foi homologado no Brasil. Não há previsão de data e preço de lançamento do Xiaomi Redmi 9A e Xiaomi Redmi 9C no Brasil.

Xiaomi Redmi 9C é homologado pela Anatel (Foto: Reprodução/Tecnoblog)

Xiaomi Redmi 9C – ficha técnica:

  • Tela: LCD de 6,53 polegadas e resolução HD+ (1600 x 720 pixels)
  • Processador: MediaTek Helio G35 (octa-core de até 2,3 GHz)
  • RAM: 2 GB, 3 GB e 4 GB
  • Armazenamento: 32 GB e 64 GB
  • Câmera traseira tripla:
    • principal: 13 megapixels, f/2.2
    • macro: 2 megapixels, f/2.4
    • profundidade: 2 megapixels, f/2.4
  • Câmera frontal: 5 megapixels, f/2.2
  • Bateria: 5.000 mAh, carregador de 10 W
  • Conectividade: microUSB, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, Bluetooth, Wi-Fi e 4G
  • Mais: leitor de digitais na traseira
  • Dimensões e peso: 164,9 x 77,07 x 9 mm, 196 g

Com informações: Plantão Anatel

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Xico Pires (@xicopires)

Parei de ler em “…display LCD…”

@teh

Se é bem calibrado e projetado não deve ser descartado.

Sérgio (@trovalds)

Dependendo do preço que chegar. Samsung Galaxy A e M já estão saindo com AMOLED de fábrica (exceto pelos de entrada).

Aliás comprei um Galaxy A30S pra minha mãe e me surpreendi com a qualidade das câmeras e da tela. Tudo bem que não foi exatamente barato (R$ 1.399) mas em tempos de dólar acima de R$ 5 não dá pra exigir muito.

E o melhor negócio em celular esse ano foi um Galaxy A51 por R$ 1.639. Curiosamente o modelo era de 6GB/128GB, que sumiu. Agora o mesmo modelo (ou quase) sai por R$ 1.799, só que na versão 4GB/128GB. Esse eu não tive contato, foi pra minha filha que mora em outro estado. Mas segundo ela o celular “superou expectativas” por muito.

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Parei em HD+

Diego Nascimento (@Dieg0)

“… celular chinês de baixo custo …”

Eu (@Keaton)

É impressão a minha ou o pessoal acha que celular de baixo custo vai ter hardware igual os top de linha só por ser mais feio? hahaha

falando sério, gosto da cor desse do artigo, mas mds o desenho dele é horrivel…