Início » Comportamento » Jeff Bezos diz que redes sociais são máquinas de destruição de nuances

Jeff Bezos diz que redes sociais são máquinas de destruição de nuances

Bezos declarou isso após uma pergunta sobre a cultura do cancelamento nas redes sociais

Darlan Helder Por

Jeff Bezos, CEO da Amazon, é contra a cultura do cancelamento. Questionado sobre o assunto pelo deputado republicano Jim Jordan, Bezos afirmou que as “redes sociais são máquinas de destruição de nuances” e completou afirmando que a prática não é nada útil para a democracia.

Cultura do cancelamento vem de boicote a personalidades que falaram ou compartilharam ideias classificadas como “inaceitáveis”; e o mesmo vale para empresas. O “cancelamento” muitas vezes acontece nas redes sociais, sobretudo no Twitter.

Jeff Bezos: o dono da bola

A declaração de Jeff Bezos aconteceu durante a audiência na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos ontem (29). Além do chefão da Amazon, estavam presentes: Sundar Pichai (CEO do Google), Tim Cook (CEO da Apple) e Mark Zuckerberg (CEO do Facebook).

Mark Zuckerberg afirmou que ele e sua empresa continuam defendendo a liberdade de expressão. Já Tim Cook classificou que um “cancelamento rápido” é sempre benéfico. “Vocês são quatro indivíduos que têm tanta influência. Com certeza ajudaria se vocês estivessem criticando o que a turba de cancelamento está fazendo com este país”, criticou Jim Jordan.

A audiência foi marcada por questionamentos e duras críticas. “Não devemos nos curvar diante dos imperadores da economia online”, afirmou o democrata David Cicilline, líder do Subcomitê Antitruste da Câmara. Em um momento histórico, as Big Tech sofrem pressão pelo domínio no mercado, concorrência desonesta, entre outros temas.

Com informações: Business Insider e GeekWire.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Numa horas dessas faz falta Jobs vivo, seria muito interessante ele nessa audiência e Bill Gates também. Esses caras tudo juntos.

@bkdwt

Jobs largaria logo o fod*-se é diria que os “canceleiros” não sabem o que querem da vida e que a Apple iria criar um produto para os “canceleiros”.