Início » Celular » Samsung promete três anos de updates de Android para Galaxy S e Note

Samsung promete três anos de updates de Android para Galaxy S e Note

Celulares Samsung Galaxy S e Galaxy Note receberão atualizações do Android e patches de segurança por três anos

Bruno Gall De Blasi Por

As linhas Samsung Galaxy S e Galaxy Note receberão atualizações do Android por três anos. Esta é a promessa feita pela Samsung nesta quarta-feira (5), durante o evento virtual Unpacked 2020, que expande o ciclo de updates do sistema operacional do Google aos celulares premium da marca sul-coreana, a começar pelo Galaxy S10.

Samsung Galaxy S10+ com Android 10

A alteração no ciclo de atualizações aumenta a disponibilidade de novas versões do sistema operacional aos celulares Samsung Galaxy. Agora, os smartphones receberão três updates do Android, e não dois, como era feito anteriormente. Os telefones ainda contarão com patches de segurança mensais ou trimestrais por três anos.

A nova promessa da companhia já atinge a linha Galaxy S10. Isto significa que os celulares lançados em 2019 com Android 9 (Pie) receberão tanto o Android 11 quanto o Android 12 no futuro. Já o Galaxy S20 e o Galaxy Note 20, ambos anunciados em 2020 com Android 10, chegarão ao Android 13, quando esta versão estiver disponível.

Samsung Galaxy Note 20 e Galaxy Note 20 Ultra

Samsung anuncia Galaxy Note 20 e Note 20 Ultra

Os novos Samsung Galaxy Note 20 e Galaxy Note 20 Ultra foram apresentados nesta quarta-feira (5). Sucessores da linha Galaxy Note 10, os smartphones possuem ficha técnica avançada, com processador Snapdragon 865 Plus (Estados Unidos, Canadá e Coreia do Sul) ou Exynos 990 (Brasil e demais países), 5G e nova caneta S Pen.

A Samsung ainda revelou o Galaxy Watch 3, com medidor de pressão, novos Galaxy Tab S7 e Tab S7+, com tela de 120 Hz, e os fones de ouvido sem fio em formato de feijão com isolamento ativo de ruído, o Galaxy Buds Live. O Galaxy Z Fold 2, que foi oficializado com Snapdragon 865 Plus, completa a lista de anúncios do Unpacked 2020.

Com informações: Android Central

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
20 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Yago G. Oliveira (@yagogabriell)

Sinceramente, nesse sentido a gente precisa agradecer a Apple. Porque é ridículo a forma como os aparelhos Android são atualizados.

Juliano Machado Olivetti (@Juliano_Machado_Oliv)

O que era um verdadeiro desastre passou a ser “aceitável”. Na minha opinião o Google (Pixel) deveria puxar a fila agora e garantir pelo menos 4 versões, o que de certa forma obriga as fabricantes se mexerem em suas linhas.

Bruno Rocca (@Bruno_Rocca)

Eu acho que depende. Vou dar um exemplo claro como o meu… Tenho um j4, nunca liguei pra celular top de linha e nunca gastaria mais de 1000 reais num celular… O j4 foi lançado com Android 8… Foi pro 9… Já perdeu um pouco de desempenho nessa… A Samsung tá pensando em ir pro 10… Imagina a carroça que vai ficar o celular… Pra tops de linha beleza. Pra básicos nem deveria sair da versão que veio… A Apple só lança top de linha, não serve como comparação

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

O 5S e o 6 pararam no iOS 12, sendo o 5S de 2013. Porém, ainda recebem updates complementares do iOS 12. Ah, e até mesmo o iPhone 5 com iOS 10, também recebeu update complementar ano passado.

Do iphone SE em diante, todos foram para o iOS 14. O mais interessante é que nos testes com o beta, o 6S de 2015, tem apresentado performance melhor, em comparação com o iOS 13 atual.

Então essa narrativa de que atualizações prejudicam o desempenho não é uma verdade absoluta. O que prejudica o desempenho é envelhecimento da bateria e atividades que exijam mais processamento. Nesses casos não tem software que faça milagres.

Mas no geral, o iOS consegue manter melhor fluidez da interface, mesmo em aparelhos antigos.

John Smith (@john)

Espero que essa novidade, neste momento, compreenda também os aparelhos mais modestos que ela colocou nessas linhas, como meu Note10 Lite e o S10 Lite.

Três atualizações de sistema me agradam muito.

Tomara que isso puxe a banda e logo se estenda a outras linhas e fabricantes.

CAV (@cav)

Principalmente sabendo que até Galaxy J estava recebendo duas atualizações do Android, além de que muito Galaxy J estava com Android mais recente que um Galaxy S mais antigo, mas com hardware ainda superior (exemplo: Galaxy S8 com Android 9, e Galaxy J6 com Android 10).