Início » Negócios » Facebook doa R$ 14 milhões para ajudar pequenas empresas no Brasil

Facebook doa R$ 14 milhões para ajudar pequenas empresas no Brasil

Facebook promete ajudar pequenas e médias empresas em São Paulo e Brasília com aluguel e captação de novos clientes

Darlan Helder Por

O Facebook anunciou que irá destinar R$ 14 milhões para apoiar pequenas e médias empresas brasileiras que foram afetadas pela crise em decorrência da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus. Com a iniciativa, que faz parte do programa Global Grants, o Facebook espera ajudar mais de 1.200 empresas no país com custos operacionais, aluguel, oferecer suporte aos funcionários e captar novos clientes.

Facebook

Os empreendedores interessados podem fazer um cadastro no site do Programa de Subsídios para Pequenas Empresas. O Facebook definiu alguns critérios de participação. São eles: o negócio deve ter entre dois e 50 funcionários; estar em funcionamento há mais de um ano; comprovar que foi impactado pela pandemia; e a empresa precisa estar em São Paulo ou Brasília, regiões onde o Facebook tem escritório.

Questionada pelo Tecnoblog, a assessoria do Facebook confirmou que não há chances de o programa atender outras regiões, pois “como o Facebook é uma empresa que tem como foco atender comunidades, se decidiu que seria melhor oferecer a doação às comunidades onde o Facebook tem funcionários”, informou.

Para empreendedores que estão fora de São Paulo e Brasília, o Facebook diz que está oferecendo cursos e treinamentos grátis que visam ajudar pequenas e médias empresas durante a crise.

Escritório Facebook Seattle

“Estamos acompanhando de perto a crise econômica e social e as diversas histórias emocionantes de como as comunidades se uniram para apoiar seus negócios locais”, disse Conrado Leister, diretor-geral do Facebook no Brasil. “Por isso, sabemos que o fluxo de caixa é um dos problemas mais comuns das pequenas e médias empresas no Brasil e queremos fazer nossa parte para ajudar”.

O Facebook ajudará 30 mil empresas em todo mundo. Para isso, a companhia está liberando cerca de 100 milhões de dólares nesta iniciativa global. “Continuamos atentos às necessidades da comunidade e das pequenas empresas para desenvolver ferramentas que ajudem a estarem mais próximas do que é importante para elas”, ressalta Leister.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

A (@ksssskkkks)

odeio qnd big tech dá uma esmola pra tentar parecer o bom samaritano