Uma das vantagens do Linux é que volta e meia aparecem ferramentas e soluções simples para problemas que você nem sabia que tinha. Por exemplo, editar um arquivo no Google Docs: você pode optar pela edição direto na interface web, o que limita um pouco a edição do arquivo, ou usar um editor offline (como o OpenOffice ou o Gedit) e depois ter todo o trabalho de exportar o arquivo salvo para o GDocs.

É uma questão de escolha, mas não seria interessante se pudéssemos acessar os documentos do GDocs direto do Nautilus, podendo editá-los no programa predileto, com atualização automática para sua conta no Google Docs?

E é exatamente isso o que o gdocs-mount faz. Ao instalar o programa e digitar seu login do Google, o programa cria uma nova “partição” no seu Linux, que nada mais é do que a sua pasta do Google Docs. Assim, é possível criar, apagar e editar documentos localmente, usando o OpenOffice ou qualquer outro programa que você quiser.

OpenOffice | Clique para ampliar

Legal, mas como funciona a mágica?

Primeiro, precisamos adicionar um repositório ao apt e instalar um simples pacote. Se você morre de medo do terminal pode usar o Synaptic, mas acredite, é bem mais simples pelo terminal. Apenas digite os dois comandos abaixo, informando a senha do root quando necessário:

sudo add-apt-repository ppa:doctormo/ppa
sudo apt-get update && sudo apt-get install gdocs-mount-gtk

Perca o medo do Terminal; Ele não morde | Clique para ampliar

Se você já mantem seu sistema instalado, todo o processo deve durar uns dois minutos. Depois de instalado, vá no menu Aplicativos > Acessórios > Google Docs Connection. O programa vai pedir seu login do Google:

Uma vez preenchido, um novo ícone vai aparecer na sua área de trabalho, mostrando que a montagem da partição foi bem sucedida:

Ao abrir a pasta, temos todos os arquivos do GDocs disponíveis:

Se você mover um arquivo para essa pasta, ele vai "automagicamente" para sua conta do GDocs | Clique para ampliar

Aí, basta usar como se fosse uma pasta normal do sistema. Ao salvar o arquivo – seja ele um documento de texto, uma apresentação ou uma planilha -, o programa automaticamente vai sincronizar com o Gocs. Assim, se você quiser, poderá continuar editando o arquivo normalmente em outro computador.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago
aparentemente deu certo, a partição foi montada, as pastas aparecerão, mas os arquivos dentro das pastas não... Sabem me dizer se demora para ele sincronizar com o gdocs ou talvez tenha ocorrido um problema? Se alguém puder ajudar agradeço
Daniel Drumond
Muito bom, instalei e já vou testar! :D Ah, um errinho no artigo: "sincronizar com o Gocs".
Francisco
E no Windows? Você tem uma dica como posso editar um documento GDocs localmente no PC?
kylefurtado
Legal! *-*
Alisson Melo
É mais simples copiar e colar no terminal. Agora, se você quer, ou se preocupa com sua segurança, é recomendável usar a Central de programas, pois todos eles são registrados e recomendados pela Canonical. Então a questão não é a velocidade e sim a segurança. Lembrando que alguns aplicativos depois de instalados pelo terminal, causam danos no sistema. (Depende da fonte, claro.)
Alisson Melo
Pois é, o Mandriva também não.
Marco
Você não precisa mudar "a pasta de armazenamento de lugar". É virtual, como NFS. O caminho deixa de existir quando você o desmonta.
Angel
E como faz para mudar a pasta de armazenamento de lugar (a pasta meunome.documents), por exemplo armazená-la em um cartão de mémoria, e ainda ser reconhecida pelo gdocs-mount?
Guilherme Mac
"Perca o medo do Terminal" Como explicar para alguns que adicionar o repositório graficamente, depois adicionar a chave e depois ir no Synaptic (ou em qualquer gerenciador de pacotes) e clicar para instalar denota mais tempo, mais passos, que simplesmente "copiar e colar" no Terminal?
Paulo Rená
Deu certo! \o/
@mar_condes
Pena não funcionar no Kubuntu... aliás se alguém tiver uma dica. Ele deu erro porque não tinha o Nautilus, instalei, e mesmo assim depois continuou dando outro erro, filesystem initialization failed
@Trovalds
Tá, e como faz quem não usa Debian (e derivados) e quer fazer isso direto baixando os fontes (com certeza o Gentoo não tem esse pacote)?