Início » Finanças » Como investir em ações com pouco dinheiro

Como investir em ações com pouco dinheiro

Investir em ações é algo somente para quem possui muito dinheiro? Veja como é possível investir em ações com pouco dinheiro

André Leonardo Por
TB Responde

Começar a investir no mercado financeiro pode parecer um pouco intimidador, pois parece algo muito complexo para nós “meros mortais” assalariados, mas veremos como investir em ações com pouco dinheiro para ter a possibilidade de atingir uma rentabilidade maior do que a oferecida na renda fixa.

Como investir em ações com pouco dinheiro

Como investir em ações com pouco dinheiro?

Ações são menor parte de uma companhia e as empresas disponibilizam ações para que possam arrecadar mais capital para investimentos e expansões. Caso queira se informar mais sobre ações, aconselho ler nosso outro artigo: O que são ações? [Valores Mobiliários]

O que preciso para começar a investir em ações?

Antes de falar de instituições e aspectos técnicos é preciso organizar a sua vida financeira. Acabe com qualquer dívida e aí sim pense em mexer com ações.

Isso parece óbvio, mas vocês ficariam surpresos em ver o número de pessoas endividadas que pensam em entrar no mercado financeiro, achando que vão aumentar o seu patrimônio rapidamente. Não funciona dessa forma, então lembrem-se: Mercado de ações não é cassino.

É aconselhável antes de investir em ações, montar a sua reserva de emergência. Uma quantia em dinheiro referente a pelo menos seis meses a sua despesa mensal, que você possa ter acesso de forma rápida para alguma emergência. Pois quando você investe seu dinheiro em uma corretora, mesmo que escolha fazer alguma espécie de resgate de capital, o valor não fica disponível imediatamente.

Para começar a investir em ações você precisa ter uma conta em uma corretora, pois são elas que fazem o trâmite das negociações de compra e venda de ativos no mercado financeiro. Existem muitas corretoras que oferecem diversos serviços e cobram taxas diferentes.

Procure por instituições que ofereçam taxa zero na negociação de ações e outros ativos, afinal como você tem pouco dinheiro e está aprendendo a operar ações é normal que faça mais operações de valores menores e dependendo das taxas cobradas, você pode se prejudicar.

Mercado Fracionário: Invista com pouco dinheiro

A Bolsa de Valores negocia lotes padrão de 100 ações, o que pode impedir muita gente de investir. Por exemplo, em uma ação que custa 30 reais, você teria que desembolsar 3 mil para completar a negociação dessa forma. Contudo é possível utilizar o mercado fracionário, em que ao invés de comprar lotes de 100 ações, você pode comprar unidades de 1 a 99.

Para comprar uma ação fracionada, basta colocar a letra “F” no final do código de negociação do ativo que pretende comprar no Home Broker da sua corretora. Há informações mais aprofundadas neste outro artigo sobre como comprar ações fracionadas.

Pense em investir no longo prazo

O mercado de ações não é um jogo. O que fará com que sua renda aumente é o investimento constante em empresas lucrativas ao longo prazo. Por mais que existam anúncios aí pela internet prometendo alta rentabilidade em curto período, não acredite nessas “mágicas”.

Existem empresas com ações em valores dentro da realidade de muita gente. Há empresas que administram bancos com ações próximas de R$10,00, passando por geradoras de energia por preços próximos de R$40,00, existem diversos setores que você pode investir.

Mesmo que você invista um valor pequeno, o importante é ser constante. Se você só pode investir 100 reais por mês, não há problema. Procure ações de boas empresas que caibam no seu orçamento e siga o plano de investir com regularidade.

Procure acessar os sites de Relações com o Investidor (RI) das empresas que pretende investir para conhecer melhor a situação da companhia. Também é válido ler relatórios feitos por corretoras e casas de análises, lembrando que você não é obrigado a seguir a indicação de uma nenhuma delas, mas pode ser interessante ver dados de análises fundamentalistas mais organizados.

Invista, mas seja realista

Seja realista, o mercado de ações não vai fazer você ficar rico no curto prazo, principalmente se você não tem muita grana. Encare o mercado financeiro como uma forma de ter uma rentabilidade maior do que ativos de renda fixa como Caderneta de Poupança ou mesmo o Tesouro Direto. Tenha foco no seu trabalho, procure alguma forma de renda extra e tenha uma vida financeira organizada sem dívidas.

É importante lembrar que o mercado de ações sofre com variações, então é necessário preparar a sua mente( e seu coração) para isso, pois é fácil investir na euforia, quando a Bolsa está em alta, mas fique certo que em algum momento a Bolsa vai cair. Por isso é preciso estar preparado para ver parte de seu patrimônio se desvalorizar durante um período. Isso faz parte do processo de investir em renda variável,  mas se você tiver investido em boas empresas isso será temporário.

Reinvista os dividendos

Depois de investir por um tempo, você vai começar a receber dividendos das suas ações. Ao invés de retirar esse dinheiro, procure reinvestir para aumentar o volume da sua carteira. Claro que seus primeiros dividendos não serão suficientes para reinvestir em todas as ações da sua carteira, mas pode ser possível  escolher uma ou outra ação mais barata, reinvestir e ir fazendo um rodízio.

Espero que o texto tenha ajudado a mostrar que é possível investir em ações com pouco dinheiro. Se você investe ou começou a investir com pouco dinheiro, compartilhe a sua experiência com a gente.

Com informações: Portal do Investidor

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação