Início » Telecomunicações » TV aberta terá anúncios personalizados com novo padrão DTV Play

TV aberta terá anúncios personalizados com novo padrão DTV Play

No formato DTV Play do Ginga D, canais de TV digital poderão exibir publicidade direcionada e integrar app para celular

Lucas Braga Por

Uma das grandes promessas da TV digital aberta era a interatividade do espectador com a emissora, mas isso nunca funcionou muito bem: os televisores e conversores apenas recebem o sinal da programadora, sem conseguir enviar algum tipo de resposta. Com o novo padrão Ginga D, o novo formato DTV Play irá utilizar a banda larga do usuário para a conectividade. Além de melhorar a interação, a tecnologia permite que canais passem a transmitir publicidade personalizada para sua audiência.

TV 4K Samsung TU8000 Crystal UHD - Review

DTV Play integra canais com app no celular

Com o DTV Play, os canais abertos poderão integrar aplicativos com a programação da TV, desde que ambos os dispositivos estejam conectados na mesma rede Wi-Fi. Isso permite que as emissoras enviem recomendações de conteúdo, como avisar sobre a disponibilidade de outros episódios no aplicativo de streaming, por exemplo.

O que mais deve interessar às programadoras é a possibilidade de oferecer publicidade segmentada: em vez de o espectador assistir aos comerciais da transmissão tradicional, os canais poderão mostrar anúncios direcionados para o perfil do usuário. Nesse caso, os vídeos são carregados usando a conexão de internet. Além disso, a conectividade permitirá que emissoras vendam produtos e serviços durante a programação, seja pelo controle remoto ou no smartphone.

Como aponta o Mobile Time, a integração do Ginga D fica restrita ao aplicativo da emissora de TV aberta sendo transmitida no momento. Sendo assim, uma empresa pode distribuir conteúdo apenas aos próprios espectadores, mas não aos que estão sintonizados em outros canais.

DTV Play trará o fim das TVs não-smarts?

Atualmente já é difícil encontrar TVs básicas, e as opções costumam ser restritas a modelos de telas pequenas, com 32 polegadas ou menos. As novas regras do Processo Produtivo Básico (PPB) devem acelerar ainda mais a inexistência de televisões não-conectadas no mercado.

A meta estabelece que pelo menos 30% dos televisores fabricados no Brasil no ano que vem integrem o DTV Play. Em 2022, o percentual sobe para 60%, e em 2022 alcança a marca de 90%. Como o padrão Ginga D exige conexão à internet, é bem provável que todos esses novos modelos também sejam smart TVs, com suporte a aplicativos de streaming de conteúdo.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
11 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Mais um motivo para não assistir TV. E essa interatividade depender de internet fixa, em um país onde a maior parte da população tem renda mensal menor que um salário mínimo, pode esperar sentado, ou melhor, deitado.

Alex (@wuhkuh)

Tu é chato hein cara, putz, não tem um comentário teu aqui no site que não seja depreciativo, é falta de que?