Início » Finanças » Como funciona o mercado de ações?

Como funciona o mercado de ações?

Oferta e demanda; saiba como funciona o mercado de ações, sua definição, os comportamentos e os principais agentes

Leandro Kovacs Por
TB Responde

O mercado é constituído por múltiplos agentes econômicos, Governos, empresas, famílias. Veja como funciona o mercado de ações, as definições, os comportamentos e as principais decisões que afetam todo esse sistema equilibrado, fundamental para o desenvolvimento das nações.

Como funciona o mercado de ações / Markus Spiske / Unsplash

O que é o mercado?

O mercado pode ser definido pela área onde decisões sobre produção e consumo são definidas. Quando uma empresa decide investir para ampliar sua produção em 30%, previamente foi feito um estudo ou utilizada experiência anterior, para antecipar um crescimento na demanda por aquele produto.

O mercado funciona com o equilíbrio entre oferta e demanda, oferta é a capacidade de fornecer um determinado produto ou serviço, enquanto demanda é o quanto a sociedade ou mercado específico buscam aquele produto ou serviço, tendo interesse em pagar por ele.

Como funciona o mercado de ações?

O mercado de ações segue a mesma lógica do mercado em geral, porém, os produtos negociados são ações (papéis), em troca de capital (dinheiro). As empresas interessadas colocam ações de valores mobiliários, correspondente a frações de suas organizações, para venda, em troca de capital para desenvolvimento e pesquisa. 

Os compradores de ações fornecem o capital, em troca de uma rentabilidade quando a empresa de cresce, aumentando o valor de suas ações. Os papéis valorizados podem ser vendidos novamente para o mercado, e a diferença será o lucro do investidor. As relações no mercado de ações são fiscalizadas pela CVM, Comissão de Valores Mobiliários, para prevenir possíveis fraudes.

Como funciona o mercado de ações / M.B.M / Unsplash

Relação Poupador X Tomador de recursos

A pessoa que gasta menos do que tem em recursos é chamada poupador, pode ser uma pessoa física, empresa, fundo de investimento. Quem gasta além do que gera de renda, seja para fazer novas pesquisas, lançar produtos, ou cobrir um buraco no orçamento é chamado tomador de recursos. 

A relação entre esses dois agentes é a base para o funcionamento do mercado de ações. O produtor precisa de novos investimentos para crescer e vai buscar no mercado, os recursos necessários, em troca de frações dos seus negócios, para alcançar seu objetivo. 

O poupador pode ficar com seus recursos armazenados ou investir/emprestar, acreditando no crescimento de organizações, em troca de papéis negociáveis, visando lucro após um determinado período. Essa relação harmoniosa incentiva o progresso do mercado e das regiões onde estão inseridos.

Como funciona o mercado de ações / Austin Distel / Unsplash

Quais os comportamentos do mercado de ações?

O comportamento do mercado de ações é variável, por isso alguns chamam de alto risco. Esse risco vem da oscilação dos valores mobiliários pelas empresas que têm capital aberto. A alteração dos valores não é, necessariamente, de responsabilidade unicamente das organizações, até uma notícia mal apurada pode interferir na variação de valor. 

Quem atua no mercado e quais reações são possíveis?

Como falamos acima, o mercado é constituído por múltiplos agentes econômicos. Por exemplo, o Governo de um país tem influência direta sobre os valores das ações em empresas, que operam naquela região. 

Quem determina as normas e leis em vigor no país é o Governo, uma decisão que aumente a padronização sobre emissão de poluentes no ar, vai gerar mais gasto nas operações dentro do país. Aumentando os custos de produção na região, aumentam os riscos do trabalho não ser tão lucrativo, esta situação, normalmente, faz cair o valor das ações da empresa. 

O que faz valorizar os papéis de uma empresa? Uma pesquisa nova, que rendeu frutos, dando vantagem competitiva para a empresa, por um monopólio de exploração de recurso. Somente essa empresa irá lucrar com a nova descoberta, por um determinado tempo, tornando sólida a geração de lucros e protegendo o capital dos investidores.

Como funciona o mercado de ações / Rupixen.com / Unsplash

Por conta dessa sensibilidade que o mercado de ações tem, é muito importante a atuação da CVM, Comissão de Valores Mobiliários. Um investidor mal intencionado, poderia lançar informações falsas, cometendo um crime no mercado financeiro. Como existem opções de investimento por queda no valor das ações, este investidor teria muito lucro.

Outro crime que a CVM está sempre atenta é a informação privilegiada. Digamos que um diretor, de saída da empresa, vazou uma informação estratégica importante para um investidor mal intencionado, em troca de um percentual do lucro, esse investidor sabe de algo que o mercado não tem conhecimento ainda, e vai basear suas ações em uma informação ilegal.

A CVM é o órgão responsável por monitorar todas as operações do mercado, evitando esse tipo de atividade criminosa.

Esperamos ter tirado algumas dúvidas de como funciona o mercado de ações. O mercado equilibra risco com lucratividade. Bons negócios.

Mais informações: investidor.gov

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação