Início » Telecomunicações » Claro confirma lançamento de serviço de streaming com TV Box

Claro confirma lançamento de serviço de streaming com TV Box

Executivo confirma lançamento da Claro Streaming Box; Claro adotará modelo de TV paga tradicional para assinaturas da TV Box

Lucas Braga Por

A Claro confirmou o lançamento da Streaming Box, produto revelado com exclusividade pelo Tecnoblog em julho. A informação foi revelada pelo CEO da companhia, José Félix, em um evento virtual que debate o mercado de TV paga. O executivo afirmou que pretende vender o serviço com custo mais baixo que a TV por assinatura tradicional e não descarta a possibilidade da assinatura para um aplicativo.

Apresentação do Streaming Box da Claro

Claro deve vender TV Box nos moldes da TV paga

Félix não revelou data de lançamento nem detalhes sobre planos, mas afirmou que irá basear o funcionamento no modelo de TV paga tradicional enquanto a Lei do SeAC existir. Isso significa que a Streaming Box iria arcar com os mesmos impostos da NET e Claro TV DTH, como ICMS, Fust, Funttel e Condecine.

Quando houver segurança regulatória, há chance do lançamento no modelo de Serviço de Valor Agregado puro. Nesse caso, a tributação seria menor e a companhia iria arcar apenas com ISS.

De acordo com o Teletime, Félix confirmou a possibilidade de vender o set-top-box conectado e afirmou que “as pessoas querem a caixinha”, porque “a TV fica mais moderna” e “está sempre funcionando”. Com a segurança regulatória possível para operação no modelo de SVA puro, a empresa poderia lançar uma versão baseada em um aplicativo.

Claro Streaming Box para clientes de outras operadoras

Em outra ocasião, o diretor de produtos de vídeo da Claro, Alessandro Maluf, disse que pretende levar a Streaming Box para outros perfis de assinantes em outros mercados, e não descarta a venda para não-assinantes da banda larga da empresa.

As cartilhas obtidas pelo Tecnoblog informam que a Streaming Box é compatível com qualquer operadora de internet fixa, com a recomendação de velocidade mínima de 10 Mb/s para melhor experiência. O documento também afirma que a TV Box é fornecida no modelo de comodato, sem cobrança para o usuário que deve devolvê-la à operadora em caso de cancelamento da assinatura.

O documento também esclarece que a Streaming Box não pode ser contratada por assinantes da TV tradicional do grupo Claro, que devem trocar o combo ou fazer um novo cadastro. Também não é possível ter mais de um equipamento por contrato e nem aproveitar assinaturas existentes de aplicativos que não sejam a Netflix – toda a contratação precisa ser feita junto à operadora.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
16 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

E se o software da caixinha for disponibilizado como App nas lojas das TVs ?

O negócio tem tantas amarras, tanto controle, que começa a ficar incoerente.

Tu baixa o App da Claro e dará acesso a todos os canais aovivo de TV a cabo, por um preço de R$ XX.

Porém tu baixa o app da TNT, da FOX, do HBO, da GloboSat e tem o mesmo conteúdo aovivo, pagando separado, porém com outros valores individuais que se somar tudo, esses valores não vão bater…

Enquanto isso, por outro lado, a pirataria dessas caixinhas que tu paga uma mensalidade pra um criminoso também come solta.

imhotep (@imhotep)

Então o jurídico da Claro segurou a parada.

Se não vai ser vendido como serviço agregado, então provável q o preço seja na faixa dos planos de TV oferecidos atualmente. Aí, nesse caso, acho q não vale a pena.

@wellerstz

achei interessante, porém é cheio de frescuras e dificuldades pra assinar o plano, não é nada conveniente.

Guilherme da Silva Manso (@GuilhermeManso)

Acho que vai caminhar pra isso.

Rafael Moreira (@Rafael_Moreira)

Prefiro continuar com a minha Mi Box 3. Rodo os aplicativos a parte… estou aguardando o lançamento do Android TV 9, que dá suporte a conversão de DD+ para DD. Utilizo a Mi Box conectada no Home Theater, mais não posso desfrutar do áudio 5.1 da Netflix e Prime Video porque meu Home não tem suporte a Dolby digital plus.

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Caixinha pirata, além de tu alimentar o crime organizado, pagar para traficante, não tem futuro, se todo brasileiro tiver essa mentalidade desonesta, os canais não terão receita, não se sustentam e vão abandonar o pais e todo mundo sai perdendo, até os espertos que fazem essa chinelagem.

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

FOX, FOX SPORT, TNT e GLOBOSAT (SPORTTV e outros) que eu já testei, tem transmissão ao vivo dos canais, mas acredito que outros também, como ESPN e por aí a fora. O HBO realmente não tem, porém o acervo dos filmes está ali sob demanda, bem como o Telecine.

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Tu não te importa de financiar facção criminosa ? Não vou nem perder meu tempo tentando explicar como isso retorna pra ti

Esse teu comentário é referência, icone desse pensamento.
Cara, tu paga Netflix, uma TV a cabo equilibrada, um plano só do que tu precisa e tem tudo que precisa, honesto. Mas não, reclama que tudo é um absurdo de caro e vai pagar para criminoso e ter tudo quase de graça !!! Isso que é o certo !

E lá vou eu largar o clichê: É POR ISSO QUE ESSE PAIS NÃO VAI PRA FRENTE!

anon31878329 (@anon31878329)

Em suma, não tem quaisquer vantagens perante comprar uma Box TV ou Smart TV e contratar os aplicativos desejados a parte.

Rafael Moreira (@Rafael_Moreira)

O problema está no Android Oreo da Mi Box 3. Ela não converte DD+ para DD, meu Home Theater só suporta o segundo como mencionei. Para obter o áudio 5.1 só rodando o app da Netflix nativo no sistema do Home que acho horrível kkkkk.

A Mi Box S com Android Pie converte sem problemas. O jeito é aguarda…