Início » Celular » BlackBerry “volta” em 2021 em celular 5G com teclado físico

BlackBerry “volta” em 2021 em celular 5G com teclado físico

Startup OnwardMobility licenciou marca para lançar celulares BlackBerry em 2021, com direito a 5G e teclado QWERTY

Emerson Alecrim Por

Se alguém aí sente saudades dos smartphones da BlackBerry (alguém sente?), boas novas: graças a um novo acordo de licenciamento, celulares com a marca voltarão em 2021. Eles terão sistema operacional Android, suporte a 5G e, para honrar a tradição, teclado físico alfanumérico.

Foto por Aaron Yoo/Flickr

O acordo foi fechado com a OnwardMobility, startup americana que produzirá os aparelhos em parceria com a FIH Mobile, uma subsidiária da Foxconn. Isso deixa claro que, em vez de responder pelos smartphones, a BlackBerry simplesmente irá licenciar a sua marca para esses dispositivos.

Não que esse tipo de parceria seja novidade. Desde que desistiu de lançar celulares próprios, a BlackBerry licencia a sua marca para fabricantes atraídos pelo passado que a empresa teve antes de Android e iPhone dominarem o mercado.

No final de 2016, a TCL Communication apostou nisso, mas, apesar de todos os esforços, não teve sucesso: a companhia encerrou o contrato de licenciamento com a BlackBerry no começo de 2020.

Se a TCL Communication, que é uma gigante chinesa, fracassou com a parceria, o que garante que a desconhecida OnwardMobility terá sucesso? Nada. Mas a startup aposta em alguns diferenciais para os novos aparelhos BlackBerry vingarem.

Um deles — e talvez o mais importante — é o foco sobre o mercado corporativo. Faz sentido se levarmos em conta que a BlackBerry chegou ao auge justamente por direcionar seus celulares ao segmento empresarial. O teclado QWERTY que marcou a linha tinha o apelo de facilitar as respostas a e-mails, por exemplo.

A OnwardMobility vai apostar novamente no teclado físico, mas a sua abordagem para atrair clientes corporativos terá como base fatores como produtividade e segurança reforçada.

BlackBerry - CES 2020

Depois vem o 5G. O suporte a esse tipo de rede não parece ser essencial no ambiente empresarial, mas Peter Franklin, CEO da OnwardMobility, diz que já vê “muitas experiências corporativas sendo habilitadas pelo 5G”.

Não há informações sobre o hardware que os novos BlackBerrys terão, mas a startup sinaliza que podemos esperar recursos avançados. Franklin diz que “câmera de primeira linha”, por exemplo, estará presente, afinal, o foco recai sobre o ambiente corporativo, mas a experiência pessoal não vai ser deixada de lado.

Os primeiros BlackBerrys da OnwardMobility estão previstos para o primeiro semestre de 2021 na América do Norte e Europa.

Com informações: The Register, The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
12 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andre Badiani (@Andre_Badiani)

teclado fisico, não sei se e mais produtivo, hj ja estamos escrevendo via via voz, e mais ou menos falar que a nextel vai voltar com o radio a achar que vai ter cliente pra isso .

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido (@Wardz_de_souzA)

Eu podia jurar que ela tinha morrido em 2014

Uberdam Andrade (@Uberdam)

Blackberry virou zumbi tecnológico: nunca morre.

@ksio89

Deviam deixar a marca descansar em paz, melhor preservar o legado dos aparelhos Blackberry do que insistir em um novo produto que vai ser mais um fracasso comercial. O mesmo digo com a Nokia, já foi o tempo dela.

Muito improvável de clientes corporativos abandonarem iPhone ou Galaxy topo de linha por causa de teclado físico ou criptografia.

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

“Lá vem eles de novo”

Léx Ferracioli (@Lex_Ferracioli)

Teclado físico…

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

É só uma empresa qualquer que licenciou a marca

CAV (@cav)

Mas a BlackBerry verdadeira ainda está na retaguarda.
E não é só licenciar a marca. Tem diretrizes que essa empresa precisa seguir, que vai do software ao design.