Tecnoblog
Início » Gadgets » O que é DTV?

O que é DTV?

Saiba o que é DTV, a sigla que usamos para falar de televisão digital; mas esse assunto tem mais detalhes e você vai conhecer todos

É bastante simples, mais do que possa parecer: a sigla DTV (ou TVD) significa TV Digital. Uma emissora que transmite sua programação digitalmente, costuma oferecer uma ótima qualidade de sinal: em alta definição (HD). O analógico usava padrão (Standard). 

O que é DTV e HDTV

O sinal HD (high definition) — ou, em português, alta definição — possui 1920 x 1080 linhas de definição no aparelho televisor. Já o sinal SD (standard) possui 720 x 480 linhas. Quanto maior o número de linhas, maior e melhor é a definição da imagem.

Qualidade da imagem

Note que nós estamos falando da TV Digital aberta, aquela que substitui o sinal analógico dos canais de TV do Brasil, que você já conhece. A TV Digital aberta é a evolução da TV aberta analógica. Trata-se de um novo tipo de sinal de TV gratuito que os canais de televisão abertos estão oferecem e que proporciona uma imagem sem chuviscos e fantasmas e um som sem chiados. Muda toda a experiência de ver TV.

  • HDTV – High Definition Television: o formato digital faz a transmissão com a nitidez e formato de tela widescreen, de proporção 16:9, como as telas de cinema; 
  • SD – Standard: o formato analógico usava a proporção 4:3, menor campo visual; 

Som em alta definição

O som também dá um salto de qualidade com a mudança, trazendo a possibilidade de ter, no conforto da sua casa, um som de cinema (desde que você tenha um bom equipamento). Enquanto a TV analógica trabalhava com um canal (mono) ou dois canais (estéreo) de áudio, a TV digital suporta até seis canais, o chamado Dolby Digital.

Preciso mudar de televisão para receber o sinal?

Não, mas você precisa saber identificar qual é a sua TV e se ela recebe sinais digitais.

Com a DTV, você pode ver seus programas com mais nitidez pois, na TV Digital aberta do Brasil, a imagem é em alta definição (HD) — não importa se o seu televisor é de tubo ou se já é um desses aparelhos mais modernos, com tela de LCD, plasma ou de LED.

Se o seu televisor é um modelo mais recente, fabricado a partir do ano 2010, provavelmente já tem o conversor digital embutido. Você precisará, apenas, de uma antena UHF. Mas, caso seja fabricado antes de 2010 ou se ainda é uma TV de tubo, você precisa comprar um conversor digital e também uma antena UHF (ou uma TV nova).

Vantagem financeira da DTV

Se você mantinha uma assinatura de TV a cabo só para conseguir assistir canais abertos da TV sem chuviscos, pode investir apenas numa TV ou no kit conversor + antena UHF.

A TV digital aberta brasileira tem, também, o que chamamos de a vantagem da mobilidade. Trata-se de um recurso que permite assistir à televisão no celular ou no tablet (em modelos compatíveis, claro), no carro ou em outro dispositivo portátil.

Por isso, temos ônibus e trens com sinal de TV digital. Isso permite que os passageiros acompanhem uma programação sem perder a qualidade por causa do movimento.

No Brasil, o sinal móvel para TV digital também é grátis e transmitido também pelas próprias emissoras abertas com a tecnologia 1 Seg, ideal para dispositivos portáteis com telas pequenas. Já nos Estados Unidos e nos países da Europa as pessoas devem pagar para assistir à TV no celular ou em outro aparelho móvel, por outros métodos.

Multiprogramação digital

Pouco explorada no Brasil, além do sinal digital, a DTV também permite o uso da multiprogramação, disponível nos canais de emissoras públicas de TV. Na prática, permite a transmissão de programações distintas em um mesmo canal de TV digital aberta, mas usando sub-canais. Ou seja, no mesmo horário, a TV pode exibir diferentes programas, em um único canal. Ventilaram-se alguns ensaios, mas pouco se fala dela.

Pronto, agora você já saber o que é uma DTV.

Com informações: DTV.org.br

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação