Início » Computador » Apple é processada por falha “flexgate” na tela do MacBook Pro

Apple é processada por falha “flexgate” na tela do MacBook Pro

Ação coletiva é movida contra a Apple nos Estados Unidos devido à falha “flexgate” na tela do MacBook Pro

Bruno Gall De Blasi Por

A Apple é alvo de uma ação coletiva devido à falha “flexgate” na tela do MacBook Pro. Aberto nesta quarta-feira (19) no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Norte da Califórnia, o processo alega que a companhia norte-americana tinha conhecimento do problema que originou o defeito no notebook e busca a reparação pelos danos causados pelo incidente.

Apple é processada por falha "flexgate" na tela do MacBook Pro

Segundo o processo apresentado nesta semana, “a Apple estava ciente dos problemas com a tela retroiluminada e o cabo flex com defeito, à luz dos comentários postados pelos consumidores no fórum de discussão da Apple e que esses comentários foram excluídos depois de postados”.

“Apesar dessas reclamações, a Apple não tomou medidas até maio de 2019 ou por volta dela para corrigir o cabo flex com defeito no MacBook Pro – e apenas para o modelo MacBook Pro 2016 de 13 polegadas”, diz o processo, que também espera que a Apple seja obrigada a identificar e a declarar os computadores atingidos pela falha.

A ação judicial retorna a um problema do MacBook Pro com Touch Bar descoberto em 2018. Na época, proprietários de notebooks da Apple lançados a partir de 2016 se queixaram de uma falha que afetava a retroiluminação da tela LCD causada pelo cabo flex, que podia ser facilmente quebrado ao abrir e fechar o computador portátil.

Conforme descoberto em março de 2019, a Apple tentou corrigir a falha ao incluir um cabo flat mais longo no MacBook Pro de 2018. A companhia se manifestou sobre o caso em maio de 2019, quando começou a oferecer o reparo gratuito para as unidades do notebook de 13 polegadas, lançadas em 2016, com duas ou quatro portas Thunderbolt 3.

Esta, porém, não é a primeira vez que a Apple encara um processo em consequência do incidente. Em maio, outra ação coletiva foi aberta nos Estados Unidos para expandir o programa de reparo ao MacBook Pro de 15 polegadas e reaver os custos de manutenção para consertar os computadores afetados pelo problema.

Com informações: AppleInsider e MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Isso acontece muito com TVs caras da LG e a maioria dos usuários nem percebe direito e fica por isso mesmo…