Início » Finanças » O que é um fundo de investimento?

O que é um fundo de investimento?

Opção é adequada para diversos perfis de investidores; conheça as características de um fundo de investimento

Luiza XavierPor
TB Responde

Um grupo de pessoas se reúne com o objetivo de investir seus recursos em conjunto. Essa é a principal definição sobre o que é um fundo de investimento. Para tornar viável o coletivo, o grupo terá de escolher um administrador, que ficará responsável pela escolha das melhores aplicações e pelo acompanhamento dos investimentos realizados. Conheça neste artigo outras características de um fundo de investimento.

Um dos tipos mais comuns de aplicação financeira no país, o fundo é uma estrutura formal de investimento coletivo. Nesta modalidade, diversos investidores – chamados de cotistas – juntam seus recursos para investir em conjunto no mercado financeiro.

As  carteiras ou cestas de investimento, outras denominações para este tipo de aplicação, são formadas sob o modelo de condomínio. Em sua composição podem haver títulos públicos, títulos de renda fixa, ações, derivativos, commodities e, até mesmo, cotas de outros fundos.

No país, os fundos de investimento somam patrimônio de aproximadamente R$ 5,2 trilhões. Os dados foram levantados pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) e se referem a agosto de 2019.

Como funciona

O funcionamento dos fundos tem de obedecer a normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a um regulamento próprio.

Neste documento são estabelecidas as regras relativas ao objetivo, à política de investimento, aos tipos de ativo negociados, aos riscos envolvidos nas operações, às taxas de administração e outras despesas do fundo. Também no regulamento fica definido seu regime de tributação e outras informações relevantes.

Os gestores são os profissionais responsáveis por gerar rentabilidade e controlar o risco da carteira. Eles acompanham diariamente os recursos do fundo, avaliando opções, cenários, além dos acontecimentos políticos e econômicos que podem ter impacto sobre os investimentos.

Embora tenham independência para tomar decisões de investimento com o dinheiro dos cotistas, esses profissionais precisam respeitar o que está estabelecido no regulamento do fundo.

No entanto, a instância máxima de para tomar as decisões sobre um fundo é a Assembleia Geral dos Cotistas. Nesta reunião entre os cotistas são debatidas e tomadas decisões estratégicas relacionadas à gestão ou administração dos investimentos.

Tipos de fundo de investimento

Se você já está perto de enviar uma mensagem para a corretora indicada pelo seu primo e começar a investir em um fundo via homebroker, aguarde mais um pouco, Antes de assinar qualquer contrato nesse sentido, é preciso saber que há dois tipos principais de fundo de investimento.

Eles estão organizados sob a forma de condomínios abertos ou fechados.

Os fundos abertos são aqueles em que os investidores podem solicitar o resgate de suas cotas a qualquer momento. Ou seja, é permitida a entrada de novos cotistas ou o aumento da participação dos antigos a partir de novos investimentos, bem como a saída de cotistas, por meio de resgates de cotas. 

Já nos fundos fechados, as cotas são resgatadas apenas ao final do prazo de duração do fundo. Não é permitida, portanto, a entrada nem a saída de cotistas. Depois do período de captação de recursos, não são admitidos novos cotistas nem novos investimentos pelos antigos cotistas. Existe, porém, a possibilidade de abertura de novas fases de investimento, conhecidas no mercado como as famosas “rodadas de investimento”. 

Com informações: Portal do Investidor

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação