Início » Celular » Apple estaria testando iPhone 12 Pro Max com tela de 120 Hz e LIDAR

Apple estaria testando iPhone 12 Pro Max com tela de 120 Hz e LIDAR

Imagens de unidades de testes do iPhone 12 Pro Max mostram opções para ativar tela de 120 Hz e scanner LIDAR

Bruno Gall De Blasi Por

O iPhone 12 Pro Max pode trazer tela de 120 Hz e scanner LIDAR em 2020. De acordo com capturas de tela reveladas por Jon Prosser nesta terça-feira (25), pelo Twitter, a Apple está testando os recursos do iPad Pro no sucessor do iPhone 11 Pro Max. O celular deve ser anunciado nos próximos meses ao lado do iPhone 12, 12 Max e 12 Pro.

Captura de tela mostra opção para ativar tela de 120 Hz em unidade de testes do iPhone 12 Pro Max (Foto: Reprodução/Twitter/Jon Prosser)

As imagens foram registradas em uma unidade de testes do celular e requentam rumores anteriores sobre a tela de 120 Hz. Em um dos screenshots divulgados, é possível observar uma opção para ativar o recurso (“Enable High Refresh Rate”) nas definições do sistema.

Há, também, uma configuração para habilitar a taxa de atualização adaptativa (“Enable Adaptive Refresh Rate”). A opção, conforme mostra a captura de tela, alterna a frequência entre 60 Hz e 120 Hz de acordo com o conteúdo exibido no display.

Segundo Prosser, nem todos os protótipos do iPhone 12 Pro Max possuem tela com taxa de atualização de 120 Hz. “Alguns modelos PVT [“production validation test”, isto é, unidade de teste] são equipados com 120 Hz, e outros não (como observado nas imagens)”, explica em um tweet publicado no mesmo dia.

Captura de tela mostra opção para ativar scanner LIDAR em unidade de testes do iPhone 12 Pro Max (Foto: Reprodução/Twitter/Jon Prosser)

Já a outra captura de tela dá novas pistas sobre a presença do scanner LIDAR do iPad Pro 2020 no próximo smartphone da Apple. Em uma das imagens, é possível encontrar a opção “Enable LiDAR CA” para habilitar o recurso, que mede a distância dos objetos no ambiente.

Ainda nesta terça-feira (25), as mesmas configurações para ativar a tela de 120 Hz foram apresentadas em fotos publicadas no perfil do Twitter do canal do YouTube EverythingApplePro. Mais tarde, outras imagens revelaram que a variante mais avançada do telefone terá tela de 6,7 polegadas com resolução de 2788 x 1284 pixels.

Unidade de testes do iPhone 12 Pro Max possui opção para ativar tela de 120 Hz (Foto: Reprodução/Twitter/EverythingApplePro)

Unidade de testes do iPhone 12 Pro Max possui opção para ativar tela de 120 Hz (Foto: Reprodução/Twitter/EverythingApplePro)

Segundo a Apple, os sucessores do iPhone 11 serão lançados em 2020 com atraso de “algumas semanas”. A expectativa é que os novos smartphones cheguem ao consumidor com quatro edições, mudanças no visual e cabo Lightning reforçado, mas sem carregador e sem fones de ouvido na caixa.

Não há previsão de data e preço de lançamento da linha iPhone 12 no Brasil.

Com informações: Jon Prosser, EverythingApplePro (1 e 2) e MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Isso é recente? Não é estranho já quase em setembro a Apple ainda não ter fechado o escopo do que vai ou não usar no aparelho que será lançado daqui tão pouco tempo (mesmo com o atraso de algumas semanas)?

João Luiz G (@Joao_Luiz_Gomes_Silv)

Sem carregador, imagina o suporte…
Usuário: …meu iPhone 12 não liga…
Suporte: Senhor, você usou o carregador original da Apple?
Usuário: Nao, não veio com carregador
Suporte: Desculpe senhor, a garantia foi violada.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Não sei os outros, mas todos que conheço, incluso eu, tem mais de 3 carregadores e cabos. Não acho que isso será um problema, na verdade vai ser uma tendência de mercado, muito endossada pela UE.

Querendo ou não, o futuro será carregamento wireless. Você compra uma base, que pode carregar todos os dispositivos e vai durar muito mais. E existem muitas opções legais no estilo suporte veicular, já com Qi.

A própria Apple tem patente de um MacBook com Qi, para carregar outros dispositivos. Aliás, muito provavelmente seja já com o novo design que também vazou em uma patente recentemente. Geralmente essas patentes só saem depois, mas o pessoal do patently Apple achou por acaso.