Início » Negócios » Apple impede Facebook de avisar usuários sobre taxa da App Store

Apple impede Facebook de avisar usuários sobre taxa da App Store

Alerta seria exibido para usuários do iOS em novo recurso de lives pagas da rede social, porém "violaria as diretrizes" da loja da Apple

Ana Marques Por

A Apple impediu o Facebook de exibir um alerta sobre a taxa coletada pela App Store no novo recurso de eventos online pagos da rede social. O aviso seria exibido a usuários do iOS. No Android e na web, o Facebook utiliza seu próprio método de pagamentos, o Facebook Pay, para processar transações – que ficam livres dos descontos de 30%.

Facebook no iOS / Foto por Thomas Ulrich/Pixabay

De acordo com a Reuters, o Facebook teria informado que a Apple proibiu o alerta por supostamente violar uma regra da App Store relacionada à exibição de informações “irrelevantes” aos usuários.

Com o aviso (imagem abaixo), o Facebook pretendia explicar aos profissionais e ao seu público para onde estavam indo os 30% descontados dos ganhos com o recurso de lives pagas. Cabe lembrar que a rede social abriu mão de suas próprias taxas para repassar a receita adquirida inteiramente aos usuários, visando ajudar pequenas empresas e autônomos que foram impactados pelas crises econômica e sanitária dos últimos tempos.

Facebook - live paga

Ainda segundo a Reuters, o Facebook teria pensado em avisar aos usuários de Android que a Play Store abriu mão das taxas. No entanto, a mensagem também não apareceu nos apps do sistema operacional do Google.

Em uma crítica aberta às taxas da Apple, a rede social apelou para que a empresa reavaliasse sua política, em favor das pessoas mais necessitadas. No entanto, a gigante de Cupertino, manteve-se firme em sua postura de não abrir exceções.

A Apple vem sendo acusada por várias empresas, como a Microsoft e o Spotify, de realizar práticas “anticompetitivas” – além de estar em batalha judicial com a Epic Games após a violação das políticas com o jogo Fortnite. Recentemente, uma juíza proibiu a Apple de banir o Unreal Egine, motor gráfico da Epic, de suas plataformas, alegando que seria retaliação e poderia prejudicar apps e desenvolvedores terceiros.

A Apple ainda não se pronunciou sobre a proibição dos avisos sobre a taxa de 30% no app do Facebook.

Com informações: Reuters

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
13 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego M. Viegas (@Diego_Viegas)

Eita, Apple tá arrumando treta com todo mundo ultimamente…

⠀ (@mdcosta)

Não espero a hora de ter uma investigação antitrust do governo americano em cima da Apple. Assim como fizeram com a Microsoft nos anos 90.

Guilherme Macêdo da Cruz (@guyilherme)

Só as empresas começarem a limitar os Apps no iOS e o Facebook tomar vergonha na cara e melhorar o Instagram pra Android.

Ecliptor (@ecliptor)

Mas qual a dificuldade dessas empresas em cobrar 30% a mais na venda feita na plataforma da Apple e fora da plataforma o valor sem os 30%? Só isso já mudaria o comportamento dos usuários.

² (@centauro)

Pelo que dizem, os termos de uso da App Store não permitem essa diferenciação.
Então o preço que você cobra na App Store tem que ser o mesmo que você cobra fora dela.

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Complementando o que o @centauro falou, caso você opte por não usar a plataforma de pagamentos da Apple, também não poderá sequer mencionar, em nenhum lugar dentro do app, que é possível assinar/comprar por fora…

Ecliptor (@ecliptor)

Não podem nem criar um link no app, para um site externo com essa informação?
Com essa política da Apple tá ficando difícil mesmo.

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Não pode, isso também viola as regras.

@teh

Ta mais que na hora de ter uma investigação anti trust na apple. Isso que ela ta fazendo é demais de exagerado. Nem poder citar ou cobrar for uma taxa menor é ridículo…

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Você é roubado e nem é avisado, parece até o governo brasileiro

Eu (@Keaton)

Isso tem um nome: ganancia.

Quanto mais dinheiro eles tem, mais eles querem tirar dos outros. Inclusive de quem precisa muito mais…

J (@iaiodawoijdw)

Apple proibiu o alerta por supostamente violar uma regra da App Store relacionada à exibição de informações “irrelevantes” aos usuários.

Hum…

Eduardo Soares (@Eduardo_Soares)

Cada dia mais me alegro por não dar 1 centavo a Apple, que empresa cretina.

Fredson N Sousa (@fnsousa)

O congresso já está em cima das empresas de tecnologia lá nos EUA, daqui a pouco vai aparecer um processo de antitruste contra a Apple

Eu (@Keaton)

Se isso acontecer, os Appletards vão “a loja/o sistema é da Apple, ela faz o que quiser”.