Início » Telecomunicações » AT&T tenta vender DirecTV, controladora da Sky no Brasil

AT&T tenta vender DirecTV, controladora da Sky no Brasil

DirecTV tem valor de mercado abaixo de US$ 20 bilhões após perdas constantes de assinantes; operadora é dona da Sky no Brasil

Lucas Braga Por

A operadora americana AT&T está procurando compradores para a DirecTV, seu braço de TV paga via satélite. A tentativa de venda ocorre após alta no cancelamento de acessos, e impacta o Brasil de certa forma: a DirecTV é dona da Sky, que é a segunda maior operadora de TV no país e também vende serviços de banda larga fixa através de rede 4G.

Fachada de loja da AT&T. Foto: Tdorante10/Wikimedia Commons

De acordo com a Bloomberg, a operadora mantém conversas sobre a venda com fundos de investimento. O negócio não necessariamente envolveria a totalidade das ações, e a AT&T poderia continuar como sócia minoritária. A venda da companhia iria melhorar os resultados financeiros do conglomerado, que perdeu cerca de 7 milhões de assinantes desde o segundo semestre de 2018.

Além disso, fontes do Wall Street Journal apontam que a DirecTV tem valor de mercado abaixo de US$ 20 bilhões, bem distante dos US$ 49 bilhões pagos pela AT&T em 2015. A migração para serviços de streaming e os preços crescentes do serviço de TV paga tradicional impulsionam o mau desempenho.

Continuar no mercado de TV por assinatura é importante para o modelo de negócios da AT&T: a empresa também é dona da Time Warner, que controla empresas como Warner Channel, HBO, Cartoon Network, CNN e Boomerang. A companhia também atua no mercado de TV por assinatura via streaming através do DirecTV Now.

AT&T é dona da DirecTV, que é dona da Sky no Brasil

Qualquer negócio que envolva a DirecTV acaba impactando o Brasil, uma vez que o grupo é dono da Sky, que conta com cerca de 4,6 milhões de assinantes de TV por assinatura (quase 30% de todo o mercado) e 225 mil acessos de banda larga fixa com tecnologia 4G.

A Sky também vem perdendo clientes no Brasil: em um ano a operadora desconectou cerca de 400 mil assinantes de TV por assinatura. A empresa cogita comprar os ativos de TV paga da Oi por R$ 20 milhões.

Além do Brasil e Estados Unidos, a DirecTV mantém operações na Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru, Uruguai, Venezuela e algumas ilhas caribenhas.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

“Além disso, fontes do Wall Street Journal apontam que a DirecTV tem valor de mercado abaixo de US$ 20 bilhões, bem distante dos US$ 49 bilhões pagos pela AT&T em 2015.”

Já sabemos o que vai acontecer com quem comprar. Kkkkk

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Eu assinaria uns 4 ou 5 canais de TV paga por um preço justo, mas tem de assinar um pacote enorme pra ter os canais que quer, então fico sem ver aqueles programas e gasto meu tempo no netflix mesmo.

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Isso aí virou uma bomba. Os corajosos que comprarem vão ter que fazer mágica pra fazer dar certo (se é que tem como hoje em dia)…