Início » Aplicativos e Software » Firefox 79 para Android é mais moderno, mas tem gerado queixas

Firefox 79 para Android é mais moderno, mas tem gerado queixas

Usuários do novo Mozilla Firefox para Android reclamam principalmente da falta de extensões

Emerson Alecrim Por

Lançado oficialmente na última semana de agosto, o Firefox 79 para Android trouxe mudanças significativas em relação à versão anterior. Pudera: o navegador ficou mais de um ano sem atualizações. O problema é que as novidades, que envolvem principalmente a interface, deixaram muitos usuários descontentes. Nas redes sociais e em fóruns, as reclamações só crescem.

Firefox para Android

Por razões um tanto óbvias, o Google Chrome é o navegador mais popular entre usuários de Android. Mas a Mozilla se esforça para tornar o seu browser mais relevante na plataforma. Esse trabalho fez a organização pausar as atualizações rotineiras do Firefox para Android e direcionar os esforços de desenvolvimento a uma versão mais moderna.

É por isso que o Firefox para Android pulou da versão 68, lançada em julho de 2019, para a 79. A nova versão trouxe interface mais limpa, barra de endereços movida para a parte inferior (mas é possível configurá-la para a parte superior), reforço de privacidade (como a proteção contra rastreamento), modo escuro sincronizado com ativação desse recurso no Android e desempenho aprimorado graças ao novo motor GeckoView.

O grande destaque vai para o modo Coleções, que permite marcar páginas para serem acessadas mais tarde, útil para quando você quer conferir um conteúdo com mais calma, por exemplo.

De modo geral, são novidades bem-vindas. Então, qual o problema? A maior parte das queixas diz respeito à perda de extensões. O novo Firefox para Android tem suporte a esse recurso, mas com mudanças técnicas para evitar degradação do desempenho. O efeito disso é que pouquíssimas extensões são compatíveis com a versão 79.

Usuários também têm reclamado da remoção do about:config (modo que dava acesso rápido a um série de configurações do navegador), de falhas relacionadas ao Firefox Sync, de problemas na alternância entre guias abertas, entre outros.

Talvez a Mozilla estivesse esperando que as mudanças trouxessem queixas, mas não tantas. De todo modo, espera-se que a “pressão” faça os principais problemas serem resolvidos.

Há chances de que o about:config volte em algum momento, por exemplo. Além disso, a Mozilla já trabalha para permitir que um número muito maior de extensões fique disponível — por ora, há apenas nove liberadas para a versão 79. Só não está claro quando isso acontecerá.

Com informações: Android Police.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
13 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Henrique Picanço (@HenriquePicanco)

A única coisa que me chamou a atenção, neste novo Firefox, foi a Mozilla ter efetivado uma mudança que o Chrome chegou a testar, mas nunca tornou-se oficial: A barra de endereço na parte de baixo. Era muito melhor! Sinto uma falta disso no Chrome e seus clones.

Ainda não sei se um dia conseguirei adaptar meu workflow para o Firefox (prefiro usar o mesmo navegador tanto no desktop quanto no celular), mas a Mozilla deu um passo importante para isso - mesmo que tenham problemas nesta primeira versão, o que era esperado.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

a tela de troca de abas têm sido muito irritante.
E atualizar a pagina ao puxa-la para baixo é uma coisa tão simples que ainda não foi implementada.

@wellerstz

é a única coisa que sinto falta ao usar o firefox

RenkinHagane (@RenkinHagane)

Eu até gostei dessa versão, mas ainda falta muita coisa para ter as mesmas opções e vantagens que o antigo proporcionava a muitos que hoje se queixam sobre o app.

Andrey Nering (@andrey)

Sempre tem os que vão reclamar…

Tenho usado esse Firefox novo a meses através da release de preview e acho ele muito superior a antes, principalmente em questão de performance.

Parabéns Mozilla!

@FastSloth87

Só o atalho pra nova aba anônima ( ͡° ͜ʖ ͡°) direto do menu de atalho do ícone já vale o update (que dificuldade pra falar long press menu em Português!!). Já uso faz tempo no Preview (que mudou pra Nightly) e uso poucas extensões (uBlock e Dark Reader), q felizmente estão lá.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Poderiam ter lançado uma versão paralela deve e mantido a antiga como tava, sinto falta das extensões, não tenho mais motivo pra usar ele por enquanto.

ochateador (@ochateador)

Algums problemas extras:

acesso ao autocompletar de sites já visitados não foi mantido (simplesmente limpou tudo) abrir uma nova aba é confuso, parece que fizeram de propósito para as pessoas não usarem mais que uma aba consultar as abas abertas é confuso conferir e navegar entre as abas abertas é confuso
Felipe Lima (@felipe81727290201)

principalmente leveza

Felipe Lima (@felipe81727290201)

ficou muito travado! o jeito é deixar instalado a versão anterior!

Felipe Lima (@felipe81727290201)

so deixar instalado a versão antiga via APK

Carlos Pacheco (@carlospachecool)

Foi uma atualização severa, fazia tempo que não via isso. Foi algo como o Windows Vista, chegou chutando tudo com o sistema refeito e acabou sendo apenas “bonito”.

Não é possível configurar uma página inicial específica, é difícil de configurar um buscador como o duckduckgo por exemplo, é mais complicado fechar todas as abas abertas quando fecha o navegador, não é mais simples acessar os favoritos, não existe mais uma aba para os downloads, mataram praticamente o forte do navegador que eram as extensões, agora só tem meia dúzia.

Nossa são inúmeras coisas que ninguém gostou, o rating do Firefox no Google Play após a atualização é de 2/5…

Espero que a Mozzila consiga equilibrar novamente as coisas, foi algo muito antecipado, a transição deveria ter sido diferente. Enfim, que seja feito os ajustes e espero que sirva de lição. O Firefox não é um navegador que pode cometer falhas como estas, se não o Chrome e seus clones vão pegar todo o mercado de vez.

Carlos Pacheco (@carlospachecool)

Removeram as abas na versão para tablets… Isso foi sinistro de ver.

Alberto Prado (@Alberto_Prado)

menu de ícone

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Ou seja, tenho de recorrer a um apk de origem duvidosa, não custava terem mantido o oficial na play store.