Início » Cultura » 10 séries brasileiras para assistir na Netflix

10 séries brasileiras para assistir na Netflix

O streaming tem investido nas produções nacionais no Brasil e selecionamos 10 séries brasileiras para você maratonar na Netflix

Paula Alves Por

Desde 2016, quando estreou 3%, a primeira série nacional original Netflix, o serviço de streaming tem investido em diversas produções do Brasil, de gêneros e temáticas diferentes. Confira uma lista com sinopses e trailers de 10 séries brasileiras que agradam aos mais diferentes gostos e são perfeitas para você maratonar na Netflix.

10 séries brasileiras para assistir na Netflix

1. Coisa Mais Linda

10 séries brasileiras para assistir na Netflix / IMDB / Divulgação

Com duas temporadas lançadas, Coisa Mais Linda se passa durante a década de 60, no Rio de Janeiro. Na trama, acompanhamos a amizade entre quatro mulheres inteligentes e destemidas que buscam liberdade em meio a sociedade machista daquela época.

  • Direção: Caíto Ortiz, Hugo Prata e Julia Rezende
  • Ano: 2019
  • Episódios: 13 (2 temporadas)
  • Atores:  Maria Casadevall, Pathy Dejesus, Fernanda Vasconcellos e Mel Lisboa

2. 3%

 

Uma série de ficção científica, 3% se passa em um mundo distópico de extrema miséria. Em sua trama, acompanhamos um grupo de jovens que se enfrentam em uma competição, em que apenas os 3% escolhidos mudarão de vida para sempre.

  • Direção: César Charlone, Daina Giannecchini, Dani Libardi e Jotagá Crema
  • Ano: 2016
  • Episódios: 33 (4 temporadas)
  • Atores: João Miguel e Bianca Comparato

3. Boca a Boca

10 séries brasileiras para assistir na Netflix / Netflix/ Divulgação

Para maiores de 18 anos, Boca a Boca se passa em uma cidade rural e bastante conservadora do Brasil. Sua história começa quando após uma festa, um vírus transmitido através do beijo espalha uma doença misteriosa entre os jovens da comunidade.

  • Direção: Esmir Filho e Juliana Rojas
  • Ano: 2020
  • Episódios: 6 (1 temporada)
  • Atores: Caio Horowicz, Iza Moreira e Denise Fraga

4. Super Drags

10 séries brasileiras para assistir na Netflix / Netflix/ Divulgação

Com trilha sonora de Pablo Vittar (que também dá voz a Goldiva), Super Drags é uma série brasileira de animação adulta da Netflix. Nela, três amigos drags e super-heroínas precisam enfrentar uma vilã que está roubando o highlight, a energia vital dos gays.

  • Direção: Anderson Mahanski
  • Ano: 2018
  • Episódios: 5 (1 temporada)
  • Atores: Pabllo Vittar e Silvetty Montilla (dubladores)

5. Sintonia

Criada e dirigida por Kondzilla, Sintonia se passa na favela do Jaguaré, em São Paulo, e já teve sua segunda temporada confirmada. A série mostra os caminhos que três amigos da comunidade enfrentam ao se envolverem, cada um, com o funk, a religião e o narcotráfico.

  • Direção: KondZilla
  • Ano: 2019
  • Episódios: 6 (1 temporada)
  • Atores: Jottapê, Christian Malheiros e Bruna Mascarenhas

6. Irmandade

10 séries brasileiras para assistir na Netflix / Netflix/ Divulgação

Com uma trama que debate o que de fato é justiça, Irmandade conta a história de uma advogada que se vê moralmente dividida, ao retomar os laços com seu irmão detento para desmanchar a facção criminosa que ele comanda.

  • Direção: Pedro Morelli
  • Ano: 2019
  • Episódios: 8 (1 temporada)
  • Atores: Naruna Costa e Seu Jorge

7. Reality Z

10 séries brasileiras para assistir na Netflix / Netflix/ Divulgação

Inspirada na série britânica Dead Set, do criador de Black Mirror, Reality Z se passa durante um apocalipse zumbi em terras cariocas. Em meio ao caos, os participantes de um reality show tentam se esconder nos estúdios da emissora, mas será difícil escapar do mundo lá fora.

  • Direção: Cláudio Torres
  • Ano: 2020
  • Episódios: 10 (1 temporada)
  • Atores: Ana Hartmann e Guilherme Weber

8. O Mecanismo

10 séries brasileiras para assistir na Netflix / Netflix/ Divulgação

Série ficcional livremente inspirada na Operação Lava Jato, O Mecanismo mostra como as investigações de um ex-delegado da Polícia Federal resultaram na descoberta de um dos maiores escândalos criminais do país, envolvendo lavagem de dinheiro e corrupção.

  • Direção: José Padilha, Felipe Prado e Marcos Prado
  • Ano: 2018
  • Episódios: 16 (2 temporada)
  • Atores: Selton Mello, Carol Abras e Enrique Díaz

9. Samantha!

Leve e divertida, Samantha! é um prato cheio para os amantes dos anos 80. A série conta a história de uma estrela mirim da TV, que 30 anos após o fim de seu programa caiu no ostracismo. Com a ajuda da família, ela tenta voltar ao show business, mas alcançar a fama novamente não será fácil.

  • Direção: Luis Pinheiro e Julia Jordão
  • Ano: 2018
  • Episódios: 14 (2 temporadas)
  • Atores: Emanuelle Araújo, Douglas Silva e Daniel Furlan

10. Onisciente

10 séries brasileiras para assistir na Netflix / Netflix/ Divulgação

Onisciente é uma das séries brasileiras da Netflix de ficção científica e segue os passos de Nina, uma garota que mora em uma cidade que conta com um sistema de segurança de drones para cada cidadão. Quando seu pai, no entanto, é assassinado, e seu drone não registra o que aconteceu, ela começa a investigar o ocorrido por conta própria.

  • Direção: Isabel Valiante e Júlia Pacheco Jordão
  • Ano: 2020
  • Episódios: 6 (1 temporada)
  • Atores: Carla Salle e Sandra Corveloni

E você, já assistiu alguma destas séries brasileiras da Netflix? Em 2019, a plataforma anunciou que iria investir R$ 350 milhões em produções originais, englobando séries, filmes e também documentários. Ou seja, ainda vem muito mais coisa boa por aí!

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Curti demais 3%, Sintonia e O Mecanismo.

Fiquei interessado nessa Onisciente. É boa?

JulioCampos (@juliocesar)

Dessa lista, só assisti a primeira temporada de Coisa Mais Linda. Interessante ver o nascimento das favelas, a elegância das mulheres da época, a corrupção, o conservadorismo e o jeitinho brasileiro que estão aí até hoje, firme e forte.

Adriano Garcez (@Adriano_Garcez)

Achei Sintonia bem ruim, Samantha é mais ou menos. Abandonei Coisa Mais Linda na metade da primeira temporada, mas devo retornar. O que mais me incomoda é ter “glamour” demais para o RJ, além de parecer uma cidade fria demais.

Boca a Boca é muito boa. Nível técnico altíssimo. Irmandade e Mecanismo são excelentes. O resto preciso dar uma conferida.

Orley Tadeu de Lima (@orley_sc)

Deixa eu aproveitar o momento e indicar também a mini série chamada Crisálida que trata do dia-a-dia de pessoas com que convivem com surdez. É muito legal a série.

Diego M. Viegas (@Diego_Viegas)

Das que eu assisti:

Coisa Mais Linda: gostei muito da primeira temporada, mas ainda não recuperei o hype para seguir com a segunda. Isso é algo que acontece muito comigo em relação a essa coisa de temporadas; depois muito tempo acabo perdendo a vontade de continuar assistindo algo que já sei como é.

3%: mesma coisa que a anterior, assisti só a primeira temporada. A história é bem interessante, eu mesmo sempre gostei dessa coisa de futuros distópicos, e o fato de ser uma visão brasileira da coisa torna tudo mais interessante.

Boca a Boca: assisti o primeiro episódio e já larguei. Não consegui me apegar a nenhum personagem, e a história não me prendeu nem um pouco.

Sintonia: fui assistir cheio de preconceito, pois não gosto de funk, mas no fim acabei curtindo bastante a série. Uma história bem simples, nada de extraordinário, mas bem narrada, na minha opinião.

Reality Z: pessoal caiu matando em cima dessa série, não é difícil achar por aí críticas e comentários de pessoas que simplesmente odiaram essa série e a consideram um dos maiores lixos nacionais da Netflix. Mas eu, curti bastante do início ao fim. Deve ser porque o meu gosto não é nem um pouco alinhado com a crítica especializada e o senso comum da maioria das pessoas. Maratonei toda em uma noite, cada episódio tem cerca de 30 min.

Onisciente: essa eu assisti uns dois episódios e lembro que curti bastante, mas nem lembro o porquê de eu ter parado. Qualquer hora dessas vou retomar.

As outras talvez eu assista em algum momento.