Início » Celular » Vivo prepara celular com traseira de vidro que muda de cor

Vivo prepara celular com traseira de vidro que muda de cor

Celular da Vivo não tem nome e data de lançamento, mas é bem parecido com o X50 e tem tecnologia que lembra uma do Boeing 787

André Fogaça Por

A Vivo, não a operadora e sim a fabricante chinesa de smartphones, está preparando um celular que pode ter mais do que uma cor na parte traseira de vidro do gadget. A ideia não é de um degradê como acontece atualmente, mas uma tecnologia que troca de azul para cinza toda área.

celular vivo troca de cor traseira vidro

Quem nunca ficou na dúvida sobre qual cor de celular levar para casa? Este dilema do mundo moderno, que atinge pessoas que não utilizam capinhas opacas e que escondem toda a beleza do smartphone, pode ser solucionado com um celular ainda sem nome e sem data de lançamento que a Vivo está demonstrando na rede social Weibo.

O único detalhe visível do gadget, que está com a parte das câmeras coberta e é parecido com o X50, é que a traseira de vidro pode trocar de cor com o pressionar de um botão. A tecnologia lembra outra que a Boeing utiliza nas janelas do 787 Dreamliner.

No caso do avião, um gel fica entre duas camadas de vidro em um formato que lembra um sanduíche. Ele reage quando uma corrente elétrica é aplicada e fica escuro, voltando a ser transparente novamente quando a quantidade desta energia diminui. No celular certamente que tudo é muito menor e a ideia muda, mas a sensação é que o “gel” tem uma cor (azul no vídeo) e quando ele fica transparente, a cor cinza do fundo fica visível.

Esta técnica permite que duas cores fiquem presentes no aparelho, esperando apenas o usuário escolher qual delas quer e apertar um botão para que tudo mude. Eu não sei vocês, mas quero na minha mesa, até o final do dia, um celular que faz isso.

Com informações: Android Authority.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)

Tem muita coisa inútil que eu quero.






Essa não é uma delas.

Breno (@bbcbreno)

Eu gosto disso, se esta tecnologia evoluir bem, possivelmente teremos celular (e pq n outros equipamentos tb) com 1 única cor, aí o usuário q decide a cor q deixará o celular. Hoje temos apenas 1 tom, mas certamente teremos a nossa querida paleta RGB disponível.

Tô curioso quanto ao consumo. Quando o gel tá ativado, ele “segura” a energia e mantém ativo ou precisa de energia contínua para se manter ativo?

² (@centauro)

Não sei se é exatamente esse mecanismo, mas se for:

Então só precisa de uma descarga pra cada mudança.

Eric Viana (@Eric_Viana)
Vamos aumentar a capacidade da bateria. Não. Vamos aumentar a resistência dos vidros para evitar quebras em quedas acidentais. Não Vamos embutir a câmera frontal por baixo do vidro assim a tela fica sem buracos. Ainda não mas estamos no processo. Vamos criar uma nova camada de elementos potencialmente quebráveis e frágeis para mudar a cor do aparelho. É isso! Pegue o dinheiro da pesquisa e vá ser feliz.
Leandro (@lth_leandro)

É o tipo de inovação que precisamos!