Início » Negócios » Mercado Livre e Alibaba teriam interesse em comprar Correios

Mercado Livre e Alibaba teriam interesse em comprar Correios

Mercado Livre e Alibaba são empresas de vendas online que investem em logística; governo quer privatizar Correios em 2021

Felipe Ventura Por

O governo planeja privatizar os Correios até dezembro de 2021, podendo realizar uma venda integral ou parcial. Rumores dizem que grandes empresas de e-commerce e logística estão interessadas, incluindo Amazon, Alibaba e UPS. Agora, parece que o Mercado Livre também quer comprar a estatal.

Mercado Livre

Leandro Mazzini, da Coluna Esplanada, diz que há uma forte disputa nos bastidores pela privatização dos Correios: “a argentina Mercado Livre está de olho na estatal, com a qual já tem uma grande parceria de entregas de produtos compradas no seu site”. O jornalista havia levantado o possível interesse da Amazon e da Alibaba no ano passado; a chinesa ainda continuaria no páreo, enquanto a companhia de Jeff Bezos não foi mencionada.

O setor de e-commerce teve um forte crescimento puxado pela maior demanda durante a pandemia do novo coronavírus, causador da COVID-19. Por exemplo, o Mercado Livre registrou receita de US$ 878,4 milhões no segundo trimestre, alta de 61,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso inclui o faturamento com vendas (US$ 581,7 milhões) e com o Mercado Pago (US$ 296,7 milhões).

O Alibaba Group, por sua vez, teve receita de US$ 21,762 bilhões no segundo trimestre, crescimento de 30% em um ano. Além de vendas pela internet, a empresa atua em computação na nuvem e jogos online.

Mercado Livre e Alibaba investem em logística

Talvez a Alibaba esteja em uma posição melhor para adquirir os Correios: ela tem US$ 43,8 bilhões em caixa, contra US$ 1,2 bilhão do Mercado Livre. Vale notar, no entanto, que ambas já realizam fortes investimentos em logística para atender clientes no Brasil.

O Mercado Livre possui dois armazéns no estado de São Paulo e vai abrir um terceiro centro de distribuição na Bahia para agilizar entregas no Nordeste. O Mercado Envios Flex promete envio no mesmo dia para vendedores que usem veículos próprios ou entregadores, sem depender dos Correios.

Por sua vez, o AliExpress opera dois voos fretados por semana vindos da China em parceria com a Cainiao, subsidiária de logística do grupo Alibaba. Esta empresa investiu bilhões de dólares em serviços de entregas como ZTO Express, YTO Express, STO Express e Best Logistics.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
22 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas (@Lucas)

Se é pra vender que ao menos seja integral, não vejo sentido vender a parte lucrativa e ficar com o prejuízo.

🤷‍♀️ (@xavier)

Qualquer um que comprar vai ser melhor que o serviço atual dos Correios, então, só quero que seja logo.

@bkdwt

Que vendam os correios INTEIRO e não pedaços.

Um fuc*ing Sedex parado desde o dia 18 graças a essas belezas.

@ksio89

Amém, quero ver funcionário fazer greve todo santo ano.

Júlio César (@Potrinho)

Já falaram que o monopólio do Correios é apenas com as cartas, tanto é que podemos solicitar entregas por empresas privadas (jadlog, azul etc). O que mudaria (para o consumidor) com a privatização do Correios? As empresas privadas já atuam no mercado, porém o serviço é mais caro e não tão eficiente.

Igor (@igor_meloil)

Pois é, nada, mas o espírito ancap adolescente acha q existe monopólio. Mas na hora de comprar da china ngm quer pagar a transportadora e o imposto devido, vejo pura hipocrisia, nada mais

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido (@Wardz_de_souzA)

Correios tem isenção de todos os impostos.

🤷‍♀️ (@xavier)

Sério mesmo que tem que explicar pela milionésima vez que, o monopólio é de cartas/correspondências, mas a isenção total de impostos, torna a concorrência desleal.

Amazon, E-Fácil, Mercado Livre (transportadora própria), todas entregando em 2 dias aqui.
Se me lembro bem, Correios entregou com esse prazo apenas UMA VEZ pra mim.

Júlio César (@Potrinho)

Como a privatização do correios vai diminuir o imposto sobre essas empresas? Nesse caso n teria que ter uma reforma tributária em vez de privatização? Outro ponto: Se a concorrência é desleal, pq há tantas empresas atuando nesse mercado? Essas empresas estão interessadas na estrutura do correios, e não no valor que ele pratica, certo?

🤷‍♀️ (@xavier)

Correios hoje é uma máquina ineficiente, com cargos altos ganhando salários astronômicos e a ponta da cadeia se ferrando.

As regras da privatização não têm como se especular, mas para este caso (olhando apenas e tão somente pra isso, não de forma geral) não é necessário ter reforma tributária.
A concorrência é desleal, porque não tem como uma empresa privada abrir uma filial numa cidadezinha do interior e concorrer com uma empresa que não precisa pagar imposto algum.

Além de tudo, a tal “eficiência” dos Correios é tanta, mesmo em correspondências que eles possuem monopólio, não atendem corretamente. Já faz 2 meses que não entregam os boletos da minha avó, por isso preciso ficar ligando nas empresas e pedir 2ª via, conversando com conhecidos, a situação é semelhante em diversas cidades, muito antes de acontecer a greve.

Enfim, há quem defenda a privatização (meu caso) e há quem é contra. Uma coisa é fato: hoje eles não conseguem prestar o serviço de forma adequada, só tem prejuízos (menos, mas ainda tem) e quem é lesado é a população.

João M. (@RonDamon)

Grandes empresas como Amazon já não usam correios faz tempo aqui pro interior de SP. E eles tem frete grátis e tudo com o Prime.

Douglas Peixoto (@DouglasPeixoto)

É impossível competir de igual para igual com uma empresa que tem a obrigação legal de existir, uma empresa que a qualquer momento pode receber um “empréstimo” a custo zero do tesouro, que não se sabe se a qualquer momento não vai entrar um maluco que vai decidir derrubar as tarifas de entrega em 70% só para quebrar as suas concorrentes.

As empresas estatais prejudicam o mercado mesmo quando não são monopólios legais, vide o caso da Petrobras, a quase 20 anos ela não tem monopólio de refino no Brasil, mas mesmo assim você não tinha investimento privado nesse tipo de empreendimento, mesmo ela não tendo um monopólio legal ele existia, por um fator politico/eleitoral vendeu gasolina subsidiada por quase 15 anos, para você ter ideia, o prejuízo que a Petrobras teve com essa politica de preços foi maior que com a corrupção, e mesmo quando parou de aplicar essa politica as empresas estrangeiras continuaram não investimento, não tinha como garantir que a qualquer momento não fosse entrar um maluco com a mesma estratégia de preços, mas só foi ela anunciar a venda da maior parte dessas refinarias que começaram a aparecer as empresas interessadas em investir, a Oil Group, por exemplo, já expos a sua vontade de construir 6 refinarias de pequeno porte no Brasil, volto a afirmar, não é possível competir no mesmo nível de uma empresa que é obrigada a não falir.

Eu (@Keaton)

A Kabum é uma das lojas mais baratas e confiáveis do Brasil… por isso sempre compro lá. Agora, não me pergunte o porque diabos eles enviaram pelo método errado. Eles também não souberam explicar o que aconteceu. (mas whatever. produto chegou depois de um tempo e funcionou por anos)

Tudo bem ser maior a chance, mas se aproximar de 1:3 é sacanagem, né…
Tenho usado o UPS Super Saver (ou era Express Saver? Não lembro) faz uns seis meses… ZERO problemas de atraso/pacote danificado/perdido/greve.

Bruno (@Unknown)

Correios é tão bom que só tem 4 empresas interessadas em compra-lo.

Exibir mais comentários