Início » Aplicativos e Software » Como funciona o contador de passos do celular [Pedômetro]

Como funciona o contador de passos do celular [Pedômetro]

Descubra o que é o pedômetro e saiba como funciona o contador de passos em aplicativos para smartphones, smartbands e smartwatches

Ana Marques Por

O contador de passos (pedômetro) ganhou destaque em dispositivos como smartwatches e pulseiras inteligentes, mas já existe em diversos aplicativos para celular – exigindo que você carregue o aparelho na hora de uma atividade física fazer o rastreio. O recurso pode ser um aliado na hora de praticar exercícios, especialmente com foco em perda peso, já que permite calcular o gasto de calorias.

como funciona contador de passos / Ana Marques / Tecnoblog

Apesar da popularidade dessa função, o mecanismo do monitoramento pelo smartphone ainda é mistério para muitos usuários, o que pode levar a dúvidas pertinentes, como: “o pedômetro do celular é preciso?” e “o pedômetro utiliza o GPS do celular? Preciso ficar com essa função ligada?”. Para saber como funciona o contador de passos, acompanhe as linhas a seguir.

Como funciona o contador de passos?

Vamos começar pelo início: antigamente, os contadores de passos eram completamente mecânicos e funcionavam como um pêndulo – imagine um relógio de corda, daqueles antigos, que têm pêndulos que balançam de um lado para o outro registrando os segundos.

Os pedômetros mecânicos eram fixados na cintura e, sempre que o indivíduo desse um passo, esse instrumento oscilava para um lado e para trás, movendo uma engrenagem responsável por registrar uma nova posição (contando, efetivamente, o passo).

Os contadores de passos eletrônicos surgiram posteriormente, com basicamente o mesmo princípio. De modo geral, em vez uma engrenagem para registrar o movimento, há um circuito eletrônico aberto, e quando o pêndulo se movimenta, ele toca uma parte de metal proporcionando o fluxo de uma corrente elétrica que indicará a contagem de mais um passo. O registro é mostrado em um painel, e pode exibir já o valor convertido em milhas, quilômetros ou calorias gastas.

A evolução da tecnologia permitiu que esses pedômetros parcialmente mecânicos se transformassem em sistemas totalmente eletrônicos, que utilizam acelerômetros em vez de pêndulos.

Direto do túnel do tempo: você conheceu o Nike Plus?

Bem antes do “boom” de aplicativos de pedômetro para smartphones – e antes de smartwatches e smartbands serem comuns, a Nike e a Apple lançaram o kit Nike+iPod, que trazia um aparelho que era inserido na palmilha do seu tênis.

Esse pequeno dispositivo se conectava a um iPod nano para reportar as medidas registradas no chip durante uma corrida ou caminhada.

como funciona contador de passos

Já naquela época, o sistema contava com recompensas em pontos, como forma de incentivar a corrida. Você podia plugar o dispositivo no computador para acompanhar a evolução dos exercícios, como um jogo.

Ok, mas como funciona o contador de passos em aplicativos para celulares? Eles são precisos?

Atualmente, também é bastante comum encontrar contadores de passos que utilizam o GPS do celular. Esses apps conseguem coletar informações de deslocamento usando sinais de satélite – e não somente isso: muitos softwares fazem uma combinação de GPS, Wi-Fi e dados móveis da sua operadora de telefonia para calcular quantos passos você deu, e dessa forma indicar a distância percorrida e a queima energética estimada.

pedômetro no iphone ios

No entanto, pesquisas científicas comprovam que a maioria dos contadores de passos do celular não é tão precisa quanto um medidor dedicado. Isso porque a posição do smartphone influencia totalmente na hora de fazer a medição – e com dispositivos cada vez maiores, as coisas são ainda mais complicadas.

Um estudo publicado na Procedia Technology observou que a maioria dos aplicativos para smartphones estimava uma quantidade maior de número de passos quando o celular ficava dentro do bolso da calça – em relação a outras posições (braçadeira, quadril).

Como pedômetros convencionais são projetados para ficarem alocados em partes bastante específicas do corpo, eles tendem a entregar resultados mais confiáveis.

Dispositivos vestíveis ou apps para smartphone?

Optar por uma smartband ou smartwatch é a melhor opção para profissionais ou usuários que desejam maior precisão no monitoramento de passos, já que esses dispositivos são presos ao pulso. É preciso ficar atento aos modelos e seus recursos – alguns monitores vestíveis prometem calcular distância percorrida, porém não contam com GPS integrado (precisa utilizar o do celular), o que acaba implicando em ter que correr ou caminhar por aí com dois dispositivos.

Se você só precisa acompanhar por alto o quanto anda se exercitando, e não tem intenções muito ambiciosas em relação às métricas calculadas com o contador de passos, os apps para celular costumam fazer um trabalho decente, e podem ser bons aliados no dia a dia.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação