Início » Celular » Procon-SP notifica Apple sobre iPhones danificados por água

Procon-SP notifica Apple sobre iPhones danificados por água

O iPhone é anunciado como resistente à água, mas alguns usuários alegam que a Apple se recusou a consertar aparelhos danificados no período da garantia

Victor Hugo Silva Por

A sinalização de que iPhones danificados por água não possuem cobertura da assistência técnica fez a Apple ser notificada pelo Procon-SP. O órgão de defesa do consumidor quer explicações da empresa, visto que os aparelhos são anunciados como resistentes à água. O questionamento ocorre após relatos de 21 consumidores de que a fabricante se recusou a realizar o reparo no período da garantia sob a justificativa de que os celulares tiveram contato com líquido.

O Procon-SP afirma que as reclamações envolvem os 12 modelos de iPhone apontados como resistentes a respingos, água e poeira após testes em laboratórios com condições controladas. Entre eles, estão os iPhones 11 Pro e 11 Pro Max, que possuem certificação IP68 e, segundo a Apple, seguem funcionando após imersão de até 4 metros em água por até 30 minutos.

Outro aparelho envolvido nas reclamações é o iPhone 11. Ele também tem certificação IP68, mas a fabricante garante o funcionamento após imersão de até 2 metros em água durante 30 minutos. Os demais modelos — iPhone SE (2ª geração), XS, XS Max, XR, X, 8, 8 Plus, 7 e 7 Plus — possuem certificação IP67, que garante imersão de até 1 metro em água por 30 minutos.

O órgão de defesa do consumidor afirma ter pedido laudos das análises técnicas realizadas pela Apple nos celulares dos 21 clientes. O objetivo é que a empresa demonstre por onde o líquido teria entrado no celular e por que esse defeito não é coberto pela garantia, uma vez que a resistência à água é uma das características anunciadas para o aparelho.

Em seu comunicado sobre a notificação, o Procon-SP também indicou que a Apple deverá comprovar que os consumidores fizeram uso fora do normal dos aparelhos e informar a quantidade de água necessária para o acionamento do sensor de líquidos dos dispositivos. O órgão exigiu ainda que a empresa apresente dados técnicos que comprovem que a propaganda de seus celulares não é enganosa.

O Tecnoblog entrou em contato com a Apple sobre a notificação, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação