Início » Internet » IFTTT ganha plano pago e limita versão gratuita

IFTTT ganha plano pago e limita versão gratuita

IFTTT Pro é o novo plano pago do serviço para automação de tarefas com applets ilimitados, mais rápidos e mais sofisticados

Bruno Gall De Blasi Por

O IFTTT, serviço popular para automação de tarefas, agora conta com um plano pago: o IFTTT Pro. Anunciado nesta quarta-feira (9), a nova modalidade garante applets ilimitados, mais rápidos, com mais ações e custará US$ 9,99 (cerca de R$ 55 em conversão direta) ao mês. A versão gratuita continua, mas com limites.

IFTTT (Foto: Reprodução/IFTTT)

A nova modalidade promete mais agilidade e sofisticação ao serviço, que antes era limitado somente a uma ação por applet. Com o Pro, os assinantes poderão criar automações capazes de consultar diversas fontes de dados para executar várias ações envolvendo recursos diferentes, como apps e dispositivos de Internet das Coisas (IoT).

“Por exemplo, um usuário Pro pode criar um Applet que, à noite, consulte o Google Agenda e o Slack antes de decidir ligar as luzes Philips Hue e tocar sua lista de reprodução favorita do Spotify”, explica a companhia.

O IFTTT ainda anunciou mudanças para a modalidade gratuita, que será mantida. A partir de agora, os usuários da versão sem cobranças terão o limite de somente três applets por conta. “Tomamos essa decisão para alinhar melhor nosso roteiro de produtos Pro com as necessidades de nossos criadores de Applets mais ativos”, dizem.

O IFTTT Pro terá mensalidade de US$ 9,99 (cerca de R$ 55 em conversão direta), mas os usuários do serviço poderão escolher até 7 de outubro de 2020 um valor para pagá-lo por mês durante o primeiro ano, desde que seja a partir de US$ 1,99. Segundo o IFTTT, a receita das assinaturas será utilizada para levar novos recursos à modalidade.

Com informações: IFTTT.com e The Verge

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Já tentei usar o IFTTT várias vezes, mas falhei miseravelmente em entender o funcionamento. E olha que não sou tão leigo assim.

² (@centauro)

Eu tinha/tenho uma conta lá automatizando algumas coisas.
Nem sei se ainda funciona as automatizações e nem lembro quantos applets eu tinha. Oh well.

De qualquer forma, me parece mancada se eles desabilitarem todos os applets em excesso das contas gratuitas ao invés de só impedirem que novos applets sejam adicionados. Uma ação compreensível, mas mancada.

imhotep (@imhotep)

Cheguei a usar bastante pra algumas coisas.
Tinha até recursos legais, como acender as luzes da sua casa em determinada hora.
Mas eu acabei deixando pra lá e nunca mais usei…

🤷‍♀️ (@xavier)

Eu ainda uso, pra pegar os Tweets do Hardmob e me enviar imediatamente por e-mail, com regra pra desconsiderar algumas palavras comuns em jogos.
Mas nos últimos meses tem sido bastante lento o serviço, deve ser reflexo da implementação desta nova modalidade.