Início » Computador » AMD vai anunciar GPUs Radeon RX 6000 e chips Zen 3 em outubro

AMD vai anunciar GPUs Radeon RX 6000 e chips Zen 3 em outubro

Placas de vídeo AMD Radeon RX 6000 (arquitetura RDNA 2) brigarão com linha RTX 3000, da Nvidia

Emerson Alecrim Por

Se você pretende trocar de placa de vídeo em um futuro próximo, fique de olho nesta data: 28 de outubro. É quando a AMD fará o anúncio oficial da arquitetura RDNA 2, que estará presente nas GPUs Radeon RX 6000. Estas terão a missão de brigar com a recém-anunciada linha RTX 3000, da Nvidia.

AMD RDNA 2

Como toda nova arquitetura, a RDNA 2 promete avanços consideráveis em relação à geração anterior. Começa com o suporte efetivo às técnicas de ray tracing, característica que, de certa forma, também fará as novas placas de vídeo da AMD disputarem espaço com as atuais GPUS Nvidia RTX 2000.

Também podemos esperar mais performance, é claro. Fala-se em um aumento de desempenho de até 50% na comparação com a atual arquitetura RDNA, mas sem que isso implique em elevação substancial do consumo de energia.

Anunciar a arquitetura RDNA 2 algumas semanas depois de a Nvidia revelar a série RTX 3000 tende a reforçar a impressão de que a AMD está sempre à sombra da rival, mas esse intervalo pode ter um efeito benéfico: permitir a elaboração de uma estratégia que permita às novas placas Radeon brigarem no preço (bem sabemos que esse é um comportamento típico da AMD).

Isso fica evidente nas insinuações da companhia de que as novas placas de vídeo virão para “democratizar” o acesso a jogos em 4K e/ou com ray tracing.

Arquitetura Zen 3 para processadores

Processador AMD Ryzen

A arquitetura RDNA 2 é importante, mas não é a única revelação que esperamos da AMD. Pois bem: a companhia reservou o dia 8 de outubro para o anúncio oficial da arquitetura Zen 3, voltada a processadores.

No último mês de julho, a AMD anunciou a série Ryzen 4000 para desktops, mas esta é baseada na arquitetura Zen 2. A companhia já havia deixado claro, no entanto, que revelaria chips Zen 3 ainda em 2020.

As informações a respeito dos novos processadores ainda são escassas, mas algumas características esperadas incluem modelos com até dez núcleos, suporte a overclocking e tecnologia de 7 nanômetros igual ou similar à existente na arquitetura Zen 2.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eu (@Keaton)

Quero ver a AMD conseguir uma placa que justifique USD 1500, que bata de frente com a RTX 3090. Cansei de nVidia sempre na frente. hahaha

Agora… Zen 3 vai ser uma martelada nos dedos da Intel… que numa dessas conferências demonstrou que “fazia chips do nivel da AMD” usando o 4800U como comparação…

Eu (@Keaton)

Se tu quer usar o Linux, vai em frente, uai. Ninguém tá te segurando.
Mas se isso foi um comentário irônico, infelizmente tu só conseguiu uma falha épica em forma de comentário. huehuehue

Eu (@Keaton)

Quem falou que sou fanboy da AMD e/ou hater nVidia? Ah sim, conclusão bem #tireidoku, bem tipico de fanboy de empresa X. Claro, eu nem precisava me dar ao trabalho de responder esse tipo de comentário infeliz, mas vamos lá…

Primeiro, devo esclarecer que o simples fato de alguém simplesmente querer que uma empresa X seja mais competitiva não quer dizer que a pessoa seja fanboy da empresa X ou hater da empresa Y. Associar essa idéia de que simplesmente alguém quer ver uma empresa evoluir à essa pessoa ser fanboy da mesma é uma das coisas mais imaturas que eu já vi até hoje.
O que eu quero é: ver a AMD fazendo alguma placa que realmente justifique investir numa Radeon ao invés de uma GeForce. (coisa que não acontece faz quase uma década… - devido ao consumo mais elevado das AMD e desempenho inferior, não só as highend)

Nota: nunca fui fanboy de nenhuma marca, sempre usei tanto AMD quanto Intel. Radeon e GeForce. Sempre escolho o que tem melhor CxB.

Ps.: pelos teus comentários, fica óbvio que tu é fanboy de nvidia… então nem perco mais meu tempo.

Eu (@Keaton)

Já esperava que não fosse ler. Não é todo mundo que tem a capacidade de leitura e interpretação de textos mais longos que três linhas. huehuehue

And yep, pode fingir que não leu onde estava a explicação de porque você estava ridiculamente errado.
Ps.: odeio GBoard.

Eu (@Keaton)

Tente fingir que aquele “tireidoku” mortalmente ofensivo nunca existiu. Oh yea, ainda não lhe convém admitir que já leu.