Início » Jogos » PS5 não rodará jogos do Sony PS1, PS2 e PS3 de forma nativa

PS5 não rodará jogos do Sony PS1, PS2 e PS3 de forma nativa

Sony confirma que PS5 não rodará jogos de PS1, PS2 ou PS3, por enquanto; console será compatível com quase todos os games de PS4

Felipe Vinha Por

Jim Ryan, diretor da linha PlayStation na Sony, confirmou que o PS5 não será retrocompatível com jogos de PS1, PS2 e PS3, apenas PS4. O comentário vem de uma entrevista com Ryan na revista japonesa Famitsu, falando sobre a tecnologia do novo console e o que os fãs podem esperar a respeito.

PS5 não rodará jogos do Sony PS1, PS2 e PS3 de forma nativa / Divulgação / Sony

Em termos de jogos antigos, Ryan já havia declarado que o PS5 será compatível com 99% dos jogos de PS4, em outra entrevista. Mas a retrocompatibilidade com consoles mais antigos, por enquanto, está descartada.

O executivo se justifica, dizendo que não havia tempo hábil para inserir este tipo de função no PS5, enquanto o console era produzido. Ele declarou:

“Em meio a tudo isso [a produção do PS5], o PS4 já conta com 100 milhões de jogadores. Achamos que eles queriam jogar títulos de PS4 no PS5 também, então incluímos essa compatibilidade. Enquanto implementamos isso, também focamos nossos esforços em fazer o armazenamento SSD de alta velocidade e o controle DualSense ao mesmo tempo. Por isso, infelizmente, não conseguimos implementar estas outras compatibilidades”.

Não é a primeira vez que os fãs se deparam com a confirmação de que jogos de PS1, PS2 e PS3 não rodarão no PS5. Uma página de suporte da Ubisoft na Austrália, nas últimas semanas, mencionou a possibilidade. A informação logo foi removida.

Isso não quer dizer, porém, que a situação seja permanente. O Xbox One, por exemplo, foi lançado sem a extensa retrocompatibilidade que possui hoje, que chegou apenas em 2015, dois anos após o lançamento. As possibilidades variam de aparelho para aparelho e de empresa para empresa. Mas, até segunda ordem, o PS5 fica sem a função.

Jogos da Sony no PS1, PS2 e PS3

O histórico de retrocompatibilidade da Sony também varia de aparelho para aparelho. O PS2 rodava todos os jogos do PS1. Já no PS3 apenas alguns modelos do console acompanhavam a função para iniciar games de PS2 – ainda que tenha sido compatível com tudo do PS1.

Além disso, o PS Vita era compatível com boa parte dos games de PSP, além de títulos de PS1 digitais, vendidos na PS Store. Enquanto isso, o PS4 nunca foi retrocompatível com o PS2 ou PS3, apenas por meio de relançamentos.

Com informações: Ars Technica

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)

Alguém realmente tinha a esperança de que o console lançado em 2020 tivesse retrocompatbilidade de forma nativa com o PS1, console lançado 26 anos atrás?

E só agora me dei conta que o PS1 foi lançado antes do Windows 95.

Igor Lana de Melo (@igor_meloil)

O que me espanta mesmo é todo mês terem que falar isso. Pessoal é teimoso demais.

Acho que era possível ter retro com tudo isso aí? Sim, acho. Claro que o ps3 seria de longe o mais difícil de fazer, mas dava. É claro que a sony não quer ter gastos com isso.

² (@centauro)

Fora que retrocompatibilidade com um console de 26 (PS1), 20 (PS2) e 14 (PS3) anos atrás vai beneficar pouca gente.
Jogos de PS1, PS2 e PS3 já não são mais fabricados, então só quem tem as mídias que se beneficiam e eu me pergunto quantas pessoas ainda tem e querem jogar esses jogos pela mídia em si.

Imagino ser mais negócio pra Sony lançar um console virtual e revender esses jogos do que ficar lançando console novo com retrocompatibilidade.

Igor Lana de Melo (@igor_meloil)

Também acho que pouquíssima gente aproveitaria, especialmente ps2 e ps1.

Eu considero que quem seja entusiasta mesmo tenha guardado esses consoles, no meu databolha mesmo eu sou um q tenho ps3 ainda, vendi o ps2 pra comprar JOGO de ps3 e me arrependo amargamente, ps1 não tive. Mas mesmo que tivesse o console acho que usaria pouquíssimo, assim como é com meu ps3 agr q só uso pra jogar GH e RB.

Eu não acho que ela vá dar uma de nintendo com console virtual, acho que foi um caso de estudo e perceberam que a quantidade ínfima de pessoas que realmente usariam tal recurso (é bem diferente de pessoas q querem e provavelmente não vão usar) não valeria o investimento.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

Ps1 e PS2 eu concordo, mas PS3 ainda têm muita mídia no mercado.

DovahShy (@JustMonika)

Jogos de PS3 ainda são vendidos na PSN.

@Fabiofs

E quem realmente deseja isso? Acredito que poucas pessoas, financeiramente não é viável.
Eu mesmo tendo essa possibilidade no xbox joguei pouquíssimos jogos na retro. Pelo que me recordo, joguei somente alguns Gears e Halo.

@doorspaulo

Pouquíssima mesmo.
A MS tinha liberado os números do uso da retrocompatibilidade do XOne com o X360, e era uma micharia de gente que usava o recurso.

Acaba que é mais uma “publicidade grátis” do que uma função relevante.

LekyChan (@LekyChan)

eu adoraria ter retro, para me livrar dos consoles velhos, fora o fato de ficar tendo que desligar o atual console para ligar o velho. O PS5 terá retro com o PS4, logo poderei vender o 4 e ter só o 5, uma coisa a menos para ter.

@Banana_Phone

Muitas fabricantes dos jogos de PS1 e PS2 nem existem mais. A burocracia para viabilizar isso seria tremenda.
Os jogos mais importantes como God of War até foram portados para o PS4.