Início » Jogos » Microsoft compra produtora de Doom, Elder Scrolls e Fallout

Microsoft compra produtora de Doom, Elder Scrolls e Fallout

Microsoft compra estúdio responsável pelos futuros Starfield, The Elder Scrolls 6, além de Doom Eternal; aquisição está em andamento

Felipe Vinha Por

A Microsoft anunciou que está em processo de compra da ZeniMax Media, dona da produtora Bethesda e também responsável por alguns dos principais games da atualidade, como Doom, The Elder Scrolls, Fallout e Wolfenstein. A aquisição é calculada em US$ 7,5 bilhões.

Microsoft compra produtora de Doom, Elder Scrolls e Fallout / Divulgação / Microsoft

Com a aquisição, que ainda será concretizada em data posterior, a Microsoft se tornaria responsável também por estúdios como Bethesda Softworks, Bethesda Game Studios, id Software, ZeniMax Online Studios, Arkane, MachineGames, Tango Gameworks, Alpha Dog e Roundhouse Studios.

Estas produtoras representam mais de dois mil funcionários ao redor do mundo e são responsáveis diretas pelas principais séries da Bethesda, que incluem ainda Quake, Dishonored, Prey e o futuro Starfield.

A aquisição não quer dizer, necessariamente, que futuros títulos da Bethesda sejam exclusivos da linha Xbox. A Mojang, produtora de Minecraft, também é um estúdio da Microsoft e seus títulos estão disponíveis em outros consoles.

Na prática, porém, a aquisição quer dizer que os jogos produzidos pela Bethesda serão lançados no Game Pass, assim que chegarem ao mercado. A Microsoft tem a prática de lançar seus títulos de produtoras “de casa” no serviço de assinaturas.

Microsoft compra outros estúdios

Não é a primeira vez que a Microsoft comprou um grande estúdio dos jogos em passado recente. Além da já citada Mojang, a empresa adquiriu também a Ninja Theory, por exemplo, de jogos como Hellblade e Enslaved.

Neste caso da Ninja Theory, ao contrário de Minecraft, porém, o futuro Hellblade 2 está programado para sair apenas no PC e Xbox Series X e S.

Com estas e outras aquisições, a empresa visa fortalecer o catálogo da linha Xbox e a oferta de exclusividades e facilidades dentro dos jogos para seu público.

Com informações: Xbox

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
20 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Oliveira (@marcosoliveiran)

Curioso para saber os termos desse acordo, especialmente quanto ao lançamento de jogos pra nova geração de consoles vindo da Bethesda. Seria essa a maior compra do Xbox Game Studios?

Leandro Hartmann (@leandrohartmann)

Fato 1: Pode colocar a Bethesda nos eixo e voltar a fazer bons lançamentos diferente de Fallout 76.

Fato 2: Se a microsoft quiser ser malvada, acabou The Elders Scrolls no Playstation.

Igor (@Spetto)

Rapaz, torcendo muito para o fato 1 se concretizar. Saudades dos tempos de Fallout 3 e New Vegas.

imhotep (@imhotep)

Elder Scrolls VI, vem logo!

Joao Serpa (@Joao_Serpa)

Com os jogos da nova geração custando R$ 350,00, o Gamepass vai se tornar indispensável para quem gosta de jogar bastante coisa. Todos os lançamentos dos estúdios da M$ day one, além dos jogos do EaPlay e vários outros aleatórios.

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Rapaz, a MS tá sangue no zoi mesmo hein…
Não acredito que ela vá tornar qualquer jogo exclusivo, já que não é de hoje que eles tem preferido (sabiamente*) ganhar por venda de jogos e serviços. Mas poder contar com lançamentos de todas essas empresas no GamePass é sensacional.

*(a Sony inclusive tem timidamente começado a ir pelo mesmo caminho ao publicar seus exclusivos pra PC)

Sérgio (@trovalds)

Difícil eles tirarem jogos do PS. Deixar de faturar só por birra? Essa MS não existe mais faz tempo. Dinheiro é bom independente de onde venha.

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Doom, Quake, Wolfenstein, simplesmente lendas vivas, história e futuro da FPS. Tudo junto da Microsoft.

Eu (@Keaton)

Agora sim. A criadora dos bugs mais infames nos jogos vira propriedade do bug em forma de sistema operacional. hahaha

Falando sério… espero que a Microsoft não destrua a Bethesta como fez com a RAREware…

Orlando Silva (@Orlando_Silva)

Acredito que no fato 2 nem precisa. Só de saber que eles serão do game pass (e bem mais baratos) é bom, aí só deixar em full price nas outras plataformas. Tem o chamariz dela, e ainda lucra com os concorrentes, rs

E F Medeiros (@bfowl)

Estou adorando essa nova geração, que mal começou e já tem vencedor definido. Que delícia!

Teremos os jogos da Bethesda no Day-One no Gamepass

Teremos as futuras continuações das IPs consagradas da Bethesda e também as possíveis novas IPs chegando com exclusividade nas plataformas da Microsoft (Xbox Series X|S, Windows 10 e xCloud).

Que terrível dia para ser fanboy do lado azul e que dia maravilhoso para escolher o console mais poderoso, com mais jogos e com o preço mais acessível para ser seu principal amigo na Next-Gen. Parabéns Microsoft!

E F Medeiros (@bfowl)

Em termos de $$$, sim!

E F Medeiros (@bfowl)

Difícil é eles manterem os jogos no PS gastando US$ 7,5 bilhões numa empresa para o XBOX Game Studios. Seguindo essa lógica, não faz sentido existir a marca XBOX e a Microsoft deveria virar multiplataforma logo.

O objetivo da aquisição é fortalecer a marca XBOX. E como ela fará isso lançando tudo no Playstation? A Microsoft, para fazer o Gamepass e demais serviços dela crescerem, tem que entender toda a importância e o peso da palavra “Exclusividade”

Pierre (@pierrediniz)

E perder a chance de tacar um “Xbox Game Studios” na tela do PS5?

@Fabiofs

Faz parte, eu uso pilhas recarregáveis Sony no controle do meu xbox kkk

Exibir mais comentários