Início » Aplicativos e Software » Funimation confirma estreia no Brasil com mais de 200 animes

Funimation confirma estreia no Brasil com mais de 200 animes

Serviço de streaming especializado em animes, Funimation confirma parte do catálogo para o Brasil, com séries dubladas e legendadas

Felipe Vinha Por

A plataforma de streaming Funimation confirmou sua estreia no Brasil para dezembro, com mais de 200 animes disponíveis já no lançamento, entre legendados e dublados. Alguns dos principais títulos anunciados são Attack on Titan, o clássico Cowboy Bebop, sucessos da atualidade como My Hero Academia e Demon Slayer, entre outros.

Funimation confirma estreia no Brasil com mais de 200 animes / Divulgação / Funimation

Demon Slayer

Funimation no Brasil

Nenhum detalhe sobre como vai funcionar a assinatura foi divulgado, como preço ou modalidades de pagamentos. O serviço já estava confirmado no Brasil desde julho deste ano, mas até então faltavam detalhes sobre o catálogo e uma data de estreia mais precisa.

O que se sabe é que o serviço deve ser um dos principais concorrentes da Crunchyroll, que tem função similar, também no Brasil. No passado as duas plataformas chegaram a firmar parceria, mas hoje trabalham em separado.

Para a dublagem, o Funimation selecionou alguns dos animes mais famosos do momento, como Assassination Classrom, My Hero Academia, Tokyo Ghoul:re e Blood Blockade Battlefront. Outros títulos devem ser confirmados até o lançamento.

Filmes também estão garantidos no catálogo, ainda que o serviço não tenha confirmado nenhum, além de transmissões simultâneas com animes da atual temporada no Japão.

Veja a lista parcial do que está confirmado para o País:

  • Cowboy Bobop (Legendado)
  • Love Live! Sunshine!! (Legendado)
  • Noragami (Legendado)
  • Danganronpa (Legendado)
  • Rascal Does Not Dream of Bunny Girl Senpai (Legendado)
  • The Promised Neverland (Legendado)
  • Steins;Gate (Legendado)
  • Plundere (Legendado)
  • Assassination Classroom (Dublado e Legendado)
  • Astra Lost in Space (Legendado)
  • Attack on Titan (Dublado e Legendado)
  • Blood Blockade Battlefront (Dublado e Legendado)
  • Demon Slayer (Legendado)
  • Gleipnir (Legendado)
  • Fairy Tail (Legendado)
  • Fire Force (Legendado)
  • Fruits Basket (Legendado)
  • My Hero Academia (Dublado e Legendado)
  • Overlord (Dublado e Legendado)
  • Sword Art Online, todas as temporadas (Legendado)
  • Tokyo Ghoul:re (Dublado e Legendado)

Além de um Twitter oficial em português, a Funimation também já abriu o site oficial em sua versão nacional, mas ainda sem conteúdo localizado.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Queremos Fly!, Tenchi Muyo! e Yu Yu Hakusho.

@wellerstz

espero que não seja caro e que tenha aplicativo e site melhor que o da crunchyroll

Jacques (@fioda)

Se a funimation seguir o padrão americano que eles usam, boa sorte.

Legendas são ruins, adaptações são horríveis, o timing é deplorável e quando junta fala + typesetting, mistura tudo que você não consegue acompanhar sem pausar.

Segue um exemplo do que eu falo

1200×675 108 KB

E as dublagens são bastante controversas, uma leve pesquisa e encontramos a pratica até hoje




Enfim, no sankaku tem bastante exemplos, o site é bem NSFW então é por conta e risco

Peterson (@Pet_inusitado)

provavelmente com preços similar ao Crunchyroll, mas também terá a versão gratuita com propaganda.

Já usei/ testei o site deles (com VPN para EUA), e é bem fluido, facil de usar, quase sem nenhum travamento.
Aplicativo deles é muito elogiado.

Maycon Cruz (@MikeCross)

Sem falar daquela treta envolvendo aquele anime sobre bordeis de monster girls…
A questão é que não é novidade pra quem acompanha a industria que a Sony (dona da Funimation) sempre tenta meter o bedelho no conteúdo de animes que, como tudo que é japonês, tende a dar zero “fuedas” pra o que o ocidente acha ou não apropriado.

Jacques (@fioda)

Sim, nem comentei dela mas certamente foi uma das coisas mais estranhas e inesperadas que aconteceu nesse mundo legalizado.

O mais curioso depois é eles metendo DMCA sendo que deixaram de oferecer opção legal