Início » Aplicativos e Software » WhatsApp e TSE fazem parceria contra fake news nas Eleições 2020

WhatsApp e TSE fazem parceria contra fake news nas Eleições 2020

Para combater a desinformação, o TSE ganhou bot de WhatsApp e página para denunciar disparos de mensagens em massa

Victor Hugo Silva Por

O WhatsApp e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmaram uma parceria para combater as fake news e o disparo de mensagens em massa antes das Eleições 2020, além de informar sobre medidas sanitárias a serem adotadas no dia da votação. O acordo do órgão eleitoral também prevê mudanças no Facebook e no Instagram.

TSE libera bot de WhatsApp sobre Eleições 2020

No WhatsApp, o TSE conta com um bot que oferece informações sobre horários e locais da votação, candidaturas em cada cidade e cuidados com a saúde antes de sair para votar. A ferramenta também destaca as checagens de fatos realizadas por parceiros da Justiça Eleitoral em um projeto de combate à desinformação.

Em evento virtual para anunciar a parceria, a secretária-geral do TSE, Aline Osorio, afirmou que o tribunal será o primeiro órgão eleitoral do mundo a contar com um bot do WhatsApp. Para interagir com ele, é preciso mandar uma mensagem para o número (61) 9637-1078 ou abrir o link wa.me/556196371078 no celular ou no WhatsApp Web.

Denúncia por disparo em massa no WhatsApp

O acordo inclui ainda uma página para eleitores denunciarem ao TSE contas de WhatsApp que aparentam ter feito disparo de mensagens em massa. Segundo o órgão eleitoral, essa prática se refere a situações em que pessoas, empresas e bots enviam a mesma mensagem para muitas pessoas ao mesmo tempo. “O texto é impessoal, pode conter links e conteúdos suspeitos, alarmistas ou acusatórios”, define o tribunal.

Os usuários que identificarem contas que se encaixem nessa situação podem preencher o formulário disponível neste link com informações sobre o número que enviou a mensagem e indicar se ela tem relação com um partido ou candidato. A partir da denúncia, o WhatsApp analisará se houve disparo em massa, algo proibido em seus termos de uso, e banirá a conta, se achar necessário. O canal de denúncias ficará no ar até 19 de dezembro.

TSE tem acordo com Facebook e Instagram

A parceria com o Facebook envolve uma ferramenta para apresentar, no feed dos usuários, avisos sobre a eleição. Batizada de “Megafone”, ela mostrará alertas a respeito da organização do processo eleitoral e das medidas sanitárias adotadas por conta da pandemia do novo coronavírus.

O Instagram, por sua vez, ajudará a divulgar a campanha sobre a participação de mulheres na política. De acordo com o TSE, a ação começará a ser exibida aos usuários em outubro. A rede social ganhará ainda figurinhas sobre as eleições municipais — elas também estarão disponíveis no WhatsApp.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Geraldo Lopes (@geralldoloppes)

Gabinete do ódio não curtiu esse bot do TSE…