Início » Internet » Twitter e TSE criam hashtags e emojis para Eleições 2020

Twitter e TSE criam hashtags e emojis para Eleições 2020

Sem citar ações para combater fake news, Twitter afirmou que emojis ajudam a "estimular os mais diversos debates" sobre as Eleições 2020

Victor Hugo Silva Por

O Twitter é mais um a iniciar uma parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A rede social passou a exibir um link para o site do tribunal em buscas sobre as Eleições 2020 e criou hashtag e emojis sobre o período eleitoral. A plataforma, no entanto, não divulgou medidas para combater ações organizadas de fake news e o uso de contas falsas.

Os dois emojis apresentados pelo Twitter aparecerão com hashtags. Um deles, que será mostrado junto à #Eleições2020, mostra uma mão sobre a urna eletrônica. O outro está relacionado à #SeuVotoTemPoder, que foi criada pela plataforma e mostra o botão de confirmar. Segundo a rede social, o objetivo dos emojis é “estimular os mais diversos debates em torno do tema” e destacar “a importância da participação popular no processo eleitoral”.

Em comunicado, a empresa também informou que destacará eventos ao vivo do TSE, como coletivas de imprensa em dias de votação, e que o perfil @TwitterBrasil divulgará conteúdos eleitorais. A parceria também prevê sessões de treinamento com equipes do TSE e das várias unidades do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sobre o funcionamento e as melhores práticas na rede social.

O Tecnoblog entrou em contato com o Twitter para verificar se, além das hashtags e dos emojis, há alguma medida específica para evitar práticas coordenadas de desinformação e o uso de contas falsas, mas não teve retorno até a publicação desse texto.

WhatsApp receberá denúncias de disparo em massa

Nesta semana, o TSE apresentou parcerias com outras redes sociais. O Facebook ganhou a ferramenta “Megafone” para exibir avisos sobre as Eleições 2020, enquanto o Instagram destacará uma campanha sobre a participação de mulheres na política e oferecerá stickers sobre o período eleitoral.

O WhatsApp parece ter oferecido a solução mais efetiva contra desinformação e receberá denúncias de disparo de mensagens em massa. Os eleitores poderão enviar informações sobre contas suspeitas por meio de um formulário no site do TSE, disponível neste link.

O órgão eleitoral também criou um bot para combater fake news e informar sobre medidas sanitárias. O canal está disponível ao enviar mensagem para (61) 9637-1078 ou abrir o link wa.me/556196371078 no celular ou no WhatsApp Web.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação