Início » Finanças » Bradesco, Itaú e Santander saem do ar em dia de chaves Pix

Bradesco, Itaú e Santander saem do ar em dia de chaves Pix

Banco Central liberou 677 bancos e fintechs para registrarem chaves do Pix; foram quase 200 mil cadastros nesta manhã

Felipe Ventura Por

O Banco Central registrou, nesta segunda-feira (5), quase 200 mil cadastros de chaves do Pix em cerca de duas horas e meia; há 677 instituições financeiras aptas a tanto, incluindo fintechs como Nubank e PicPay. Mas será que os grandes bancos estavam preparados? Itaú, Bradesco e Santander tiveram instabilidade e ficaram fora do ar nesta manhã.

Foto por Sindicato dos Bancários de Santos e Região/Bradesco

Um cliente do Bradesco explica no DownDetector: “não consigo acessar a conta através do app; ele diz que é a minha internet, mas a conexão está normal”. Outro usuário relata “lentidão para acessar a plataforma, não acessa pelo site nem pelo WhatsApp”. As queixas começaram a partir das 10h, assim como no Santander.

No Itaú, foi mais cedo. “Estou desde as 9 da manhã tentando abrir o aplicativo e não consigo”, afirma um cliente no DownDetector. “App fora do ar e fala que estou sem internet”, reclama outro. “App do Itaú fora do ar e pelo browser do computador não permite mais fazer transações”, diz um terceiro. Os problemas de acesso ao Itaú, Bradesco e Santander continuaram ao longo da tarde.

Em comunicado ao Tecnoblog às 16h35, o Itaú Unibanco “esclarece que o acesso ao app para clientes pessoa física já está sendo reestabelecido; o banco pede desculpas a seus clientes por qualquer inconveniente e segue atuando para eliminar qualquer instabilidade que ainda possa ocorrer”. O acesso via internet banking, agências, caixas eletrônicos e centrais de atendimento funciona normalmente.

Itaú, Bradesco e Santander no DownDetector

Itaú, Bradesco e Santander no DownDetector às 12h

BC realiza 193 mil cadastros de chaves do Pix

O Banco Central revelou em uma live nesta manhã que foram realizados 193 mil cadastros de chaves do Pix entre as 9h e 11h30 da manhã, justamente o período de maior instabilidade entre os grandes bancos.

As chaves são um dos diferenciais para este sistema de pagamentos instantâneos: outras pessoas podem transferir dinheiro para você sabendo apenas seu CPF, número de celular ou endereço de e-mail. É necessário realizar o cadastro junto à sua instituição financeira, algo liberado hoje pelo BC. As transações via Pix, por sua vez, só começam em novembro.

Atualizado às 17h10

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

Bem que eu estava estranhando. Pedi o registro de minhas chaves logo quando os bancos me deram a opção de faze-lo. Hoje fui checar saldo e o banco não entrava.

LkSvn (@lksvn)

Isso deve ter afetado o Nubank também, porque está bem ruim :v O app do Itaú da minha mãe também passando perrengues ainda

Islan Oliveira (@Islan_Oliveira)

App do Banco Inter pelo menos no Menu relacionado ao Pix também está meio lerdo.

João M. (@RonDamon)

No Nubank aqui já até aprovaram a chave Pix com o meu CPF, faltam só e-mail, telefone e a chave aleatória.

² (@centauro)

Eu lembro de ter lido em algum lugar que essas grandes instituições tiveram que passar por um teste de estresse pra ver se o sistema deles aguentava o tranco antes de terem o pedido aprovado pra participar dessa primeira leva…
Oh well.

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

Pelo jeito foi o maior Fail

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

menos de 0,5% da população cadastrou chaves no pix e os sistemas dos bancos já pediram arrego, melhor irem com calma com a implementação do pix ou vai dar muito banco fora do ar ainda.